7 indicadores financeiros que as PMEs precisam ficar de olho


7 indicadores financeiros que as PMEs precisam ficar de olho
Gerenciar uma empresa não exige apenas soluções criativas, mas também decisões baseadas em dados financeiros, chamados de indicadores financeiros. E para você saber quais são os dados mais importantes a serem analisados nessa hora, confira neste artigo os 7 indicadores financeiros que as PMEs precisam ficar de olho:
 
  • Faturamento
  • Recebimentos
  • Fluxo de caixa
  • Custos fixos
  • Lucratividade
  • Ticket médio
  • Nível de endividamento

 

1. Faturamento


Esse é um dos principais indicadores financeiros que as PMEs precisam ficar de olho, uma vez que é o responsável por informar se a sua empresa está atingindo os objetivos financeiros estipulados. Esses objetivos são definidos no planejamento estratégico da sua empresa e se referem ao quanto é preciso vender todos os meses.

Esse número, em geral, é determinado pelo dinheiro que deve entrar na empresa para pagar todas as contas mais o valor que se quer ter como lucro. Portanto, é necessário controlar de forma constante esse indicador e, se o faturamento não for como esperado, é preciso criar novas estratégicas para conquistar novos clientes e vender mais.

Vale lembrar ainda que o faturamento é relativo ao valor que é vendido todos os meses. Assim, mesmo ao vender parcelado, por exemplo, o valor total da venda entra no faturamento do mês que a venda foi realizada.


2. Recebimentos


Os recebimentos são mais um dos indicadores financeiros que as PMEs precisam ficar de olho e que devem ser analisados de forma conjunta, em especial, com o faturamento. Já que o valor faturado é o total vendido no mês, mesmo que seja pago a prazo, os recebimentos se referem ao dinheiro que literalmente entra no caixa.

Então, a sua empresa pode receber o que está vendendo no mês atual e também as parcelas dos pagamentos a prazo. É importante saber diferenciar ambos para que não haja confusão, o que pode levar você a achar que a sua empresa está bem, porque está entrando bastante dinheiro, quando na verdade o mesmo é relativo a vendas antigas e não atuais.

Além das vendas a prazo, a inadimplência dos clientes também pode fazer com que os valores não entrem no mesmo mês que a venda ocorreu. Por isso, pode valer a pena oferecer promoções e descontos para os pagamentos à vista e encontrar alternativas para evitar a inadimplências dos clientes, cobrando-os de forma adequada.


3. Fluxo de caixa


De certa forma, os indicadores financeiros que as PMEs precisam ficar de olho são dados que se relacionam em si, como o fluxo de caixa, sendo que o seu controle é de extrema importância para o sucesso do seu negócio. Além dos recebimentos, o fluxo de caixa consiste nos pagamentos. Assim, é basicamente o dinheiro que entra e sai da sua empresa.

É fundamental acompanhar os movimentos do fluxo de caixa para saber se o dinheiro existente é suficiente para pagar as contas que estão para vencer. Quando o saldo não é suficiente, algo está errado, sendo preciso vender mais, cobrar dos inadimplentes ou reduzir os custos que o seu negócio tem.
                                                 

4. Custos fixos


Quando o fluxo de caixa mostra que a sua empresa está com dificuldades de pagar as contas porque o saldo está sempre negativo, o problema pode estar nos custos fixos existentes. Os custos fixos se referem às contas que você deve pagar todos os meses e que não costumam ter variação no seu preço, como aluguel, salários, conta de luz, de água e outras.

É normal que de tempos em tempos esses preços sofram reajustes, mesmo assim, são considerados fixos. Se eles estão muito altos, é preciso buscar soluções para que sejam reduzidos, inclusive, em pequenas e micro empresas.
 

5. Lucratividade


O lucro é parte importante do seu negócio, por isso, é mais um dos indicadores financeiros que as PMEs precisam ficar de olho. É preciso que no seu planejamento estratégico seja determinado o lucro que se quer ter, sendo que ele deve estar dentro da realidade do seu segmento de mercado.

O lucro é o valor que sobra no caixa depois que todas as despesas são pagas. E, se o seu negócio está com uma margem muito pequena de lucro, significa que a sua empresa não está vendendo o suficiente ou que os custos para manter o seu empreendimento estão muito altos.
 

6. Ticket médio


O ticket médio é o valor médio que cada cliente gasta ao adquirir os seus produtos ou serviços. Para tanto, é preciso somar o valor total das suas vendas em um determinado período de tempo e dividir pelo número de clientes que os adquiriram no mesmo período.

Assim, é possível identificar quais os clientes que compram mais e/ou quais os produtos de preço mais alto que vendem mais. Munido desse indicador, você pode criar estratégias para apostar na oferta, principalmente, desses produtos com preço mais alto e/ou priorizar o atendimento aos clientes que colaboram mais com o faturamento do seu negócio.

Para ambas as situações é de extrema importância investir na capacitação dos seus funcionários.
 

7. Nível de endividamento


O endividamento da sua empresa é mais um dos indicadores financeiros essenciais para a boa gestão do seu negócio. Ele mostra se a empresa está com dívidas e,
quando isso acontece, é imprescindível tomar medidas para resolver o problema. Nem sempre esse indicador é tão claro, pois mesmo empresas que fecham no positivo podem ter dívidas.

Elas podem ser relativas ao pagamento de juros (por conta de empréstimos ou devido a contas em atraso) e, quando são maiores que o lucro, o seu negócio pode não estar tão bom quanto você imaginava. Esse indicador e todos os demais podem e devem ser mensurados por você e pela sua equipe.

No entanto, para obter dados exatos, hoje em dia, é necessário fazer uso das ferramentas adequadas. Afinal, mesmo pequenas e micro empresas lidam sempre com um grande fluxo de informação. O GestãoClick é um software ERP que ajuda a calcular as movimentações financeiras do seu negócio para avaliar os indicadores.

 
Gostou do conteúdo? Leia também: O checklist definitivo sobre planejamento financeiro

          

                        


COMENTE

Deixe o seu comentário nos campos abaixo: