5 motivos para utilizar o design thinking em sua empresa


motivos para utilizar o design thinking em sua empresa

O Design Thinking é um conceito que envolve os processos de busca de maneira simples e prática para solucionar problemas e questões que precisam de melhores resultados.

Essa abordagem de solucionar imprevistos pode ser feita de forma coletiva e colaborativa, ou seja, todos os envolvidos na ideia de concepção de produtos e serviços numa empresa podem participar do processo.
 

Solucionar vários desafios diários nas empresas de forma simples e eficiente é o que muitos líderes desejam e o design thinking pode ser uma ótima maneira de lidar com essas questões desafiadoras.
 

O conceito de design thinking não visa apenas o design estético de um produto; antes disso, essa ideia visa produzir produtos e serviços pensados para as pessoas, com soluções que ajude todo mundo.
 

Estágios do Design Thinking 

Antes de chegar na concepção final do produto, existem algumas etapas do design thinking que precisam ser realizadas para que ocorra o sucesso na execução das ideias. Essas etapas são:
 

Análise do problema 

Conhecido como imersão, essa primeira etapa consiste basicamente em criar a empatia e compreensão, ou seja, ter um entendimento da necessidade que um determinado grupo ou pessoa possui, se colocando no lugar do cliente e entender quais são os seus desejos e necessidades. Esse processo é essencial para que as próximas etapas sejam feitas corretamente.
 

Definição e descoberta das oportunidades de inovação

Nessa segunda etapa, é necessário reunir todas as informações obtidas na etapa de análise para conseguir dar uma definição a problemática, ou seja, levantar pontos que sejam um empecilho aos usuários.
 

Depois, realizar uma pesquisa de mercado, é possível ver como está o setor e assim conseguir desenhar uma oportunidade diferente ao produto ou serviço e assim partir para a próxima etapa.
 

Ideação e desenvolvimento do produto

Através de um Brainstorming, é possível reunir as melhores e as ideias mais inovadoras, o que estimula muito o processo criativo, para que ocorra o desenvolvimento do produto.

Em seguida a etapa de prototipação, onde é possível ver de forma prática se o produto ou serviço atende as necessidades do cliente e a última etapa que consiste no teste que verifica se a funcionalidade pode ser feita.
 

Usos do design thinking em diversos segmentos 

Essas cinco fases do design thinking são muito realizadas em startup, pequenas empresas que realizam projetos inovadores para diversas áreas. O setor de sustentabilidade é um segmento muito importante nas empresas e que podem contar com projetos físicos e inovadores, por exemplo, a criação de aplicativos. 
 

Usando o conceito do design thinking para a elaboração de projetos para a sustentabilidade, é possível, por exemplo, elaborar um aplicativo que atenda todas as necessidades de pessoas que trabalham com vendas de produtos, que podem de forma eficiente, inovar e otimizar tempo nesse tipo de serviço.
 

O design thinking pode ser usado em projetos digitais, mas, em físicos também, por exemplo, pode ser executado para facilitar a coleta de resíduos sólidos, pensando em formas que não só a coleta como o descarte pode ser feito de maneira simples e que possa ajudar o meio ambiente e as pessoas. 

 

Design thinking em estudos e consultorias

Com o conceito de solução de problemas com ideias inovadoras, o design thinking pode ser aplicado em serviços de consultoria ambiental e estudo de impacto ambiental, processos mais detalhados e que usando as cinco etapas do design thinking podem ajudar a solucionar com boas ideias, os problemas ambientais que são uma grande questão da sociedade.
 

A responsabilidade ambiental nas empresas é muito importante, pois, mostra o quanto as empresas se preocupam com as questões de sustentabilidade e isso é muito importante para a imagem da empresa no mercado.
 

Vantagens em adotar design thinking nos negócios

Com o design thinking é possível unir inovação e organização no negócio, pois, a técnica permite elaboração de produtos e serviços de forma diferenciada, ou seja, considerando as necessidades do cliente. Outros pontos interessantes são:
 

  • →Custo-benefício;
  • →Estimula a criatividade e inovação;
  • →Eficiência na resolução de problemas;
  • →Melhora a empatia entre os funcionários;

Esses são apenas alguns pontos positivos que o design thinking pode proporcionar às empresas. A comunicação é mais eficiente, diminuindo problemas, além da empresa seguir o planejamento de produção de um produto ou serviço sem grandes surpresas. 

Com benefícios inovadores o design thinking pode ser uma excelente solução para atividades e empresas de diversos setores, gerando excelentes resultados, onde cliente e empresa ficam satisfeitos.
 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.



COMENTE

Deixe o seu comentário nos campos abaixo: