Materiais ricos
Início » Blog » Gestão Financeira » Balanço Patrimonial: o que é, qual a estrutura e como fazer o cálculo

Balanço Patrimonial: o que é, qual a estrutura e como fazer o cálculo

Se você possui uma empresa ou já atuou como líder, é provável que já tenha se deparado com a importância do balanço patrimonial. Essa ferramenta é fundamental para a gestão financeira da organização, pois ajuda a listar e avaliar os ativos e passivos da empresa.

Por GestãoClick
Atualizado em
Balanço Patrimonial: o que é, qual a estrutura e como fazer o cálculo

Se você possui uma empresa ou já atuou como líder, é provável que já tenha se deparado com a importância do balanço patrimonial. Essa ferramenta é fundamental para a gestão financeira da organização, pois ajuda a listar e avaliar os ativos e passivos da empresa.

Em outras palavras, o balanço patrimonial destaca os bens, lucros e dívidas, proporcionando uma visão clara e abrangente da situação contábil da organização.

Embora muitas vezes seja considerado uma burocracia pela contabilidade, o balanço patrimonial é uma peça-chave para monitorar e preservar a saúde financeira da empresa. Mais do que um mero requisito contábil, esse demonstrativo desempenha um papel crucial na orientação de decisões estratégicas e na implementação de práticas de investimento que impulsionam o crescimento organizacional.

Ao analisar detalhadamente o balanço patrimonial, é possível obter insights valiosos sobre a situação patrimonial da empresa, identificando ativos robustos, lucros consistentes e, igualmente importante, gerenciando eficientemente as dívidas.

Essa compreensão profunda não apenas fortalece a governança financeira, mas também oferece uma base sólida para a tomada de decisões acertadas.

Quer saber mais e aprender a fazer o balanço patrimonial? Continue a leitura, pois traremos uma explicação abrangente sobre o que é balanço patrimonial, como realizar os cálculos e quais as maneiras de simplificar esse processo fundamental para o seu negócio.

Boa leitura! 

O que é Balanço Patrimonial?

Conforme mencionado anteriormente, o balanço patrimonial, também denominado Balanço Contábil, tem como objetivo principal estabelecer um controle abrangente sobre os bens e direitos da empresa. Além disso, desempenha um papel crucial na identificação das fontes de recursos e investimentos disponíveis.

Diferentemente do controle de fluxo de caixa, o balanço patrimonial oferece uma visão abrangente da situação da empresa, proporcionando um levantamento minucioso da situação do negócio em períodos específicos. Ou seja, ele fornece uma análise mais profunda e holística da saúde financeira da organização.

Em vez de focar apenas nas entradas e saídas de dinheiro, o balanço patrimonial categoriza e quantifica os ativos, passivos e patrimônio líquido, proporcionando uma compreensão completa da posição financeira da empresa.

Em suma, o balanço patrimonial vai além de simplesmente uma formalidade contábil; ele é uma ferramenta estratégica que capacita gestores e líderes a compreender, planejar e otimizar os recursos da empresa para alcançar seus objetivos financeiros e de crescimento.

Afinal, como o próprio nome diz, “balanço” implica equilíbrio, tornando-se, assim, um dos relatórios mais significativos na atualidade. Exigido por lei para a demonstração e acompanhamento da evolução do patrimônio do negócio ao final de cada exercício social, com exceção dos optantes pelo Simples Nacional.

Qual é o objetivo e a importância do balanço patrimonial?

Além de ser essencial para a gestão financeira, o balanço patrimonial está previsto no Código Civil para grande parte das empresas, contribuindo para que lideranças possam compreender o valor real da organização e garantindo melhores condições de gerenciar o negócio. 

No entanto, engana-se quem pensa que o balanço patrimonial é apenas um indicador da saúde financeira da organização. Além disso, o documento auxilia e fornece bases para calcular os retornos obtidos dos investimentos, bem como a estrutura de capital. 

Dentre os principais objetivos do balanço patrimonial, estão:

  • Avaliação do comportamento financeiro da empresa;
  • Orientação para tomada de decisões direcionadas;
  • Desenvolvimento de planos de ação fundamentados em dados;
  • Identificação e planejamento tributário eficientes;
  • Utilização como válvula de escape em situações financeiras desafiadoras.

Em síntese, o balanço patrimonial é como um mapa financeiro da empresa. Ele ajuda a entender como o dinheiro está sendo usado, orienta decisões importantes, fundamenta planos de ação, auxilia na gestão de impostos e funciona como um recurso valioso em tempos de dificuldades financeiras.

Quando deve ser feito o balanço patrimonial? 

Com base nos dados mais recentes fornecidos pela “Demografia das Empresas e Estatísticas de Empreendedorismo” do IBGE, em 2021, a taxa de sobrevivência das empresas foi de 82,2%, representando 4,3 milhões de empresas ativas em 2020 que continuaram operando.

Além disso, a taxa de saída, que indica o percentual de empresas que encerraram suas atividades, foi de 11,7%, sendo a menor desde o início da série em 2008.

Esse saldo positivo e os números relacionados evidenciam como uma gestão financeira sólida é importante para garantir a continuidade e a estabilidade das empresas a cada ano. Isso indica que, com o passar dos anos, as empresas têm reunido esforços maiores para a construção de uma base financeira consistente.

Nesse sentido, o balanço patrimonial costuma ser elaborado anualmente, embora seja possível fazê-lo em períodos menores, dependendo das necessidades da empresa. Vale ressaltar que, conforme o § 1º do artigo 176 da Lei 6.404/76, ao término de cada exercício social, as organizações devem apresentar os demonstrativos financeiros.

A partir da compreesão acerca do significado do balanço patrimonial e reconhecendo sua importância, torna-se claro que esse relatório desempenha um papel fundamental ao oferecer um contexto abrangente e uma base confiável sobre as finanças da empresa. Dessa forma, possibilita uma administração mais eficaz e informada.

Como é a estrutura do balanço patrimonial?

É crucial compreender a estrutura do balanço patrimonial para evitar equívocos durante sua elaboração. Geralmente, o relatório segue um padrão que inclui a data de início e término, detalhes sobre os ativos e passivos, além do patrimônio líquido.

Quer entender melhor essa estrutura? Então atente-se às explicações a seguir.

Para entender a estrutura do balanço patrimonial, o primeiro passo é compreender a divisão fundamental entre:

  • Os ativos (o que a empresa possui);
  • Os passivos (o que deve);
  • O patrimônio líquido (o que realmente é dela).

Essa distinção simples facilita a análise eficiente do estado financeiro da empresa.

Ativos

Os ativos são tudo aquilo que a empresa possui, como bens, recursos e dinheiro em caixa. Dependendo da atividade, entram também maquinários, equipamentos e até mesmo softwares.  Em resumo, tudo que pode ser revestido em renda monetária são ativos. 

Existem dois conceitos fundamentais para ativos:

Ativo circulante

Representando recursos que a empresa pode converter em dinheiro a curto prazo, como dinheiro em caixa, contas a receber e estoque.

Ativo não circulante

Abrange bens de maior valor e liquidez a longo prazo, como imóveis, terrenos e veículos.

Saber diferenciar os dois auxilia diretamente na compreensão do quanto a empresa possui disponível imediatamente versus seus investimentos de longo prazo.

Passivos

Ao contrário dos ativos, os passivos representam as dívidas e obrigações financeiras da empresa, como empréstimos ou despesas regulares, incluindo salários dos funcionários, impostos, e contas de serviços. Em outras palavras, são compromissos que diminuem o patrimônio da organização.

Portanto, à medida que o passivo aumenta, o valor de mercado da empresa tende a diminuir. Essa relação destaca a importância de gerir cuidadosamente os passivos para preservar e otimizar o valor total da empresa.

Os passivos também são divididos em duas categorias: passivo circulante e passivo não circulante.

Passivo circulante

Refere-se a todas as dívidas com prazo de vencimento igual ou inferior a um ano, abrangendo compromissos como obrigações trabalhistas, tributos, valores devidos a fornecedores, e empréstimos com pagamentos mensais, entre outros.

A categorização como passivo circulante destaca a natureza de curto prazo dessas obrigações financeiras.

Passivo não circulante

Assim como os ativos não circulantes, os passivos não circulantes são obrigações com vencimentos maiores que um ano, aqueles dívidas a longo prazo, como créditos provisionados, financiamentos, debêntures, entre outros. 

Patrimônio Líquido 

O Patrimônio Líquido é tudo o que a empresa possui de capital, ou seja, o cálculo de ativos e passivos para chegar ao valor que de fato a empresa possui. A soma de todos os recursos, investimentos, reserva, capital social, entre outros. 

Dessa forma, a empresa terá uma visão clara do seu capital disponível. O que não apenas auxilia na identificação dos índices financeiros, mas também na apresentação de retornos aos acionistas e sócios, incluindo reservas e ajustes contábeis, proporcionando uma base sólida para a expansão sustentável do negócio.

A análise do balanço patrimonial revela se a empresa opera em um cenário “positivo” ou “negativo”, oferecendo insights cruciais sobre sua situação financeira.

Compreender esse conceito permite a tomada de ações proativas para reverter possíveis cenários desfavoráveis, preservando e fortalecendo a saúde financeira da empresa.

Como fazer um balanço patrimonial de uma empresa?

Você já compreende a definição e a relevância do levantamento de informações para o balanço patrimonial. Agora, é crucial entender como elaborá-lo. Embora não seja um processo intrinsecamente complexo, é fundamental possuir conhecimento em procedimentos contábeis para assegurar uma montagem precisa e confiável.

Confira o passo a passo:

Passo 1

Descrição detalhada de todos os ativos e passivos contábeis, organizados em ordem de liquidez e datas para fornecer uma visão clara e sistemática das finanças da empresa.

Passo 2

Análise comparativa dos saldos contábeis, realizada mediante a conciliação entre extratos bancários e registros nos livros contábeis, visando garantir a precisão e integridade das informações financeiras.

Passo 3

Conduzir os cálculos para determinar se, ao longo do período contabilizado, a empresa registrou lucro ou prejuízo. Em outras palavras, realizar a Apuração do Resultado do Exercício (ARE) para avaliar o desempenho financeiro global da organização.

Passo 4

Por fim, organize as contas patrimoniais, destacando se houve lucro ou prejuízo, apontando claramente os saldos positivos de ganhos e os acumulados de perdas. Isso simplifica a compreensão do desempenho financeiro da empresa.

Otimize o balanço patrimonial da sua empresa com o GestãoClick 

Elaborar o balanço patrimonial pode ser ainda mais fácil com o suporte de um sistema de gestão. Com o GestãoClick, você terá, de maneira online e simplificada, o controle e registro de todas as informações necessárias para o levantamento dos ativos, passivos e patrimônio líquido da empresa, permitindo que você concentre sua atenção em outras demandas.

Assim, você terá concentradas em um único lugar todas as informações sobre folha de pagamento, saldos, controle de contas e demais aspectos de maneira simplificada. Além disso, é possível integrar essas informações com outros setores, proporcionando uma visão abrangente sobre a saúde financeira da organização.

Deseja otimizar seu tempo, assegurando processos ágeis e seguros? Experimente gratuitamente nosso sistema agora mesmo e descubra como a plataforma GestãoClick pode beneficiar não apenas seu balanço patrimonial, mas toda a gestão do seu negócio, com apenas alguns cliques.

Avatar

gestao.click

Deixe seu comentário
Deixe uma Comentário

Fique por dentro também

Confira outros conteúdos que podem te ajudar a alcançar uma gestão eficiente, otimizar o seu tempo.

Converse com um de nossos especialistas e garanta condições especiais!

Venda mais com o GestãoClick

Explore todas as vantagens por 10 dias sem compromisso – Experimente agora!

GestãoClick
Logo