Entenda a importância de um sistema de gestão após realizar o processo de abrir uma empresa

Ouça

Você está pensando em como abrir uma empresa? Muitas pessoas podem ter certa dificuldade para tirar uma ideia do papel. Isso porque o procedimento para trabalhar de forma legal pode vir a envolver mais etapas do que você imagina. E depois disso, ter um ERP para lhe auxiliar em sua gestão é essencial. 

Mas calma! Este processo é mais simples do que você imagina e apesar da complexidade, tudo pode ser feito sem muitas dificuldades. Pensando em demonstrar a importância de um ERP e ainda lhe dar dicas sobre como tirar sua ideia empreendedora do papel, desenvolvemos este artigo especial. Boa leitura!  

Como um ERP pode me ajudar depois da empresa estiver aberta?

Sendo a sigla para Enteprise Resource Planning (traduzido como Planejamento dos Recursos da Empresa e/ou Sistema de Gestão Integrado), este é um sistema desenvolvido para que sua empresa tenha um maior lucro e produtividade. Você pode imaginar que pode não precisar de apoio na gestão devido a conhecer o mercado, mas saiba que se pensa desta forma, está cometendo um grande erro! 

Isso porque ao ter um ERP em sua empresa, independente do porte que ela possui, vai ser possível realizar uma integração de todos os setores. Com tudo isso unificado, você consegue ter uma maior visibilidade para realizar mudanças assertivas que claro, irão gerar mais resultados. 

Mas será que sua empresa precisa de um sistema como este? Para responder a isto, basta pensar: como ficariam os dados de sua empresa se diferentes sistemas fossem utilizados? A principal função de um ERP é simplesmente fazer com que suas decisões sejam mais assertivas. E se tiver todos os dados juntos em um mesmo lugar, a tomada de decisão tende a ser menos errônea. 

Então entenda que sim, você precisa ter um sistema como este em sua empresa! Apenas com ERP, vai ser possível trabalhar com mais qualidade. 

Por que preciso de um sistema de gestão em minha empresa? 

Hoje em dia, é essencial ter organização para não errar ao cuidar de um negócio. Mas apesar disso ser um pensamento de muitas pessoas, poucos empreendedores possuem um sistema de gestão em seu dia a dia. 

Mas será que por mais que você tenha uma MEI, precisa mesmo de um ERP? Na verdade, sim! Ao ter uma ferramenta de gestão que unifica dados de diversos setores, você consegue chegar ao sucesso antes mesmo tempo esperado. 

Citando um exemplo: você destinou um valor para ser gasto em campanhas digitais, mas de acordo com informações do setor de vendas, as pessoas que entraram em contato não estão de acordo com o público que você deseja ter como cliente. 

Se estes dois setores optarem por utilizar sistemas diferentes (e que não podem ser unificados), muito dinheiro pode ser perdido. Para isso não acontecer e você ter uma visibilidade de tudo o que está acontecendo ERP se faz mais do que necessário. 

Você está pensando em aumentar o porte de sua empresa e precisa saber como estão as metas de vendas? Tudo pode ser visualizado sem muito problema e em poucos segundo se tiver um ERP. 

Como um ERP pode ser utilizado em uma média empresa? 

Se você é proprietário de um negócio de médio porte, ter um sistema de gestão faz ainda mais sentido para sua realidade. Isso porque ao ter uma maior demanda para atender, uma habilidade de mercado maior também pode vir a ser adquirida. 

Isso porque como dissemos anteriormente, um ERP é mais do que um sistema para lhe ajudar a cuidar de seu negócio, mas sim uma forma de chegar ao sucesso mais rápido. Com isso é feito? Por meio da automação e inteligência artificial. Então entenda um ERP pode fazer com que seus colaboradores realizem um melhor trabalho. 

Tem dúvidas sobre como isso é feito? Por meio da análise de dados sobre o dia dos funcionários onde é possível gerar melhorias com dados reais. E isso também vale para melhorar a experiência dos clientes. Até porque, ao verificar aos dados do atendimento e demais setores, você consegue agir para que os erros sejam corrigidos. 

Não podemos deixar de citar a melhora no compliance, onde o financeiro, e até mesmo Recursos Humanos podem utilizar o ERP para que um melhor trabalho seja feito. Em resumo, ter um sistema como este em seu dia a dia pode não apenas ajudar a melhorar a gestão, mas também fazer com que a produtividade de todos os setores aumente de uma forma exorbitante. 

Como abrir uma empresa? O processo pode vir a ser simplificado? 

Na hora de colocar aquela ideia empreendedora em prática, você jamais deve trabalhar na ilegalidade! E uma das formas de ficar longe de problemas é optar por abrir um CNPJ perante aos órgãos públicos. 

  1. Para conseguir abrir empresa, é importante se planejar

Quando falamos sobre abrir um negócio, é importante entender que muito trabalho será feito antes mesmo da empresa começar a realizar vendas. E isso vale tanto para quem está pensando em como abrir uma microempresa ou simplesmente uma MEI. 

O planejamento é mais do que uma simples organização de ideias. É nesta etapa que você irá confirmar se sua ideia empreendedora pode ser retirada do papel e claro, se terá uma certa abrangência. Por exemplo: no começo da pandemia do COVID-19, onde muitos estabelecimentos físicos precisaram ser fechados, quem optou por abrir um restaurante ou estabelecimento que realiza entregas teve o maior sucesso possível. Isso porque havia uma demanda de mercado e estas pessoas resolveram uma problemática. 

Escolha um nome, porte, sócios (se optar por abrir uma sociedade), investimento inicial e demais detalhes para que no futuro, quando isso estiver resolvido, você consiga abrir empresa. 

  1. Se planejou? Hora de reunir os documentos para começar o processo de criar CNPJ

Aqui, é o momento de fato de realizar a abertura de empresa. Isso porque com sua ideia validada, é hora de então começar a cuidar de assuntos jurídicos para abrir CNPJ. Mas o que deve ser decidido na hora de abrir CNPJ? 

Primeiramente, é essencial escolher o porte do negócio antes mesmo de dar entrada no processo. Isso porque os processos são diferentes para quem escolhe ter uma MEI (microempresa individual) e optar por colocar o processo de como abrir uma microempresa em prática.

Então, antes de mesmo de dar entrada em seu Cadastro Nacional para Pessoa Jurídica, decida isto. É importante lembrar que apesar de possuírem nomes parecidos, cada porte de negócio possui especificidades que você precisa se atentar. 

Como abrir uma microempresa em poucos passos? 

Sendo uma alternativa para quem não pode ou não deseja abrir uma MEI, muitos empreendedores estão optando pelo processo de como abrir uma microempresa. E existem alterações que fazem diferenças no dia a dia. Além de poder faturar até R$ 360 mil dentro de um ano, quem conclui o processo de como abrir uma microempresa também pode ter até no máximo 9 colaboradores. 

Mas se o processo de como abrir uma microempresa é ideal para você, como fazer isso? Depois de realizar a validação de sua ideia (o mesmo processo que citamos no começo deste texto), é hora de juntar os documentos das pessoas (caso haja sócios) que irão responder pelo negócio. Se uma sociedade vir de fato a ser a opção, a elaboração do contrato social pode ser citada como parte do processo de como abrir uma microempresa. 

Abrir micro empresa é um bom negócio?

Muitas pessoas imaginam que realizar o processo de transição de MEI para ME pode ser muito confuso e burocrático, isso porque com o negócio se expandindo, você pode vir a precisar de mais funcionários. Mas então, será que não é mais fácil abrir micro empresa? Bem, esta é uma resposta que você irá encontrar em seu planejamento. Isso porque nenhuma pessoa pode saber mais sobre seu negócio do que você mesmo. 

Ao analisar toda a sua ideia de negócio e realizar uma previsão de faturamento, será possível saber se neste momento, é melhor abrir micro empresa ou optar pelo MEI. Atente-se: quem escolhe abrir MEI e não abrir micro empresa pode ter no máximo um funcionário, além de poder faturar apenas R$ 81 mil dentro de um ano. Se você estiver em um segmento que vende serviços ou produtos por uma faixa de preço maior, é ideal já abrir uma micro empresa para não precisar cuidar destes assuntos com o passar do tempo. 

Como abrir uma empresa individual? 

Antes de procurar como abrir uma empresa, você sabe o que é uma EI? Chamamos de empresa individual, como o próprio nome diz, o negócio que possui apenas um sócio ou titular. 

Existem benefícios que são interessantes para seu dia a dia. Além de precisar ter apenas R$ 1 mil para conseguir abrir empresa, você não possui um faturamento anual máximo, mas se optar pelo Simples Nacional, pode então ter um lucro de R$ 4,8 milhões. 

Entretanto, é importante saber que se está pensando em como abrir uma empresa individual, você precisa entregar seus bens materiais como uma garantia de que todas as contas serão pagas. No caso de falência, tudo o que foi disponibilizado será leiloado para que as dívidas sejam quitadas. 

Se preferir que tudo seja separado entre pessoa jurídica e pessoa física, então você não deve optar pelo processo de como abrir uma empresa individual. A melhor coisa a se fazer é abrir uma EIRELI. O mesmo vale para quem está enquadrado em uma profissão que realiza a prestação de serviços não regulamentada. São exemplos: Arquitetos, Engenheiros e Arquitetos. 

  1. Escolheu o porte correto de sua empresa? O processo de como ter um CNPJ está quase concluído

Com os principais detalhes definidos e os documentos separados, estamos na etapa de como ter um CNPJ. Aqui, o documento será de fato emitido. Se optar por abrir um negócio MEI, tudo pode ser feito pela internet e sem ao menos que você saia de casa. Isso porque tudo você consegue realizar o processo de como ter um CNPJ ao acessar o sistema da Receita Federal. Ao final do preenchimento dos campos, o documento que autoriza o funcionamento de sua empresa pode ser emitido. 

Mas se optar por abrir um negócio de porte diferente, será necessário então comparecer a uma unidade da Receita Federal. Também é importante não deixar o registro na Junta Comercial de sua empresa de lado na hora de fazer CNPJ. Isso porque este documento também é essencial para que você possa trabalhar, então não deixe de lado. 

Tudo o que você entregou está certo? Basta esperar que o órgão do governo então termine de fazer CNPJ. Também não deixe de dar atenção ao Alvará de Funcionamento, documento essencial para toda e qualquer empresa. 

Um escritório de contabilidade pode lhe ajudar a tirar sua ideia empreendedora do papel 

Se você realmente decidiu que o melhor a se fazer é entrar no mundo dos negócios, mas não sabe por onde começar, a melhor coisa a se fazer é entrar em contato com um escritório que pode lhe ajudar no processo de como abrir uma empresa. 

Ao contar com profissionais especializados, todo o processo é otimizado e você precisa apenas entregar todos os documentos para o contador responsável e aguardar que o CNPJ seja emitido. Não perca tempo e tire sua ideia do papel sem muitos problemas agora mesmo! 

Lembre-se que quanto antes você começar a trabalhar no processo, mais rápido vai receber autorização! Você imaginava a importância de um ERP antes de ler este artigo? Diga nos comentários?

Experimente grátis

Deixe seu comentário
      Escreva seu comentário e clique em enviar

      Clientes satisfeitos

      GestãoClick
      Logo
      Teste grátis o melhor sistema de controle, organização e agilidade para a gestão do seu negócio!
      Cadastre-se para explorar todas as funções do sistema.

      Já tem uma conta? Acessar o sistema

      Homem_Cadastr-se 1 (3)