Materiais ricos
Início » Blog » Empreendedorismo » Como montar uma assistência técnica

Como montar uma assistência técnica

Abrir uma assistência técnica é uma ótima oportunidade de negócio. Veja os detalhes de como abrir a sua!

Por GestãoClick
Atualizado em
Como montar uma assistência técnica

A princípio, uma empresa de assistência técnica se enquadra no ramo de prestação de serviços e abrange diferentes tipos de consertos, como os de: televisores, máquinas de lavar; computadores; tablets; celulares; câmeras fotográficas; equipamentos de som; equipamentos de imagem; eletrodomésticos e eletroeletrônicos em geral.

Antes de abrir esse tipo de empresa, é necessário definir qual será a especialização do negócio baseando-se nos itens acima. Além disso, é válido criar um plano de negócio detalhado e analisar o mercado para saber se há a necessidade desses serviços na região e qual diferencial a sua empresa apresentaria.

E então, quer saber como montar uma empresa de assistência técnica? Abaixo abordamos alguns tópicos para guiá-lo nesta empreitada. Confira!

Defina a localização

Por isso, é fundamental reconhecer a importância da localização do ponto comercial, já que ela está diretamente ligada ao sucesso do negócio.

Antes que seja definida, considere:

  • o perfil dos consumidores locais;
  • a concorrência;
  • a segurança e a visibilidade do local;
  • se o imóvel a ser escolhido atende às necessidades operacionais e está com todas as exigências legais em dia;
  • se há estacionamento no local e serviços de transporte coletivo ao redor;
  • se há disponibilidade de serviços de água, luz, telefone etc.

Atente-se às exigências legais

Primeiramente, recomenda-se a contratação de  um contador para elaborar os documentos necessários, fornecer informações e auxiliá-lo durante o processo  de preenchimento dos formulários exigidos pelos órgãos públicos de inscrição de pessoas jurídicas etc.

Contudo, para legalizar a empresa de assistência técnica, é fundamental fazer as devidas inscrições nos órgãos responsáveis, entre outros. Será necessário, por exemplo:

  • registrar a empresa;
  • obter alvarás (como o de licença sanitária);
  • solicitar vistoria das instalações;
  • solicitar vistoria dos equipamentos etc.
  • O processo é burocrático, mas para evitar problemas futuros é imprescindível que tudo esteja de acordo com a lei, então pesquise e anote todos os passos necessários para atender essas e outras exigências legais.

Planeje a estrutura

De acordo com o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), para uma empresa de assistência técnica de informática, por exemplo, é necessário ter uma área de cerca de 150m² para uma estrutura mínima (com um ponto comercial e uma oficina nos fundos), com possibilidade de expansão conforme o crescimento do negócio.

Em seguida, divida o espaço nos seguintes ambientes:

  • ambiente de atendimento;
  • espaço próprio para consertos;
  • sala de administração;
  • almoxarifado;
  • banheiro;
  • copa;
  • vestiários.

Adquira os equipamentos necessários

Além disso, será necessário uma área de especialização definida. Nesse sentido, utilizando o exemplo anterior de empresa de assistência técnica de informática, alguns dos equipamentos necessários seriam:

  • computadores;
  • estabilizadores;
  • impressoras;
  • multímetros;
  • osciloscópio;
  • softwares;
  • sistemas operacionais;
  • ferramentas de reparos;
  • materiais de escritório;
  • telefone etc.

Entenda as etapas de atendimento

Além disso, para não haver desorganização ou confusão com os clientes, é importante entender os pormenores das etapas de atendimento. Vejamos:

  1. Recepção — primeiro contato com o cliente;
  2. Orçamento e previsão do conserto — o preço estipulado deve cobrir o custo das peças e da mão de obra e ainda gerar lucro;
  3. Conserto — deve ser realizado por técnicos capacitados em um ambiente limpo e organizado, no qual não haja perdas de peças ou aparelhos;
  4. Entrega do equipamento e pagamento — a empresa de assistência técnica deverá fornecer um prazo de garantia, por exemplo, e respeitar o orçamento inicial;
  5. Pós-venda — etapa de relacionamento com o cliente a fim de que seus serviços sejam indicados ou procurados novamente.

Invista em automação

Primeiramente, uma automação comercial nada mais é do que a aplicação de técnicas e/ou adoção de tecnologias diversas visando o aumento da eficiência empresarial nos campos administrativo, operacional e comercial.

Dessa forma, utilize um programa que atenda sua empresa de assistência técnica. Ainda mais, com ele é possível cadastrar seus clientes, produtos ou serviços; movimentar o financeiro; controlar cotações e orçamentos e até mesmo emitir notas fiscais, boletos bancários e relatórios sobre cada área do seu negócio.

Na área financeira do sistema, por exemplo, você cadastra suas contas a pagar e contas a receber, além de manter-se atualizado em tempo real sobre seu fluxo de caixa.

Portanto, se o processo de montar sua empresa de assistência técnica está em andamento ou não, comece pelo mais importante: a gestão de finanças!

Avatar

gestao.click

4 Comentários
  1. Boa noite

    Gostaria de orientações para abrir minha assistência técnica de televisores.

    Joel Teixeira

  2. quanto custa o software?

Deixe uma Comentário

Fique por dentro também

Confira outros conteúdos que podem te ajudar a alcançar uma gestão eficiente, otimizar o seu tempo.

Converse com um de nossos especialistas e garanta condições especiais!

Venda mais com o GestãoClick

Explore todas as vantagens por 10 dias sem compromisso – Experimente agora!

GestãoClick
Logo