Materiais gratuitos
Início » Blog » Fluxo de caixa projetado: conheça os modelos prontos e saiba como usá-los! 

Fluxo de caixa projetado: conheça os modelos prontos e saiba como usá-los! 

Há quatro importantes tipos de fluxo de caixa. Conheça cada um deles!

Por GestãoClick
Atualizado em
Fluxo de caixa projetado: conheça os modelos prontos e saiba como usá-los! 

O gerente financeiro de uma empresa não precisa apenas contabilizar e documentar o que aconteceu. Ele também deve entender a movimentação de recursos e realizar previsões com base no ritmo de funcionamento das operações para tomar as decisões corretas. Portanto, o fluxo de caixa projetado é uma ferramenta essencial.

E você, sabe como preparar o fluxo de caixa projetado? Quer conhecer os modelos prontos e como usá-los? Então você veio ao lugar certo! Responderemos todas as suas dúvidas. Pronto para começar? Acompanhe a leitura!

O que é fluxo de caixa?

Antes de falarmos sobre o tema principal deste post, é importante explicarmos o que é o fluxo de caixa. Trata-se de uma ferramenta fundamental para o sucesso da gestão financeira de uma empresa, pois permite acompanhar as movimentações de recursos durante um determinado período, garantindo, assim, o crescimento sustentável do seu negócio. 

Em resumo, ele consegue identificar as entradas e também as saídas de recursos efetuadas. Ou seja, imagine um orçamento: uma lista dos recebimentos, com a subtração dos pagamentos. Neste caso, o resultado é o saldo no caixa

Reconheceu a importância de monitorar todas as movimentações financeiras? Ótimo! Agora, podemos falar sobre o fluxo de caixa projetado, né? Então, vamos lá!

O que é fluxo de caixa projetado?

É possível que a empresa queira realizar algum investimento e ainda não tenha dinheiro suficiente em caixa. Isto é, ela pode se interessar pela compra de uma nova ferramenta ou, até mesmo, a expansão da loja, que requer uma alocação maior.

Logo, o gestor financeiro deve realizar um planejamento financeiro que irá prever se a empresa terá condições de arcar com esses custos ao longo de meses (ou até anos).

Porém, o cálculo não será 100% exato, o fluxo de caixa projetado apresentará ao empreendedor uma estimativa de entradas e saídas, baseado na análise média de dados anteriores para prever a disponibilidade de recursos para os cenários futuros. 

Quais são os tipos de fluxo de caixa?

Há quatro importantes tipos de fluxo de caixa. Conheça cada um deles! Confira:

Fluxo de caixa direto

O fluxo de caixa direto é o mais popular entre as corporações, pois é aquele que mensura as entradas e saídas do negócio diariamente – com base nas contas a pagar e a receber. Ou seja, um modelo tradicional que garante uma visibilidade (e simplicidade) geral de informações disponíveis sobre o caixa da empresa.

Fluxo de caixa projetado

Já o fluxo de caixa projetado difere, pois o foco é nos gastos mensais a vencer (impostos, contas de água, energia, internet, etc.). Logo, seu principal objetivo é cumprir os vencimentos das despesas, garantindo que todas sejam pagas nas datas certas.

Fluxo de caixa livre

A mensuração do fluxo de caixa livre é de curto e longo prazo, a partir de dois relatórios de projeção – um de 60 a 90 dias e outro de dois a cinco anos, após a realização de todos os pagamentos necessários.

Fluxo de caixa operacional

Por último, o fluxo de caixa operacional é aquele que reforça os custos operacionais de uma empresa. Ou seja, é voltado para o controle das despesas referentes à operação do cotidiano, como fornecedores, salários de funcionários, etc.

Após avaliar todas as opções, você conseguirá optar por aquela que fizer mais sentido para o seu negócio. É importante ressaltar que essa escolha influenciará diretamente na maneira como você registra as informações financeiras. 

Por que você deve ter fluxo de caixa projetado no seu negócio?

Após entender o que é, de fato, o fluxo de caixa e seus principais tipos, chegou a hora de falarmos sobre os motivos pelos quais você deve utilizar essa ferramenta na sua empresa. Dentre as diversas  vantagens, destacam-se quatro:

1. Controle da gestão financeira

Com a organização das finanças, é possível compreender se a empresa está seguindo por caminhos estáveis e, principalmente, alcançando o faturamento esperado.

Além disso, com o fluxo de caixa em dia, o planejamento de passos futuros se torna mais fácil. 

2. Otimização dos gastos

Com a otimização dos gastos em uma situação já reajustada, sobra capital para investir em outros aspectos da empresa, como na compra de brindes — que ajudam a fidelizar clientes no pós-venda —, na aquisição de produtos para o estoque ou, até mesmo, de equipamentos. 

3. Preparação para datas sazonais

Os períodos sazonais, como Black Friday, Natal e Ano Novo, são perfeitos para criar estratégias de marketing com ótimas promoções para atingir potenciais clientes. Porém, assim como as vendas, os custos e gastos também crescem (e muito) nessas datas.

Assim, com o fluxo de caixa projetado, você pode ver quais meses economizar para gerar capital de giro e pagar os extras sazonais. Dessa forma, sua empresa não arrisca perder dinheiro.

4. Cumprimento das principais obrigações legais

Utilizando o fluxo de caixa projetado, seus custos relacionados à formalização do negócio também estarão sempre em dia. Assim, se você for MEI, terá todos os impostos reunidos em uma única alíquota.

Afinal, por que o fluxo de caixa projetado é importante?

Primeiramente, você já ouviu falar que “o que você não mede não pode ser gerenciado”? Estas são as famosas palavras de William Edwards Deming, um proeminente estatístico de negócios e também professor universitário – muito conhecido no mundo dos negócios. Essa premissa reflete basicamente a importância do controle interno do fluxo de caixa projetado na empresa.

Uma gestão financeira equilibrada só é possível com o acompanhamento regular de tudo o que entra e sai do caixa. Por isso, os empreendedores que desejam expandir seus negócios de forma saudável precisam exercer esse controle regularmente.

Além disso, a ferramenta é essencial para entender os cenários, onde a empresa se encontra e avaliar possibilidades futuras. E mais, ela permite:

  • analisar a liquidez do negócio;
  • realizar investimentos com segurança;
  • ter mais controle sobre a situação financeira;
  • planejar as atividades financeiras da empresa;
  • gerenciar o capital de giro de forma mais precisa;
  • planejar a expansão da organização de forma responsável.

Como fazer a projeção do fluxo de caixa?

Qualquer modelo de fluxo de caixa projetado precisa incluir pontos específicos para que esta seja eficiente e a partir das estimativas obtidas. Logo, sua planilha deve constar detalhadamente:

  • O saldo inicial deste caixa;
  • O planejamento de contas;
  • As despesas (fixas e variáveis);
  • O intervalo de tempo entre os recebimentos; 
  • As entradas de valores, diferenciadas entre “previsão” e “realizadas”.

No final das contas, o melhor dessa ferramenta é que, além de convencer os investidores a injetar capital na organização, ela também pode ajudar os empreendedores a controlar seu fluxo de caixa. Com isso, eles podem gerenciar melhor seu comportamento, fascinante né?!

Saiba mais sobre como fazer um fluxo de caixa no link.

Fluxo de caixa projetado: onde encontrar modelos prontos?

Seu serviço pode ser o melhor do mercado. Mas sem saúde financeira, seu negócio não prosperará. Agora que passamos por uma visão geral do fluxo de caixa projetado, fornecemos alguns modelos prontos e gratuitos, para você baixar e usar para acompanhar o desempenho financeiro de sua empresa.

Como sabem, publicamos aqui semanalmente artigos relacionados a planejamento e acompanhamento econômico-financeiro. 

Acompanhe e faça o download grátis para a sua empresa!

Para saber mais sobre a planilha de orçamento empresarial para a sua empresa! Leia o artigo a seguir: “Planilha de orçamento empresarial: aprenda tudo que precisa saber”.

Então, se você ainda não tem costume de acompanhar nossos conteúdos, leia este (e muitos outros) artigos em nosso blog, ou adicione-nos nas redes sociais para saber o que está acontecendo por aqui.

Se o conteúdo do artigo for útil para você e sua empresa, deixe um comentário e compartilhe com seus colegas.

Até a próxima!

Avatar

gestao.click

1 Comentário
  1. Poderia ser mais objetivo a fala de vcs para um serviço essencial em uma empresa.
    Tirando essa deficiência, o texto está claro e direto.

Deixe uma Comentário

Fique por dentro também

Confira outros conteúdos que podem te ajudar a alcançar uma gestão eficiente, otimizar o seu tempo.

Receba até 50% de desconto no plano anual na SEMANA DO CONSUMIDOR.
Fale com um especialista!
Garantir meu desconto

Venda mais com o GestãoClick

Explore todas as vantagens por 10 dias sem compromisso – Experimente agora!

GestãoClick
Logo