Materiais ricos
Início » Blog » Gestão Financeira » Emissão de Boleto » Descomplique as finanças: como emitir boleto MEI em poucos passos

Descomplique as finanças: como emitir boleto MEI em poucos passos

É Microempreendedor Individual (MEI) e tem dúvida sobre como emitir boleto MEI de forma simplificada? Neste artigo, ajudaremos você a entender como funciona a emissão de boletos para MEI, apresentando um guia passo a passo que tornará esse processo mais prático e eficiente. Por isso, esses passos vão desde a escolha da plataforma adequada até […]

Por Carolina Durval
Atualizado em
Descomplique as finanças: como emitir boleto MEI em poucos passos

É Microempreendedor Individual (MEI) e tem dúvida sobre como emitir boleto MEI de forma simplificada? Neste artigo, ajudaremos você a entender como funciona a emissão de boletos para MEI, apresentando um guia passo a passo que tornará esse processo mais prático e eficiente.

Por isso, esses passos vão desde a escolha da plataforma adequada até a conclusão da transação, vamos desvendar cada etapa, garantindo que você esteja apto a gerar seus boletos de maneira rápida e sem complicações. 

Ao final deste guia, você terá as ferramentas necessárias para facilitar a gestão financeira do seu negócio e otimizar seu tempo. Não perca mais tempo com processos complexos, descomplique sua rotina financeira agora!

Leia com atenção e aproveite!

Como emitir boleto MEI: escolha a ferramenta certa

Iniciar um negócio como Microempreendedor Individual (MEI) envolve diversas responsabilidades, e uma delas é a emissão de boletos. Esse processo pode parecer desafiador à primeira vista, mas a escolha da ferramenta certa pode simplificar significativamente essa tarefa. 

Assim, o primeiro passo para aprender como emitir boleto MEI é a escolha da ferramenta ideal para simplificar, economizar tempo, evitar erros e melhorar a eficiência operacional.

Nesse sentido, siga as dicas abaixo na hora de escolher uma ferramenta para emitir boleto MEI:

Avalie a usabilidade

Primeiramente, se você chegou até este conteúdo, provavelmente está buscando uma maneira mais prática de emitir boleto MEI. Assim sendo, nossa primeira dica de como emitir boleto MEI é essa: opte por uma ferramenta com interface simples, intuitiva e amigável. Ou seja, escolha um sistema que seja fácil de mexer.

A usabilidade é crucial para tornar o processo de emissão de boletos mais acessível, mesmo para quem não possui familiaridade com aplicativos ou ferramentas financeiras online.

Considere as integrações do sistema

Outro conselho interessante é que você considere as integrações internas e externas do sistema. Por exemplo, o programa escolhido possui módulo de vendas e emissor de notas fiscais? Se a resposta for positiva, ponto para você. Afinal, fica mais fácil gerenciar suas finanças com qualidade se houver integração direta com outras áreas importantes para um Microempreendedor Individual.

Além disso, as integrações externas também devem ser avaliadas no momento de escolha da ferramenta. Pondere se o programa possui integração com instituições bancárias, meios de pagamento, lojas virtuais, marketplaces etc. É importante avaliar quais dessas são plataformas relevantes para você e, assim, escolher um sistema que atenda às suas necessidades.

Dessa forma, um sistema integrado ajuda você a economizar tempo e reduzir a possibilidade de erros manuais, garantindo que todas as informações estejam corretas e sejam sincronizadas em tempo real.

Priorize a segurança de dados

Para lidar com transações financeiras, todo cuidado é pouco. Afinal, a proteção das informações sensíveis resguarda a integridade do seu negócio e a confiança dos seus clientes.

Portanto, escolha uma plataforma de emissão de boletos MEI que tenha certificações de segurança da informação reconhecidas. Pois isso garante que a ferramenta adota práticas rigorosas para proteger os dados contra acessos não autorizados.

Em outras palavras, certifique-se de que a ferramenta escolhida possui protocolos de segurança robustos para proteger os dados sensíveis do seu negócio e dos seus clientes.

Certifique-se de que haja suporte técnico

Aprender como emitir boleto MEI pode ficar ainda mais fácil se a ferramenta responsável pelo processo possuir suporte técnico especializado para solucionar eventuais dúvidas e fornecer rápida resolução de problemas.

Contar com um bom suporte técnico é algo crucial para manter o fluxo de trabalho ininterrupto e para lidar com eventuais contratempos.

Teste a versão de avaliação gratuita

Por fim, os melhores programas para emissão de boleto fornecem um período de teste gratuito para que o usuário possa compreender melhor o funcionamento do sistema e ponderar se ele atende ou não às suas necessidades e expectativas.

Desse modo, você pode aprender como emitir boleto MEI dentro do sistema e avaliar se esse método é o mais adequado e usual para o seu dia a dia como Microempreendedor Individual. Além de poder testar outras funcionalidades e entender mais sobre a usabilidade da ferramenta.

Como emitir boleto MEI dentro do GestãoClick

No sistema GestãoClick, emitir boleto MEI é simples e eficiente. A seguir, você confere o passo a passo de como configurar e gerar boletos, destacando as principais configurações e fornecendo insights valiosos para facilitar essa tarefa.

Como emitir boleto MEI: passo a passo

Vincule a forma de pagamento à conta cadastrada no sistema

Ao iniciar, certifique-se que haja uma conta bancária cadastrada e vinculada a uma forma de pagamento no sistema. Acesse o menu “Financeiro” > “Opções Auxiliares” > “Formas de Pagamento”

Se já possuir a forma de pagamento “Boleto Bancário” cadastrada, considere adicionar uma nova forma de pagamento caso tenha mais de uma conta bancária para emissão de boletos.

Dentro das configurações da forma de pagamento, atente-se aos detalhes cruciais, como a disponibilidade em contas a pagar e receber, a confirmação automática do boleto, o número máximo de parcelas e o intervalo entre elas. 

Caso deseje habilitar essa forma de pagamento nas vendas no balcão, selecione a opção correspondente. Escolha a modalidade da forma de pagamento e, se aplicável, insira a taxa do banco. Certifique-se de habilitar a função “Gerar boleto” e escolha a instituição financeira correta.

Se necessário, adicione informações sobre juros de multa e juros de mora, indicando quantos dias após o vencimento a cobrança será iniciada. 

Escolha a alternativa desejada no campo “Aceite”. Lembre-se que a opção de protesto do boleto requer a autorização do pagador. Assim, para garantir o protesto automático em caso de atraso, vá ao campo “Protestar” e escolha a opção correspondente, indicando a quantidade de dias para iniciar a cobrança via protesto.

Adicione informações extras nos campos “Mensagens de instrução”, “Local de pagamento impresso no boleto” e “Demonstrativos”, se desejar. Ao finalizar a configuração, clique em “Cadastrar”.

Como emitir boleto MEI?

Para gerar um boleto, acesse o menu principal “Financeiro” > “Contas a receber” > “Adicionar recebimento” e preencha os dados correspondentes. 

Após a conclusão, gere uma remessa para envio ao banco. Vá a “Financeiro”, “Boletos bancários”, “Exportar remessa”, selecione o recebimento desejado e clique em “Gerar remessa”. Salve o arquivo e envie-o para o banco.

Lembre-se de que, ao utilizar uma carteira com registro, é possível verificar se o boleto foi lançado no banco antes de imprimir e enviá-lo ao cliente. 

Como imprimir o boleto bancário?

Após enviar o arquivo de remessa para o banco, retorne ao menu principal e clique em “Financeiro”. Em seguida, vá para a seção “Boletos Bancários” e clique em “Gerenciar Boletos”.

No boleto bancário desejado, localize a coluna de ações, clique no botão verde e selecione a opção “Imprimir Boleto”. Antes de prosseguir, certifique-se de que tudo esteja correto e pronto: seu boleto já pode ser impresso. 

Compensação do boleto bancário

Assim que o cliente efetuar o pagamento do boleto, o banco gerará um arquivo de retorno. Faça o download desse arquivo e retorne ao menu “Financeiro” > “Boletos Bancários” > “Importar Retorno”.

Posteriormente, escolha a forma de pagamento desejada, envie o arquivo e clique em “Importar”.

Após a importação do arquivo de retorno, o sistema reconhecerá que o boleto foi compensado, e a situação do boleto mudará para “Confirmado”.

Controle financeiro simples como um clique

Além de emitir boleto MEI, o GestãoClick também oferece uma série de funcionalidades para facilitar a sua gestão financeira. Com apenas alguns cliques, você pode acompanhar despesas, receitas, e até mesmo gerar relatórios detalhados para uma visão completa da saúde financeira da sua empresa.

Com o GestãoClick, o registro de despesas e receitas é intuitivo e rápido. Basta inserir as informações relevantes e o sistema organiza automaticamente os dados. Isso proporciona uma visão clara das movimentações financeiras da sua empresa em tempo real.

Além disso, você tem acesso a relatórios detalhados com apenas alguns cliques. O sistema permite a geração de análises personalizáveis, possibilitando análises específicas sobre o desempenho financeiro da sua empresa. Essa funcionalidade é essencial para tomadas de decisões embasadas e estratégicas.

Teste o GestãoClick gratuitamente por 10 dias e revolucione a gestão financeira da sua empresa.

Carolina Durval

Carol da GestãoClick

Graduada em Jornalismo pela UFOP e pós-graduada em Revisão e Preparação de Textos pela PUC Minas, a Carol é Analista de Conteúdo da GestãoClick e apaixonada por comunicação, tecnologia e pela arte de transmitir conhecimento por meio da escrita.
Deixe seu comentário
Deixe uma Comentário

Fique por dentro também

Confira outros conteúdos que podem te ajudar a alcançar uma gestão eficiente, otimizar o seu tempo.

Converse com um de nossos especialistas e garanta condições especiais!

Venda mais com o GestãoClick

Explore todas as vantagens por 10 dias sem compromisso – Experimente agora!

GestãoClick
Logo