Como emitir Nota Fiscal: 3 cuidados imprescindíveis!


Afinal, Como emitir nota fiscal eletrônica?
Ainda tem dúvidas sobre como emitir nota fiscal eletrônica? Não sabe por onde começar, o que fazer ou qual valor exato colocar nesses documentos? Tem receio de acabar se complicando com a Receita Federal em razão de possíveis erros de preenchimento ou emissão?
 
Esse documento é muito importante para registrar transações comerciais, assegurar direitos para empresas e consumidores e garantir o pagamento de tributos. Deixar de emiti-lo, mesmo sendo obrigado, é considerado crime de sonegação fiscal.
 
Mas, não se preocupe! Este artigo foca nos cuidados imprescindíveis para você realizar a emissão de notas fiscais eletrônicas da forma correta e sem complicações!

1. Entenda qual tipo de nota deve ser emitida

Entender como emitir nota fiscal sendo MEI ou tendo uma PME não é difícil, acredite, e a tarefa acaba se naturalizando com o tempo. Entretanto, é muito importante conhecer informações básicas sobre a sua empresa e sobre aquilo que é oferecido para saber qual tipo de nota deve ser emitida.
 
Por isso, conheça o seu limite de faturamento por ano e os detalhes do regime tributário do seu negócio — se você é MEI, por exemplo, se enquadra no Simples Nacional. Nos demais casos, o regime também pode ser o Simples Nacional, além do:
 
• lucro real;
• lucro presumido;
• lucro arbitrado. 
 
Depois, aprenda a diferenciar pelo menos os três tipos principais de nota: Nota Fiscal Eletrônica de Produto (NF-e), Nota Fiscal Eletrônica de Serviço (NFS-e) e a Nota Fiscal Eletrônica de Consumidor (NFC-e). 
 
Esse último modelo é usado para substituir os cupons fiscais, enquanto os dois primeiros são usados para registrar a comercialização de mercadorias (a NF-e) ou a prestação de serviços (a NFS-e).
 
Se você trabalha vendendo cursos online, por exemplo, terá que emitir a NFS-e. Agora, se você comercializa produtos físicos (como roupas, calçados, videogames, eletroportáteis, bijuterias etc.), deverá emitir a NF-e.

2. Utilize um sistema automatizado para emitir nota fiscal eletrônica com facilidade

Entender como emitir nota fiscal eletrônica é ainda mais fácil com um sistema automatizado! Lembrando que a emissão manual de notas fiscais pode gerar algumas complicações para o seu negócio.
Para emitir notas fiscais com um ERP, é preciso adquirir um certificado digital. Mas os benefícios compensam:
• O sistema agiliza as emissões e facilita a integração com o seu município;
• Você conta com o armazenamento automático dos arquivos que representam as notas fiscais, os XML;
• As notas fiscais podem ser enviadas por e-mail para os seus clientes com apenas alguns cliques.
 
Confira este vídeo para ver como todo o processo é bem simples!
 
Esses pontos demonstram apenas algumas vantagens de um software de gestão empresarial. Os demais módulos do sistema ainda ajudam a gerenciar os dados dos principais departamentos do negócio (com destaque para o financeiro), ou seja, ajudam a deixar tudo em ordem.
 
Conta pra gente: é ou não é vantajoso?

3. Preste atenção no valor do produto ou serviço que deve constar na nota

Ao gerar uma nota fiscal eletrônica, você precisa registrar corretamente o valor integral de cada produto ou serviço prestado, sem deduzir valores. Essa informação pode parecer óbvia para alguns, mas muitos comerciantes e prestadores de serviços se confundem na hora do registro.
 
Essa confusão é muito comum para quem costuma trabalhar com afiliados de produtos digitais, por exemplo: em vez de inserir o valor total do infoproduto, o empresário acaba descontando a quantia paga ao parceiro após a divisão dos ganhos.
 
Então, repetindo: você precisa registrar corretamente o valor integral de cada produto ou serviço prestado!
 
Enfim, sabemos que nenhuma empresa quer ter problemas com o fisco. Por isso, releia as dicas mencionadas acima e, se precisar, busque a orientação do seu contador, assim você saberá como emitir nota fiscal sem erros.
 
Se você é MEI, saiba que tem a obrigação de emitir notas fiscais eletrônicas somente para pessoas jurídicas. Recomendados o acesso ao site do Sebrae ou ao Portal do Empreendedor-MEI para obter mais informações.
 
Agora, vamos concordar num ponto: de nada adianta ficar lendo conteúdos como esse se você não utiliza um sistema adequado para emitir notas fiscais eletrônicas, não é? 
 
E se você tem a oportunidade de testar nosso ERP gratuitamente, por que perder tempo? Otimize de vez as emissões em sua empresa com o melhor emissor de NF-e!


COMENTE

Deixe o seu comentário nos campos abaixo: