Materiais gratuitos
Início » Blog » Empreendedorismo » E-commerce » Como funciona o e-commerce: respostas para empreendedores

Como funciona o e-commerce: respostas para empreendedores

Com o ambiente de negócios cada vez mais conectado, é comum pensar em estratégias para migrar total ou parcialmente para o ambiente digital. Nesse sentido, saber os detalhes de como funciona o e-commerce é fundamental para ter sucesso nas vendas online e alcançar os resultados esperados.  Contudo, muitos empreendedores ainda possuem muitas dúvidas sobre o […]

Por Carolina Durval
Atualizado em
Como funciona o e-commerce: respostas para empreendedores

Com o ambiente de negócios cada vez mais conectado, é comum pensar em estratégias para migrar total ou parcialmente para o ambiente digital. Nesse sentido, saber os detalhes de como funciona o e-commerce é fundamental para ter sucesso nas vendas online e alcançar os resultados esperados. 

Contudo, muitos empreendedores ainda possuem muitas dúvidas sobre o tema e sentem dificuldade para sanar essas questões. Por esse motivo, fizemos um guia prático para explicar as minúcias de como funciona o e-commerce e ampliar a atuação do seu negócio de forma estratégica.

Neste artigo, abordaremos conceito e prática, além de trazermos respostas para perguntas frequentes sobre criação, produtos, modalidades, particularidades, resultados do comércio eletrônico e muito mais.

Acompanhe a leitura para tirar suas dúvidas sobre o tema!

  • O que é e como funciona o e-commerce;
  • Modelos de e-commerce;
  • Como funciona o e-commerce: o que vender e como criar;
  • Como funciona o e-commerce no Brasil;
  • Potencialize os resultados do seu e-commerce.

O que é e como funciona o e-commerce

Em primeiro lugar, é válido ressaltar que o e-commerce, abreviação de eletronic commerce ou comércio eletrónico em português, é uma modalidade de comércio virtual que permite a compra e venda de produtos e serviços online. Ele revolucionou a maneira como as pessoas fazem negócios, tornando-se uma modalidade de vendas mais conveniente e acessível para consumidores e empresas de todo o mundo.

O e-commerce funciona por meio de uma plataforma na qual empreendedores e empresas podem listar e anunciar seus produtos ou serviços para venda. Em contrapartida, os consumidores podem navegar, selecionar, comprar e pagar por esses itens sem sair de casa.

Entenda melhor como funciona o e-commerce:

1. Plataforma

O pontapé inicial para começar a jornada de um e-commerce da sua marca é escolher qual plataforma irá hospedá-la. Atualmente, existem diversas opções disponíveis no mercado, como Loja Virtual e Nuvemshop, sem contar os marketplaces e as redes sociais. 

Essas plataformas oferecem ferramentas e recursos para que você possa criar, gerenciar e personalizar sua loja online e acompanhar de perto todas as etapas.

Dentro da plataforma hospedada no site da marca, o empreendedor lista os produtos ou serviços que deseja vender. Cada item deve ser acompanhado por detalhes, como imagens, descrições, preços, opções de tamanho ou variações e informações importantes para os clientes.

3. Carrinho de compras

Os clientes podem selecionar os produtos ou serviços desejados e adicioná-los a uma espécie de carrinho de compras virtual. 

Assim, essa ferramenta permite que os clientes revisem suas escolhas, façam alterações e, posteriormente, encaminhem-se para o pagamento.

4. Formas de pagamento

Ao chegar na etapa de pagamento, os clientes escolhem uma forma de pagamento dentre os métodos disponíveis (cartão de crédito, PayPal, boleto bancário, Pix, entre outros). 

Posteriormente, a plataforma de e-commerce processa a transação de forma rápida e segura, garantindo a confidencialidade das informações financeiras e dados pessoais de cada cliente.

5. Estoque

Para evitar problemas de disponibilidade de produtos e garantir um bom atendimento aos clientes, o e-commerce deve estar integrado a um sistema de controle de estoque. 

Esse tipo de sistema de gerenciamento, como o GestãoClick, ajuda a controlar os níveis de estoque, atualizando automaticamente quando uma venda é realizada.

6. Logística e entrega

Após o cliente concluir a etapa de pagamento e a empresa garantir que o produto está disponível no estoque, é o momento de lidar com a logística de entrega. Isso envolve escolher métodos de envio, calcular custos de frete, embalar os produtos corretamente e enviar os itens aos clientes. 

Alguns empreendimentos terceirizam essa etapa para empresas especializadas em logística.

7. Atendimento ao cliente

Além de todos os detalhes citados anteriormente, o e-commerce deve oferecer suporte ao cliente para responder a perguntas, resolver problemas ou lidar com devoluções. Um bom atendimento ao público é essencial para manter a satisfação do consumidor e garantir boas indicações.

Modelos de e-commerce

Compreender a fundo como funciona o e-commerce é reconhecer que existem diferentes modalidades disponíveis para quem deseja adentrar no universo do comércio eletrônico.

Assim, conforme mencionado anteriormente, ao abordarmos as plataformas de hospedagem de e-commerce, é importante destacar que, embora o e-commerce seja frequentemente associado como sinônimo de loja virtual, ele engloba diversas outras possibilidades além dela, como é o caso dos marketplaces e das redes sociais.

A seguir listamos alguns dos modelos mais conhecidos nos dias de hoje.

B2C (Business to Consumer)

Saber como funciona o e-commerce B2C é primordial. Afinal, nesse modelo, as empresas vendem diretamente para os consumidores finais. É o tipo mais comum de e-commerce, no qual os clientes (pessoa física) compram produtos ou serviços online de empresas.

B2B (Business to Business)

Aqui, as empresas vendem produtos ou serviços para outras empresas. O e-commerce B2B é usado para transações comerciais entre empresas, como fornecedores vendendo materiais para fabricantes e empresas de tecnologia fornecendo soluções de software ou hardware para outras organizações.

C2C (Consumer to Consumer)

Nesse exemplo, os próprios consumidores vendem produtos ou serviços uns para os outros, muitas vezes por meio de plataformas de mercado online (marketplace), como eBay, Shopee ou Mercado Livre.

D2C (Direct to Consumer)

Esse é um tipo de e-commerce que envolve a venda de produtos diretamente dos fabricantes ou das marcas para os consumidores finais, sem que haja intermediários como distribuidores, atacadistas ou lojas físicas.

Como funciona o e-commerce: o que vender e como criar

Criar um e-commerce é um procedimento simples, mas que exige certa preparação e conhecimento por parte do empreendedor. Afinal, o sucesso de um negócio online depende de uma série de fatores estratégicos e operacionais. 

O que vender em um e-commerce?

Saber o que vender em um e-commerce é uma etapa crucial do processo. Resumidamente, assim como em uma loja física, você pode vender tanto produtos quanto serviços via ambiente digital. 

Alguns exemplos de produtos que podem ser vendidos online são:

  • Roupas e acessórios;
  • Peças e aparelhos eletrônicos;
  • Cosméticos e produtos de beleza;
  • Utensílios e itens de decoração;
  • Móveis e eletrodomésticos;
  • Brinquedos;
  • Produtos personalizados e artesanatos;
  • Produtos para saúde e bem-estar;
  • Alimentos e bebidas;
  • Livros, CDs, DVDs e muito mais.

Já quando se trata de serviços que um empreendedor ou negócio podem oferecer por meio do e-commerce, as opções mais comuns incluem:

  • Consultorias e mentorias;
  • Cursos e treinamentos;
  • Atendimento de marketing e comunicação;
  • Assistência jurídica;
  • Assessoria financeira e contábil;
  • Serviços de redação, revisão e preparação textual;
  • Design gráfico e desenvolvimento web;
  • Desenvolvimento de software e muito mais.

Como criar um e-commerce de forma estratégica

Depois de decidir o que vender em seu e-commerce é hora de colocar seu e-commerce no ar de forma estratégica e eficiente. 

Por isso, para ser bem-sucedido nesses aspectos, siga os seguintes passos:

  1. Defina um nicho e realize uma minuciosa pesquisa de mercado;
  2. Escolha uma modalidade e uma plataforma de e-commerce;
  3. Faça o registro de domínio, configure e personalize (no caso de um site próprio);
  4. Tenha fornecedores de confiança;
  5. Gerencie o estoque corretamente;
  6. Precifique de forma estratégica, garantindo margem de lucro;
  7. Invista em marketing e estruture um bom atendimento ao cliente;
  8. Preocupe-se com logística e entrega;
  9. Mensure dados e gerencie o desempenho do seu negócio;
  10. Cumpra leis e regulamentações.

Como funciona o e-commerce no Brasil

Você deve estar se perguntando como funciona o e-commerce no Brasil, acertei? No nosso país, o e-commerce é regido por uma série de leis e regulamentações que visam garantir proteção aos consumidores, promover justa concorrência e estabelecer diretrizes para as empresas que operam online.

Lei do E-commerce

A Lei nº 7962/2013, conhecida como Lei do E-commerce, é a principal reguladora da maneira como funciona o e-commerce no Brasil. 

Em outras palavras, ela regula todo o comércio eletrônico no país ao estabelecer requisitos mínimos para a transparência das informações, além de garantir o direito de arrependimento do consumidor, definir taxas e prazos de entrega, regulamentar atendimento ao cliente e outros aspectos que afetam diretamente as operações do e-commerce.

Código de Defesa do Consumidor (CDC)

Do mesmo modo, o Código de Defesa do Consumidor é uma legislação fundamental e que se aplica a todas as transações de e-commerce no Brasil. 

Dessa forma, o CDC estabelece e resguarda os direitos e deveres dos consumidores e as obrigações das empresas. Incluindo informações claras sobre produtos, prazos de entrega, políticas de devolução e reembolso, além de garantir que o consumidor tenha o direito de cancelar uma compra dentro de um determinado período.

Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)

Apesar de ser relativamente recente, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), nº 13709/2018, é muito importante, pois regula o tratamento de dados pessoais e estabelece regras para coleta, armazenamento e compartilhamento de informações pessoais. 

Empresas de e-commerce devem estar em conformidade com essa lei, garantindo a privacidade e segurança dos dados dos clientes.

Normas de publicidade

Outro ponto interessante refere-se às normas de publicidade e marketing. Essas campanhas devem estar em conformidade com as regulamentações que proíbem práticas enganosas, publicidade falsa ou abusiva etc. 

Além disso, as regras de publicidade garantem a proteção da privacidade dos consumidores em campanhas de e-mail marketing.

Rastreamento de entrega

Por fim, é válido lembrar que as empresas de e-commerce são obrigadas a fornecer informações de rastreamento precisas para os pedidos dos consumidores, permitindo que eles acompanhem o status das entregas.

Potencialize os resultados do seu e-commerce

Agora que você já sabe como funciona o e-commerce, que tal investir em tecnologias para ajudar você a gerir seus negócios com mais facilidade e eficiência? 

O GestãoClick é uma ferramenta valiosa para empreendedores que buscam potencializar os resultados de seus negócios de e-commerce. Com uma variedade de funcionalidades e integrações específicas para o comércio eletrônico, nosso sistema de gestão oferece uma série de benefícios para a sua organização.

Primeiramente, o GestãoClick simplifica a gestão de estoque, permitindo que os proprietários de e-commerce acompanhem de perto seus níveis de estoque, evitando problemas de falta de produtos ou excesso de estoque.

Outro benefício importante é a capacidade de análise de dados oferecida pelo GestãoClick. Com ferramentas de relatórios avançadas, os proprietários de e-commerce podem obter insights valiosos sobre o desempenho de seus produtos, comportamento do cliente e tendências de vendas. 

Ademais, existem outras funcionalidades importantes como a gestão financeira, o controle de fluxo de caixa, o cadastro de clientes e fornecedores, a emissão de boletos bancários e notas fiscais eletrônicas etc. 

Nesse sentido, o GestãoClick não apenas simplifica as operações diárias, mas também fornece as ferramentas necessárias para impulsionar o crescimento do seu e-commerce. Teste grátis por dez dias e aproveite todos os benefícios!

Carolina Durval

Carol da GestãoClick

Graduada em Jornalismo pela UFOP e pós-graduada em Revisão e Preparação de Textos pela PUC Minas, a Carol é Analista de Conteúdo da GestãoClick e apaixonada por comunicação, tecnologia e pela arte de transmitir conhecimento por meio da escrita.
Deixe seu comentário
Deixe uma Comentário

Fique por dentro também

Confira outros conteúdos que podem te ajudar a alcançar uma gestão eficiente, otimizar o seu tempo.

cupom gestaoclick - 9 anos
50% de desconto no plano anual,
+ adesão gratuita de várias integrações!
Garanta aqui

Venda mais com o GestãoClick

Explore todas as vantagens por 10 dias sem compromisso – Experimente agora!

GestãoClick
Logo