Como se posicionar diante do cenário econômico esperado para 2017

Segundo especialista, a desvalorização de nossa moeda, o real, está entre um dos pontos favoráveis para alavancar algum crescimento da economia em 2017. Outro aspecto positivo é melhora do cenário econômico em nível mundial, principalmente nos EUA e na comunidade europeia. Em nível nacional os economistas defendem como fundamental o controle da inflação e uma baixa da Selic.  Para os otimistas com isso a expectativa seria de que a taxa básica de juros chegue na casa dos 10% em 2017. O que geraria crescimento e dinamismo na economia brasileira, uma vez que o crédito ficaria mais barato.

Todavia muito outros analistas não estão tão positivos com relação a 2017, porque diante da instabilidade política acreditam na manutenção do juro alto, o que acarreta um nível maior de garantia, fazendo com que as pessoas não consigam comprar  produtos. Além disso, muitas famílias brasileiras ainda encontram-se endividadas, 56,6%, o menor nível desde maio de 2012, mas que mesmo assim ainda impede grandes perspectivas.
 
Pela falta de reação da atividade industrial e do setor de serviços e pela intensa crise política há quem não acredite em melhora. Apesar da queda da inflação, o desemprego em alta, com estimativas de alcançar a taxa de 13% durante esse ano, assusta o mercado. A crise econômica e política se retroalimentam. Pensando em te auxiliar diante desse cenário, preparamos uma série de dicas para te guiar durante os próximos meses.
 

1 – Se informe com imparcialidade

Evite tomar partido ou dar valor exagerado a determinadas notícias que forem lançadas na mídia. Tudo tem que ser analisado sobre várias perspectivas. E você não deve perder o equilíbrio e tomar decisões precipitadas em seus investimentos. Antes de qualquer ação analise as várias possibilidades que as medidas do governo e reações do mercado terão em um futuro próximo.

Como se posicionar diante do cenário econômico esperado para 2017

2 – Tenha ideias inovadoras

Os momentos de dificuldade são os que dão a oportunidade para que soluções práticas e criativas possam ser pensadas e aplicadas. Durante os próximos meses você pode ter a oportunidade de empreender de outra forma, com menos custos, mas com um serviço e produtos de qualidade. Não perca as boas chances, mas sempre leve em consideração as possibilidade negativas.

3 – Construa Parcerias

Com a falta de moeda em circulação e tantas outras dificuldades que tomam conta da economia nacional, as parcerias surgem como forma de sobrevivência mútua. Encontre empresas e empreendedores com quem traçar projetos e metas juntos. Desse modo as chances de sucesso de ambos crescem. Mas lembre-se de encontrar alguém que realmente tem os mesmo objetivos do que você.

Você tem alguma dica para compartilhar? Alguma história para contar? Deixe nos comentários. Muito obrigado.  
 
 
 

Deixe seu comentário
      Deixe uma Comentário

      Clientes satisfeitos

      GestãoClick
      Logo