Materiais ricos
Início » Blog » Sistema ERP » Controle de vendas: como acompanhá-lo de forma correta e otimizada?

Controle de vendas: como acompanhá-lo de forma correta e otimizada?

Fazer um controle de vendas eficaz permite que toda a sua equipe caminhe na direção certa e trabalhe com eficiência. Entenda mais sobre o assunto e transforme seu negócio em uma empresa bem-sucedida!

Por GestãoClick
Atualizado em
Controle de vendas: como acompanhá-lo de forma correta e otimizada?

Atingir as metas de vendas é o objetivo principal da sua empresa, não é mesmo? Para isso, o controle de vendas é uma parte importante da gestão de um negócio. Isso ajuda gerentes e funcionários a cumprir suas responsabilidades e metas para promover o sucesso da organização.

Se você está interessado em montar o seu primeiro negócio, entender como pode acompanhar adequadamente o controle de vendas pode ajudá-lo a executar suas atividades com mais eficiência.

Quando se trata de descobrir como acompanhar o desempenho de vendas, o primeiro passo é obter informações simples e claras sobre sua equipe de maneira coletiva. Isso é muito mais eficaz do que juntar dados de todos os seus representantes em um só ambiente. O que faz com que você perca seu tempo.

Neste post, explicamos o que é controle de vendas, por que é necessária para a administração de um negócio e como controlar as vendas na sua empresa. Continue acompanhando e confira!

O que é controle de vendas?

O controle de vendas envolve desde a organização do processo comercial da sua empresa até o acompanhamento das atividades diárias dos seus vendedores. Para isso, é necessário monitorar a equipe, implementar estratégias e buscar melhorias contínuas dos resultados.

Afinal, o objetivo de todo negócio é o aumento das vendas, a retenção de clientes e o crescimento no mercado. Então, quando você tem um bom controle comercial, pode identificar gargalos operacionais e oportunidades para desenvolver as negociações da empresa. Além de avaliar de maneira mais eficiente a performance dos profissionais de vendas.

Em um sistema de controle de vendas, você registra cada transação, analisa o histórico de vendas, acompanha os KPIs, faz o gerenciamento do funil de vendas, entre outras atividades. Tudo isso garante uma equipe comercial mais alinhada com as outras áreas do negócio. Dessa forma, todos são capazes de alcançar seu desempenho máximo e atingir as metas de vendas.

Por que fazer o controle de vendas?

O controle de vendas permite que toda a sua equipe caminhe na direção certa e trabalhe com eficiência. Esse sistema facilita o acompanhamento das vendas de forma detalhada, permitindo que os gerentes vejam quais os produtos ou serviços mais vendidos, quais os períodos de maior aquecimento, bem como quais são os seus melhores vendedores.

Para que a sua empresa atinja as metas de vendas mensais, trimestrais ou anuais, é fundamental que seus funcionários exerçam sua função sob um sistema fácil de seguir, que os motive a permanecer mais produtivos e alcançar o sucesso nas vendas. Além disso, o controle de vendas incentiva a transparência em qualquer negócio.

Estamos falando da linha de frente da sua empresa. Então, quando seus colaboradores entregam todos os dados de vendas, há menos chance de erros. Isso evita que você tenha de dedicar tempo e dinheiro para corrigi-los.

Vale destacar que um sistema para controle de vendas incentiva os representantes a colocar as necessidades do cliente em primeiro lugar. Isso gera impactos positivos na receita da sua empresa e na posição do seu negócio no mercado.

Portanto, se você deixar seu time de vendas sem rumo, será muito mais difícil conduzir todo o processo e visualizar um crescimento conforme o objetivo. Assumir o controle das vendas e se basear em dados na hora de tomar qualquer decisão é a melhor forma de manter sua equipe sempre engajada.

Como otimizar o controle de vendas?

A base para todos os sistemas de controle de vendas é a mesma, independentemente do seu setor. Para ajudar nessa jornada, aqui estão os passos essenciais para você seguir ao tentar implementar essa estratégia na sua empresa:

1. Crie um funil de vendas

O funil de vendas descreve a jornada do consumidor para se tornar seu cliente. Este item é composto por três etapas, como:

  • Topo de funil: fase inicial, em que uma pessoa toma conhecimento sobre o seu produto ou serviço. Nessa etapa, é importante conseguir convencer o cliente em potencial a conhecer sua proposta para se envolver com a empresa;
  • Meio de funil: essa é a segunda etapa. Aqui o consumidor já conhece sua empresa e decidiu conhecer um pouco mais com base no seu interesse. Ele ainda não é seu cliente, mas essa fase é crucial para que ele aumente seu interesse pela marca e queira fechar negócio;
  • Fundo de funil: nessa fase, o lead se qualifica e está pronto para tomar sua decisão. Aqui você deve fazer sua melhor oferta e torná-la irresistível. Isso permite que o consumidor queira seguir em frente, tornando-se uma oportunidade de venda real.

2. Aposte em estratégias de venda

As estratégias de vendas são metodologias usadas no dia a dia que ajudam no sucesso das negociações. Essas técnicas funcionam em diversos cenários e, quando aplicadas corretamente, faz toda a diferença em uma venda.

Isso não significa que seus vendedores sairão por aí para vender a qualquer custo. Mas essas estratégias contribuem para a investigação de qual é a necessidade ou o problema do cliente em potencial. Assim, é possível apresentar a melhor solução.

As técnicas de venda mais conhecidas no mundo corporativo são Spin Selling e Rapport. Contudo, existem outras metodologias que você pode aplicar e que se adaptam melhor para cada situação.

3. Acompanhe os KPIs de vendas

Os KPIs oferecem a direção certa para seguir no controle de vendas. Com esses dados, é possível visualizar se os esforços da sua equipe estão produzindo os resultados desejados ou se o time precisa mudar de direção.

Essas informações ajudam a prever tendências de mercado, além de ajudar na identificação de oportunidades. Por exemplo, se um novo produto está gerando vendas acima do esperado, fica mais fácil criar uma estratégia antes que haja algum problema no controle de estoque.

Acompanhar os KPIs também permite que você avalie o desempenho coletivo e individual. Isso garante que você verifique se os membros da equipe estão trabalhando para atingir as metas.

4. Tenha as ferramentas certas

Ter uma planilha de controle de vendas é importante para uma boa gestão comercial. Mas se a intenção é integrar as principais informações dos setores da sua empresa em um só lugar, um sistema ERP pode ser a solução mais prática para o seu negócio.

O ERP funciona online. Por conta disso, não ocupa tanto espaço no computador, como uma planilha de estoque e vendas. Desse modo, essa tecnologia reúne um grande fluxo de dados da sua organização e auxilia no controle desse conteúdo.

Para se ter ideia, quando você instala um sistema ERP, você tem mais produtividade, economia, flexibilidade, escalabilidade e segurança das informações. Além disso, você pode gerenciar o andamento das suas vendas e prestações de serviços.

Se você ficou interessado em adotar um sistema de gestão e controle de vendas, a GestãoClick tem a solução para agilizar o seu negócio. Com uma plataforma 100% online, você organiza sua empresa com um software de controle financeiro completo. Acesse nosso site agora mesmo e confira tudo o que nós podemos fazer pela sua empresa! Além disso, você ainda pode testar por 10 dias totalmente gratuitos. Vai perder a oportunidade de facilitar o crescimento do seu negócio?

Avatar

gestao.click

Deixe seu comentário
Deixe uma Comentário

Fique por dentro também

Confira outros conteúdos que podem te ajudar a alcançar uma gestão eficiente, otimizar o seu tempo.

Converse com um de nossos especialistas e garanta condições especiais!

Venda mais com o GestãoClick

Explore todas as vantagens por 10 dias sem compromisso – Experimente agora!

GestãoClick
Logo