Primeiro ano de empresa: os principais erros cometidos

Abrir o próprio negócio é uma prática cada vez mais comum, ainda mais em tempos de crises econômicas, quando a instabilidade toma conta do mercado, gerando alto índice de desemprego. Além disso, ao ter a sua própria empresa, o empreendedor pode finalmente se dedicar à área pela qual se interessa e ter mais autonomia na tomada de decisões.

Ou seja, é o momento de se realizar profissionalmente e alcançar a independência financeira. No entanto, para que tudo isso se torne realidade, é preciso estar preparado para os desafios de empreender, bem como saber os principais erros cometidos por um empreendedor em seu primeiro ano de empresa.

Assim, você não corre o risco de cometer os mesmos erros e arruinar o seu negócio. Para tanto, neste artigo você vai conferir quais são eles nos tópicos a seguir.
 

Não ter os conhecimentos básicos
Falta de um plano de negócios
Não fazer o planejamento financeiro
Ausência de estratégicas de marketing
Desistir do seu negócio
Não investir nas ferramentas adequadas

 

Não ter os conhecimentos básicos

Não é preciso ser formado em administração de empresas para abrir o seu próprio negócio, mas também não dá para empreender sem nenhum tipo de conhecimento administrativo. Hoje em dia, com a democratização da informação, inclusive, promovida pela internet, é possível acessar uma vasta quantidade de conteúdos.

Também é possível buscar consultoria em entidades como o SEBRAE, que está presente em todo o país e de forma gratuita oferece apoio para os novos empreendedores.

Embora exista muito que aprender, é ainda mais relevante ter noções de finanças para a sua empresa e do pagamento de tributos para começar com um negócio legal e formalizado.

Falta de um plano de negócios

Outro entre os principais erros cometidos por um empreendedor em seu primeiro ano de empresa e que leva muitos negócios a fecharem as portas é a falta de um plano de negócios.

Embora o número de empreendedores cresça todos os anos, também aumenta a quantia de empresas que fecham após poucos meses de funcionamento.

A questão é que não basta ter dinheiro para abrir uma loja ou uma ideia na cabeça. É preciso montar um plano de negócios para avaliar a viabilidade do empreendimento e mesmo ponderar o que pode ser alterado na ideia inicial para aumentar as chances de sucesso da sua empresa.

                                                       primeiro ano de empresa os principais erros cometidos

O plano de negócios serve para colocar no papel o funcionamento do negócio que você pretende abrir, determinar produto e público alvo, informações sobre a concorrência, os melhores fornecedores, etc. E a partir disso desenvolver o planejamento mais assertivo para começar a vender o seu produto ou serviço.

Não fazer o planejamento financeiro

Erra também o empreendedor que não pensa nas suas finanças no médio prazo e deixa de fazer um planejamento financeiro. Não adianta ter dinheiro para pagar os primeiros meses de aluguel da empresa e comprar um lote de mercadorias.

As empresas podem demorar a gerar lucro e, enquanto isso, há despesas, sendo que a comercialização do produto pode não ser suficiente para pagar todas as contas.

Dessa forma, é preciso ter um dinheiro a mais, que sirva de reserva. O quanto é necessário vai depender dos custos e investimentos iniciais, assim, mais uma vez, é preciso colocar tudo no papel, fazer prospecções em cenários diferentes e avaliar a viabilidade do seu empreendimento se sustentar.
 

“Além disso, é importante que o planejamento seja
m, feito anualmente com as demandas e necessidades condizentes com cada ano, por isso, há alguns pontos-chave para desenvolver um planejamento financeiro empresarial bem-sucedido.
 

Baixe agora nossa planilha de orçamento empresarial.

Ausência de estratégicas de marketing

Mais uma vez não adianta pensar que apenas vender um produto ou serviço da mais alta qualidade é o suficiente para manter o seu negócio. Lembre-se da máxima “quem não é visto não é lembrado”, ou seja, é preciso divulgar o que você vende, senão, as pessoas não vão saber da existência do seu empreendimento.

Mesmo que a sua localização seja privilegiada, os preços sejam competitivos, etc, a não ser que o seu negócio seja realmente único, a concorrência é grande em praticamente todos os segmentos de mercado. Além disso, é preciso promover o seu produto ou serviço junto ao seu público alvo.

Não adianta investir em marketing que não seja focado se os consumidores em potencial da sua empresa tenham um determinado perfil. É preciso conhecer o seu público alvo para saber como chegar até ele de maneira mais efetiva, atrai-lo e conquistá-lo para o seu negócio.

“Uma estratégia extremamente importante é a de inbound, através da criação de um blog. Se você está na dúvida sobre criar um blog para o seu negócio, confira 10 motivos para ter um, clicando aqui.

Veja um exemplo de estratégia de marketing, no caso, marketing de conteúdo:

primeiro ano de empresa
 

Desistir do seu negócio

Outros dos principais erros cometidos por um empreendedor em seu primeiro ano de empresa é desistir quando se confrontar com a primeira dificuldade. No mundo dos negócios, os obstáculos e desafios costumam ser regra e, por isso, você deve estar não só intelectualmente e financeiramente preparado como emocionalmente também.

Se fosse fácil empreender, não existiriam funcionários, só empreendedores. A questão é que ter o próprio negócio pode ser muito lucrativo e vantajoso, mas também exige muito trabalho, dedicação e comprometimento, principalmente, nos primeiros anos. Ter isso em mente ajuda você a estar mais bem preparado e não ter surpresas desagradáveis.

Além disso, hoje em dia, existem muitas facilidades que o governo, grandes empresas e entidades oferecem para os novos empreendedores, sendo preciso buscar essas oportunidades. Afinal, quem abre uma empresa gera empregos e colabora com a economia do país, por isso, é importante a todos que o seu negócio prospere.
 

Não investir nas ferramentas adequadas

 

Outro erro que pode ser cometido pelos empreendedores em início de carreia é menosprezar o uso das ferramentas tecnológicas que ajudam a gestão da sua empresa ser mais eficiente. É comum que os novos empresários pensem que elas não são necessárias, pois os seus empreendimentos ainda são pequenos.

Porém, quando se investe na tecnologia apropriada desde o começo, as chances de crescimento ordenado e com sucesso são maiores. Entre as soluções, o software ERP é uma das melhores para quem deseja tornar a rotina do escritório dinâmica, com maior controle, organização, planejamento e dinamismo.

Embora haja um investimento inicial, ao ter as ferramentas apropriadas, é possível reduzir os custos com o quadro de pessoal, pois se consegue fazer mais com menos funcionários, sem que ninguém fique sobrecarregado e sem que haja perda de qualidade. O GestãoClick é um software ERP, ideal para servir como sistema de gestão do seu negócio.

Veja na prática o que podemos fazer pela sua empresa!

Deixe seu comentário

Comentário

Clientes satisfeitos

GestãoClick
Logo