Funções administrativas: dicas para administrar uma pequena empresa

Funções administrativas podem ser consideradas como as mais importantes dentro de uma empresa, já que elas coordenam todas as outras. Administrar uma pequena empresa é uma tarefa complexa, pois se baseia em diversos fatores, como planejamento prévio, controle sobre todos os setores e mensuração de resultados.

Apesar de alguns aprendizados só serem possíveis com a própria experiência do gestor nesse meio, há algumas dicas que podem ajudá-lo a administrar uma pequena empresa e tomar decisões estratégicas.

O que acha de saber um pouco mais a respeito desse assunto? Continue acompanhando o artigo que elaboramos para você!

Comece o planejamento elaborando um plano de negócio detalhado

Há muitos por menores que influenciam o sucesso de uma companhia. A fim de planejar como tudo vai funcionar para administrar uma pequena empresa e alcançar os objetivos estipulados, é fundamental elaborar um plano de negócio bem estruturado e detalhado.

Você sabe no que consiste uma boa administração? Confira alguns pontos:

  • planejar o que será feito;
  • tomar decisões estratégicas se baseando em dados concretos;
  • criar uma boa cultura organizacional;
  • reconhecer a importância das estratégias de marketing;
  • otimizar os processos a fim de garantir um bom atendimento ao cliente;
  • garantir a estabilidade no setor financeiro;
  • mensurar resultados a fim de modificar ou manter processos etc.

Para um resultado satisfatório nessa etapa, baixe o e-book de planejamento estratégico oferecido pelo GestãoClick e alcance os objetivos do seu negócio!

Dê a devida atenção à gestão empresarial

Uma pesquisa feita pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostra que 713,6 mil empresas foram fechadas no Brasil em 2015. Sabe-se que a crise econômica teve um papel importante para se chegar a esse número, porém não podemos excluir outro fator responsável pelo fechamento de inúmeras empresas todos os anos, em diversos países: a má gestão.

O que ela pode ocasionar?

  • baixa produtividade;
  • custos elevados;
  • falta de matérias-primas ou itens no estoque;
  • atraso no recebimento e na entrega de pedidos;
  • insatisfação dos clientes;
  • alto índice de turnover etc.

Atualmente, a melhor maneira de garantir uma boa gestão é estudar práticas de gerenciamento e ter a tecnologia como aliada. O recomendado é utilizar um software de gestão empresarial, o qual oferece funcionalidades que permitem a supervisão das diversas áreas da empresa por meio do controle financeiro, de estoque, de compra e vendas, de cadastros, entre outros.

Reconheça a importância da cultura organizacional

O empresário deve reconhecer que o faturamento da empresa também estará relacionado com o bem-estar da equipe. É essencial prezar uma cultura organizacional forte para que os colaboradores sintam-se motivados a continuar com o bom trabalho e a reconhecer a importância do trabalho em equipe.

Nem só de campanhas motivacionais vivem os funcionários: é necessário motivá-los também por meio da integração com a empresa, aceitando suas ideias de melhoria e inovação e investindo em capacitações e treinamentos.

Agende reuniões semanais e mensais a fim de começar a passar a mensagem para os colaboradores, ressaltando os valores e princípios da empresa, compartilhando resultados atuais e deixando claro qual objetivo se pretende alcançar.

Esse processo leva tempo e deve estar presente também na contratação de novos funcionários. O gestor, na figura de líder, deve estabelecer e deixar claro o que é aceito e praticado em sua empresa.

Mensure os resultados de todos os departamentos

Uma das maneiras mais eficazes de mensurar resultados, além de utilizar ferramentas adequadas, é ter acesso aos relatórios financeiros, de vendas, de estoque etc. Um sistema ERP possibilita tanto o acesso aos dados registrados pela equipe quanto aos principais relatórios de cada setor.

A análise dos indicadores de desempenho (Key Performance Indicator, ou KPI) auxilia a avaliação de sua gestão por meio do monitoramento de processos — você escolherá as métricas para avaliar o desempenho geral. Os indicadores poderão ser:

  • de qualidade;
  • de capacidade;
  • de produtividade;
  • estratégicos.

Quer um exemplo? Avaliar o KPI de índice de turnover pode ajudar na resolução de problemas de liderança e de valorização de funcionários.

Enfim, abordamos aqui algumas dicas para administrar uma pequena empresa. É fundamental estudar o mercado e criar um plano de negócio bem estruturado para poder mensurar resultados e atingir os objetivos almejados.

E então, gostou do artigo? Agora é hora de se concentrar nas funções administrativas e começar a automatizar a sua empresa com o GestãoClick!



Deixe seu comentário
      Deixe uma Comentário

      GestãoClick
      Logo