Vai Abrir Empresa este ano? 10 Dicas para se dar bem!


Abrir Empresa simples ou Abrir em Empresa Online: veja 10 dias valiosas!
Quem sonha em ser um empreendedor e pretende tirar este sonho do papel, colocando-o em prática e abrir empresa, é bom saber que 2020 tem tudo para ser um ano promissor, considerando o forte otimismo proporcionado pela iminente retomada da economia.
 
Claro que antes disso é preciso ficar atento à uma série de fatores, conhecer bem o seu mercado (seja de produtos ou serviços), concorrência, a tendência para 2020 e até para os próximos anos e muitos outros detalhes que precisam ser considerados.
 
Neste artigo, vamos falar exatamente disso, ou seja, o que você precisa saber e fazer para empreender abrindo seu novo negócio, legalmente falando e para que ele dê certo, o que é um MEI e muitas outras dicas e orientações fundamentais para lhe auxiliar neste importante momento. Confira tudo!


O que precisa para abrir uma empresa?


Muita gente se pergunta, afinal, o que precisa para abrir uma empresa? Para empreender e ter seu próprio negócio, seja empresa que presta serviços, ou comércio de produtos, você deve ter como ponto principal e de partida um planejamento detalhado do seu novo empreendimento.
 
Várias etapas devem ser observadas, como se você vai ter sócios ou não, se o seu faturamento permite enquadrar sua empresa como MEI (falaremos mais sobre MEI adiante), entre outros indicadores.


10 dicas para abrir empresa em 2020


Abaixo alavancamos 10 dicas básicas na intenção apenas de direcionar as ações de quem deseja abrir empresa em 2020 e se dar muito bem nos negócios. Confira: 

Ainda no Projeto:

1. Defina com cuidado o seu ramo de negócio. Aposte em tendências de mercado, mas não deposite toda a sua confiança nelas, pois são apenas previsões.
 
2. Tenha em mente a capacidade financeira para empreender o seu novo negócio. Você pode até não ter em mãos todo o capital necessário, mas precisa ser realista na hora de fazer estes cálculos.
 
3. Seja realista também com as possibilidades de mercado. Não idealize em seu projeto metas que podem não ser alcançáveis em um primeiro momento, pois pode comprometer o futuro de sua empresa.
 
4. Tenha conhecimento. Prestar serviços ou vender produtos dos quais você desconhece totalmente pode ser um risco desnecessário. Deste modo, uma vez definido o seu nicho de mercado, aprenda mais sobre ele, profissionalize-se se necessário.

Já no Planejamento:

5. Se o seu negócio necessita de um local físico, pesquise sobre os pontos comerciais mais favoráveis, bem como valores de aluguéis e instalações necessárias. 
 
Se é um negócio online, pesquise as melhores plataformas, pensem em um marketing digital e também conte com a ajuda de profissionais para todo este planejamento;
 
6. Legalize sua empresa. Defina com cuidado o porte dela (falaremos sobre este assunto mais adiante) e conte sempre que possível com a ajuda de um contador. (MEI não precisa, por lei, de um contador);
 
7. Tenha um software de gestão empresarial. Este software vai facilitar sua vida e de sua empresa no que diz respeito ao:
 
- Controle de fluxo de caixa;
- Controle de estoque;
- Relatórios;
- Emissão Nota Fiscal Eletrônica;
- Controle contábil e fiscal;
- Controle de acesso de colaboradores;
- Emissão de boletos;
- Controle de orçamentos, vendas e ordens de serviços e muito mais.
 
8. Conheça e forme parcerias com os seus fornecedores. Isto será decisivo na formação de preço e também no momento em que você estiver ganhando o mercado;
 
9. Conheça a concorrência: ela tem muito para lhe ensinar, em todos os aspectos;
 
10. Forme e treine o seu time. Estes colaboradores serão fundamentais para que você consiga comercializar seus produtos ou mesmo prestar serviços com maior qualidade e eficácia.


Abrir empresa simples


Saber como abrir empresa simples está mais ligado ao tipo de enquadramento que sua empresa terá. Basicamente só existem 3 modalidades e todas elas estão associadas ao faturamento:
 
1º. MEI – Microempreendedor Individual: como o nome já denuncia, trata-se de um empreendedor único, sem sócios. O faturamento considerado atualmente é em torno de R$82 mil (máximo de R$6.8 mil ao mês) e só pode ter um único funcionário. O MEI foi criado na intenção de tirar vários trabalhadores da informalidade.
 
2º. ME - Microempresa: individualmente ou com 1 ou mais sócios, o empreendedor deverá enquadrar sua empresa como ME. O faturamento considerado atualmente é em torno de R$360 mil (máximo de R$30 mil ao mês), pode ter vários colaboradores e necessita de um contador exigido por lei.
 
3º. EPP- Empresa de Pequeno Porte: pode ter também vários sócios. O faturamento considerado atualmente deve ficar entre R$360 mil e R$3,6 milhões ao ano, pode ter vários colaboradores e necessita de um contador exigido por lei.
 
Os primeiros passos para abrir uma empresa são bem simples, acompanhe: 
 
• Opte por um contador (caso não seja MEI)
• Faça o contrato social.
• Registre legalmente sua empresa na junta comercial.
• Providencie alvará de localização e funcionamento na Prefeitura (caso não seja empresa online).
• Faça a inscrição estadual (caso seja necessária perante a sua atividade)


Abrir empresa online

Para abrir empresa online, alguns processos são diferenciados sendo mais simples em alguns pontos e mais detalhados em outros. Confira:
 
1º. Analise e opte por um nicho de mercado online no qual você irá atuar;
2º. Analise e opte pelo produto (ou serviço) pelo qual você irá promover e comercializar;
3º. Escolha o domínio do seu site, providencie toda a sua estruturação;
4º. Tenha um software de gestão empresarial, que irá se integralizar totalmente com o seu negócio online. Um dos mais conhecidos e utilizados é o GestãoClick;
5º. Providencie toda a estruturação do seu marketing digital (e-mail marketing, mídias sociais, etc.).


Como abrir empresa MEI?


O procedimento para se registrar como MEI, é super simples. O principal é lembrar que este tipo de enquadramento possui um limite de faturamento anual bem menor. Mas ele é a melhor alternativa para sair de vez da informalidade. Confira os documentos essenciais para apresentar como abrir empresa MEI:
 
• RG.
• CPF.
• Comprovante de Endereço (Empresa e Residência)
• Título de Eleitor.
• Nº da Declaração de IRPF.
 
Acesse o Portal do Empreendedor e siga o passo a passo.


Crédito para abrir empresa


Existem muitas linhas de crédito para abrir empresa disponíveis, tanto de âmbito privado como do governo. O mais importante, antes de conhecê-las todas, é tratar o assunto com muito realismo. 
 
Aliás, o financeiro já deve constar em seu projeto inicial. Confira as principais linhas de crédito disponíveis no Brasil:
 
• BNDES – O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social;
• Badesc – A Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina S.A, ligada ao BNDES;
• Bancos Privados – Cheque Especial e Crédito Pessoal;
• Microcrédito (bancos privados).

Para aprofundar seu conhecimento sobre abrir uma empresa, leia: Quanto Custa Abrir uma Empresa?