Materiais gratuitos
Início » Blog » Empreendedorismo » Tirar CNPJ: o que precisa?

Tirar CNPJ: o que precisa?

O Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica é comprova a regularidade e existência da sua empresa, mas você sabe como tirar este documento?

Por GestãoClick
Atualizado em
Tirar CNPJ: o que precisa?

O CNPJ – também conhecido como Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – é uma forma de comprovação que uma pessoa dispõe de uma empresa e que atua como autônomo ou profissional liberal. Porém, você sabe como tirar CNPJ e o que precisa?

Para que possamos esclarecer as eventuais dúvidas, criamos este artigo com os principais tópicos desse assunto, veja:

  • Como tirar CNPJ;
  • Passo a passo para tirar CNPJ
  • O que é necessário para ter CNPJ;
  • Como gerenciar sua empresa de forma correta e eficiente.

Veja também as principais tendências de negócios e fique por dentro do mercado!  

Como tirar CNPJ

De antemão, o CNPJ é um documento emitido pela Receita Federal e consiste na identificação de uma pessoa jurídica para as obrigações tributárias da mesma. Ela é responsável pela identificação ao emitir notas fiscais, contratação de colaboradores, abertura de contas bancárias e muito mais.

Ao definir o regime da sua empresa como MEI, é necessário que o CNPJ seja solicitado através do Portal do Empreendedor. Para a formalização, os dados requeridos são: o número do seu CPF e data de nascimento. Ao finalizar todo o processo de abertura, o empreendedor estará elegível e formalizado. 

Caso sua empresa não se enquadre no MEI, a abertura e solicitação do CNPJ ocorre pelo site da Receita Federal e, no caso de dúvidas durante o processo, o site da Receita Federal oferece um curso à distância gratuitamente para ser um suporte aos novos empreendedores que necessitam de iniciar a abertura de um CNPJ.  

Você sabe em qual tipo a sua empresa se enquadra? Confira aqui! 

Passo a passo para tirar CNPJ

Primeiramente, é necessário fazer o download do Programa Gerador de Documentos de CNPJ disponível no site da Receita Federal. É preciso preencher o formulário FCPJ – Ficha cadastral da Pessoa Jurídica – informando os dados do seu futuro negócio, como: a razão social, ramo de atividade e endereço.

Além disso, também deverá ser preenchido o QSA – Quadro de Sócios e Administradores – onde deve informar quem são os responsáveis pelo negócio e qual a participação de cada um no capital da companhia. Assim, ao encaminhar os formulários, gera-se um recibo de entrega. Com ele, é possível consultar no site da Receita Federal o andamento do pedido.

Assim que houver a confirmação das informações, a impressão do DBE – Documento Básico de Entrada – estará disponível para reconhecimento da firma e entregá-la para a unidade de cadastro. Após o processo eletrônico, é informado a localização da unidade para o recebimento dos documentos e quais podem ser entregues aos Correios.

O que é necessário para ter um CNPJ

Em primeiro lugar, como informado anteriormente, as informações importantes para tirar CNPJ devem ser constar no formulário de solicitação. Após a definição de razão social e ramo de atuação da sua empresa, informe onde a mesma será localizada.

A razão social trata-se do nome da sua empresa que registrado junto aos órgãos do governo, cartório ou junta comercial. Podemos exemplificá-lo como o nome completo do seu negócio, sendo diferente do nome fantasia (aquele que está na fachada da sua empresa e logomarca).

Mesmo que ambos possam ter os nomes idênticos, o apropriado é que a razão social seja formada por três partes, a primeira deve ser um nome específico, depois o ramo principal de atividade e, por fim, o seu enquadramento. O mais importante da razão social é que ela seja única para que se diferencie de outros negócios.

Com o nome fantasia, nem sempre pode ser feito o mesmo, por isso é importante a escolha entre duas denominações diferentes. Ao definir a atuação da empresa, apresenta-se uma lista com as classificações existentes, sendo possível ter uma atividade principal e, no máximo, 14 secundárias. 

Ainda assim, é preciso saber que, antes mesmo de tirar CNPJ, você deve ir à junta comercial do seu município e verificar a viabilidade do seu negócio. E, no mesmo local ou no Cartório de Registro de Pessoa Jurídica é importante fazer o registro da sua empresa. 

Veja aqui 10 dicas exclusivas para alcançar o sucesso ao abrir uma empresa!

Tenha um sistema de gestão 

A princípio, ao finalizar a abertura de um CNPJ, outros processos são importantes, como a gestão. Por meio dela, você terá os dados completos e precisos de todas as áreas do seu negócio.

Pensando nisso, o software GestãoClick é ideal para pequenas e médias empresas que necessitam de controles ágeis e práticos em todos os âmbitos da empresa. São diversas funcionalidades que podemos encontrar, como: o controle financeiro, controle de vendas, controle de estoque, emissão de notas fiscais e boletos, cadastro de clientes e produtos e muito mais!

O software é online, ou seja, você pode acessá-lo de onde estiver e quando quiser, basta ter acesso à internet. Assim, você poderá acompanhar, em tempo real, todas as movimentações realizadas no sistema. 

Conclusão

Em suma, como vimos durante todo o conteúdo, tirar CNPJ é um processo simples, porém exige processos de envio de informações pelo site da Receita Federal para a abertura de forma legalizada. Siga o passo a passo realizá-lo da forma correta, evitando erros futuros.

Por fim, o GestãoClick está pronto para te ajudar a realizar a gestão do seu negócio de forma ágil e em poucos cliques. Comece agora o teste grátis de 10 dias! 

Sistema ERP Online


Avatar

gestao.click

Deixe seu comentário
Deixe uma Comentário

Fique por dentro também

Confira outros conteúdos que podem te ajudar a alcançar uma gestão eficiente, otimizar o seu tempo.

cupom gestaoclick - 9 anos
50% de desconto no plano anual,
+ adesão gratuita de várias integrações!
Garanta aqui

Venda mais com o GestãoClick

Explore todas as vantagens por 10 dias sem compromisso – Experimente agora!

GestãoClick
Logo