Círculo Dourado: como inspirar clientes e colaboradores através de suas apresentações.


como inspirar clientes e colaboradores através de suas apresentações.

O que faz uma empresa ser bem-sucedida vendendo o mesmo tipo de produto que seus concorrentes?

Sabe aquele produto que você jurava ser o ideal para seu cliente? Por que será que ele não comprou?

Como alguns líderes inspiram muito mais pessoas do que outros com ideias não necessariamente melhores?

Essas e outras perguntas podem ser respondidas através de uma ferramenta criada a partir de um padrão de comunicação utilizado por grandes líderes da humanidade como Steve Jobs, Martin Luther King e os Irmãos Wright.

Veja como os discursos desses líderes podem te ajudar a  formular materiais de apoio para potencializar sua área comercial, conquistar a confiança de seus colaboradores e ainda impressionar investidores para tirar suas ideias do papel e abrir seu próprio negócio.

 

O círculo dourado

Grandes oradores e empresários estão se valendo de uma metodologia extremamente eficiente para atingir seu público de maneira impactante. Conheça a ferramenta que ficou mundialmente conhecida como “Golden circle”:

O “círculo dourado” ou “círculo de ouro” é uma metodologia desenvolvida pelo palestrante, consultor de marketing e escritor inglês Simon Sinek em seu livro “Por Quê? – Como Grandes Líderes Inspiram Ação”. Ela é representada por um círculo divido em 3 categorias: “Por quê”, “como” e o quê”. 

A maior parte das empresas convencionais se posicionam de fora para dentro do círculo dourado ao apresentar seus produtos: primeiro expõem o que estão querendo vender, depois dizem como esse produto foi desenvolvido e raramente deixam claro o porquê de fazerem o que fazem, defende Sinek.

Dê uma olhada na última apresentação comercial que recebeu por e-mail, há grandes chances de ela seguir o padrão descrito acima.
Circulo Dourado

Já as empresas e pessoas extremamente bem-sucedidas seguem o caminho inverso.

No primeiro contato com o cliente elas procuram transmitir o real motivo de estarem ali, o propósito de levantarem da cama todos os dias e o porquê alguém deveria se importar com isso. Só depois falam sobre estratégia e benefícios do produto.

Essa simples sequência na comunicação, quando bem implementada, altera completamente a percepção das pessoas que estão assistindo à sua apresentação.

 

Posicionamento


No TED Talk onde a ferramenta é apresentada ao mundo, o autor mostra o exemplo de duas gigantes da tecnologia: Apple e Dell.

Ambas são multinacionais bilionárias, com acesso às mesmas agências de publicidade, com possibilidade de contratar os melhores profissionais do mercado e de divulgação nas mesmas mídias.

 Por que a primeira sempre figura entre as 3 empresas mais valiosas do mundo e a segunda não?

A Dell foca seu direcionamento de mídia em transmitir a qualidade e funcionalidade dos seus produtos, como a velocidade do processador, tamanho e nitidez da tela e capacidade da memória. Por isso é conhecida como uma ótima fabricante de computadores, nada além disso.

Ao estampar campanhas com seu slogan “Think different” a Apple comunica a todos os potenciais consumidores que é uma companhia que acredita em inovação e em desafiar o padrão seguido pelo resto das empresas, independente do que ela comercialize.

Isso cria um vínculo imediato com o consumidor que compartilha desses valores, fazendo com que ele se sinta confortável em comprar qualquer produto da Apple, mesmo que o preço seja consideravelmente maior do que a concorrência.

Esse vínculo, ou rapport, é o que vai transformar uma apresentação comum em uma eficiente ferramenta de conexão entre as duas partes. Afinal, as pessoas não compram o que você vende, e sim o que você acredita.

 

Como aplicar o círculo dourado em suas apresentações comerciais?


Seguindo o exemplo acima, é importante que no início da apresentação o cliente sinta suas necessidades entendidas e que vocês compartilham das mesmas crenças.

Exponha, por meio de um ou mais tópicos, qual o principal motivo da sua empresa existir. Esse motivo precisa ser nobre e digno da empatia das pessoas. Seguem alguns exemplos:

 

Escritório de Advocacia: “Construir uma sociedade mais justa e igualitária.”
Serviços de Arquitetura: “Transformar sonhos em lares.”


Agência de Marketing Digital: “Tornar negócios mais lucrativos através do compartilhamento da informação.”

Não existe ninguém melhor para encontrar o “porquê” da sua empresa do que você mesmo. Faça um exercício de reflexão pautando todos os motivos que fizeram parte da construção da companhia e formule algumas palavras ou frases que traduzam essa história.

Definido o “porquê”, desenvolva uma estratégia que explique quais medidas foram pensadas para chegar na solução que será proposta. É imprescindível que essas medidas sejam coerentes com o propósito da empresa.

Não tem como o seu “porquê” ser “Construir uma sociedade mais justa e igualitária.” e apresentar uma estratégia que se utilize de meios ilícitos para chegar ao objetivo final.

Por fim, apresente o produto ou serviço em si, com todos os benefícios, qualidades, valores monetários e outras características. À essa altura, através da utilização do círculo dourado, o cliente já conhece sua companhia, confia nos seus valores e está muito mais propício a fechar a venda.

 

Liderança e motivação

Apesar de ser mais conhecida como uma ferramenta de marketing e vendas, a metodologia do círculo dourado também tem um grande poder de inspirar seus colegas e colaboradores.

Numa época onde não havia Twitter, correntes de e-mail e nem eventos no Facebook, Martin Luther King Jr. conseguiu reunir 250 mil pessoas em seu histórico discurso sobre os Direitos Civis.

Como? Propagando não o que ele queria mudar nos Estados Unidos àquela época, mas sim no que ele acreditava, eternizada na expressão “I have a dream”.

As pessoas que compartilhavam dessas crenças tomaram a causa do Dr. King como própria, assumindo os papéis de defensores e, principalmente, propagadores desse propósito.

 

Na sua empresa

Ao apresentar um conjunto de metas a serem alcançadas ou uma nova metodologia de trabalho a seus funcionários, pense no círculo dourado. Defina um motivo comum que inspire e faça sentido para toda a equipe.

Como esses objetivos irão impactar positivamente a vida dessas pessoas? Por que elas devem acreditar neles? Irão melhorar a qualidade de vida? Trazer uma experiência profissional enriquecedora? Encontre um propósito genuíno para esse plano de ações.

De outra forma, eles continuarão trabalhando apenas pelo salário e enxergando tais metas e objetivos como exclusivos da empresa.

 

Aplique o círculo dourado no dia a dia!

E você, como transmite suas ideias para seus clientes e colaboradores atualmente?

Utilize os ensinamentos do círculo dourado e potencialize o resultado das suas apresentações no meio interno e externo da empresa.

Descubra o seu porquê, defina a estratégia certa para chegar às suas soluções e se diferencie dos concorrentes que fazem mais do mesmo.

Confira o TED Talk onde Simon Sinek apresenta ferramenta do círculo dourado:https://www.youtube.com/watch?v=h8hUECLFVuw.
 
 

 

Autor convidado "Matheus Lopes. Consultor de negócio na GPME
 
 
  


COMENTE

Deixe o seu comentário nos campos abaixo: