Os 5 erros de um fechamento de caixa

Pouco importa se você administra uma empresa de pequeno, médio ou grande porte. O fato é que garantir a saúde financeira da sua empresa deve ser sua prioridade número um.

 

Todo gestor sabe que uma boa administração financeira é o que garantirá que a sua marca possua os recursos necessários para continuar a crescer. Além disso, como os próprios dados do Sebrae têm demonstrado, dificilmente uma marca com problemas de gestão financeira consegue se manter operante no mercado nacional por muito mais do que dois anos…

 

Por isso, se você está em busca de aprimorar a sua gestão financeira, é hora de dedicar uma atenção especial à uma das principais ferramentas: o fechamento de caixa.

 

Fechamento de caixa: o que é e por que fazer?

 

O fechamento de caixa é um processo essencial para garantir o controle financeiro da sua empresa. É através dele que a sua gestão poderá acompanhar em detalhes todas as despesas contraídas ao longo do mês ou de um determinado período. Da mesma forma, é ele o instrumento que permitirá checar todas as entradas de capital que ocorreram nesse mesmo período.

 

Um fechamento de caixa consiste no registro detalhado de todas as movimentações financeiras do período. Ele indica valor, origem e destinação desse trânsito de capitais. Sua realização é importante na hora de saber exatamente para onde está indo o dinheiro da sua empresa.

 

Além de ajudar a sua gestão a evitar quaisquer tipos de desvios de capital, o fechamento de caixa é uma ferramenta que permite a acompanhar no dia a dia a real lucratividade dos investimentos da sua empresa. Logo, trata-se de um processo fundamental para embasar o seu planejamento estratégico.

 

Será que a sua empresa tem dado toda a atenção necessária ao fechamento de caixa?

 

5 principais erros no fechamento de caixa:

 

Erros no fechamento de caixa da sua empresa comprometem a saúde financeira da sua empresa. Além disso, esse erros podem se tornar um dos principais sabotadores do seu sucesso. Por isso, na hora de fechar o caixa da sua empresa, fique atento em especial a estes 5 erros:

 

#1 – Falta de organização:

O fechamento de caixa deve ser realizado em intervalos regulares, seja diariamente, semanalmente ou mensalmente. Quanto maior for a movimentação de capitais na sua empresa, mais frequente deve ser o fechamento de caixa. Dessa forma evitam-se erros nos lançamentos ou perda de valores. Da mesma forma, é preciso organizar os lançamentos do seu fechamento em categorias preestabelecidas. Isso permitirá uma clareza maior de quais setores estão gerando maiores despesas ou maiores entradas.

 

#2 – Lançamentos inconsistentes:

Se a sua empresa realiza o fechamento de caixa manualmente ou em planilhas, o risco de inconsistências nos valores gerados aumenta. Além disso, a falta de periodicidade na conferência do caixa é um dos fatores que contribui para esse problema. O grande perigo de lidar com valores irreais no seu fechamento é que esses dados serão tomados como base na hora de realizar novos investimentos. Dessa forma aumentam as chances da sua empresa contrair dívidas ou realizar investimentos nada vantajosos…

 

#3 – Inclusão de Parcelas:

Ao lançar uma venda parcelada, é importante que o seu fechamento de caixa não inclua os valores de parcelas futuras. Ele deve ser um retrato fiel dos capitais que estão atualmente disponíveis nas contas da sua empresa. Em outras palavras, não conte com um dinheiro que ainda não entrou em caixa!

 

#4 – Finanças Pessoais:

É muito comum encontrar pequenos e até médio empresários que possuem o péssimo hábito de misturar as contas pessoais às contas da empresa. Com a utilização constante de capitais gerados pela empresa para bancar pequenas despesas pessoais, são grandes as chances que o seu fechamento de caixa se torne inconsistente e que a sua gestão acabe por perder a noção da real lucratividade do seu negócio. A longo prazo, essa prática põe em risco a própria sobrevivência da empresa, por isso redobre a atenção!

 

#5 – Descontrole dos Estoques:

Os estoques da sua empresa representam uma importante parcela do seu capital, já investido. Uma boa gestão de estoques é a única maneira de garantir que a sua empresa não perca esse capital investido. Assim, você não perde vendas por desabastecimento. Por isso, é importante registrar corretamente a baixa de produtos no seu fechamento de caixa. Dessa forma o seu controle de estoques fica sempre atualizado. Da mesma forma, toda reposição de itens junto aos fornecedores deve ser contemplada no seu fechamento.

 

Como fazer o seu fechamento de caixa de forma mais ágil e descomplicada?

 

Um fechamento de caixa feito com qualidade demanda informações precisas e periodicidade compatível com o setor em que a sua empresa atua. Para garantir a confiabilidade dos dados, vale considerar passar de um sistema manual para um sistema integrado de gestão. Entre as principais vantagens desse tipo de sistema estão a possibilidade de utilizar os dados do seu PDV para atualizar as informações de estoques e o seu fluxo de caixa, tudo em tempo real.

 

Faça seu fechamento de caixa de forma automatizada evitando erros e retrabalho. Teste grátis o PDV online do GestãoClick!

 

Deixe seu comentário
Deixe uma Comentário

Clientes satisfeitos

GestãoClick
Logo