Como emitir uma carta de correção?

Também chamada de CC-e, a carta de correção eletrônica serve para efetuar correção em uma Nota Fiscal Eletrônica, porém, sem alterar os campos originais do arquivo XML. Este campo textual serve apenas como referência das alterações, mas o arquivo original permanece o mesmo.

Entretanto, as alterações realizadas por meio da carta de correção eletrônica ficam visíveis de forma pública nos portais estaduais e nacional. Veja o passo a passo para corrigir uma NF-e:

1 – Primeiramente, a NF-e deve ter sido aprovada para que se possa efetuar ajustes por meio da carta de correção eletrônica.
Autorizar/ Aprovar NF-e:
Com a NF-e já cadastrada no Sistema, acesse Notas Fiscais > Gerenciar NF-e, vá até o ícone Mais Ações (botão verde com uma setinha branca) e clique em Enviar NF-e. Quando a NF-e for aprovada pela Secretaria da Fazenda, você receberá uma mensagem de sucesso e já pode prosseguir.

2 – Estando a nota fiscal aprovada, localize a NF-e que sofrerá alterações e clique no ícone Mais ações (botão verde com uma setinha branca)

3 – Na sequência, clique na opção Corrigir NF-e

4 – Na próxima tela, abrirá um campo de texto. Preencha nesta área os motivos e campos da correção da NF-e.

Exemplo: Uma NF-e foi registrada na descrição do produto BOLA DE VÔLEI, quando na verdade deveria ser: BOLA DE FUTEBOL PROFISSIONAL. Na carta de correção deverá aparecer assim:

No campo descrição do produto // Onde se lê: BOLA DE VÔLEI

Leia-se: BOLA DE FUTEBOL PROFISSIONAL

OBS.: Vale ressaltar que no campo da carta de correção eletrônica deve ser referido o campo de alteração. Além disso, as alterações não podem ser vedadas na CC-e. Para mais informações acesse a regulamentação da Carta de Correção eletrônica Nacional.