6 oportunidades de negócios home office sem precisar investir muito


home office
Ficou desempregado e precisa aumentar sua renda sem gastar muito? Ou quer ter seu próprio negócio e não sabe por onde começar? Confira no artigo de hoje 6 oportunidades de negócios home office sem precisar investir muito e comece agora a ganhar dinheiro sem sair de casa!
 

1. Revenda de semijoias


A primeira dica é investir na revenda de semijoias, principalmente se você já conhece um círculo de pessoas interessadas nesse tipo de acessório.

O investimento inicial em semijoias é baixo e se as peças forem compradas no atacado, você pode obter um lucro de mais de 100%.

É possível montar seu portfólio de produtos combinando as peças, o que aumenta as chances de vender mais de um acessório para a mesma cliente.

Além disso, o mercado de semijoias é um ramo da moda, que está sempre mudando e trazendo novidades.

Ou seja, você não precisa ter um portfólio fixo e previsível. Com tantas tendências fica mais fácil vender várias vezes para a mesma cliente.
 

2. Desenvolvimento de aplicativos


Seja pela necessidade de um aplicativo para eventos, uma rede social interna ou um software para vendas de ingressos, os apps hoje são soluções práticas para qualquer empresa.

Porém, desenvolver um aplicativo não é uma tarefa fácil e demanda muito tempo da gestão, principalmente se a empresa não tiver experiência nesse segmento.

Mesmo assim, esse é um ramo que é possível ser 100% home office, já que, além do conhecimento, ter uma máquina boa e uma internet rápida são os únicos pré requisitos para exercer esse trabalho sem investir muito.

Se você tem experiência em desenvolvimento de aplicativos, é possível oferecer esse serviço ao ramo corporativo e lucrar sem sair de casa.
 

3. Revenda de softwares


Ainda dentro do ramo de tecnologia, outra opção é atuar com a revenda de softwares em geral.

Você pode analisar o mercado da sua região, compreender as necessidades das empresas e oferecer a elas softwares personalizados de acordo com o segmento delas.

Assim, você se tornará uma ponte entre o fabricante do software e o cliente, mas sem demandar tanto o seu tempo para o desenvolvimento das soluções.

Além disso, nesse ramo existe a possibilidade de fazer uma venda completa, entregando softwares integrados com hardwares e aumentando sua receita.
 

4. Aulas de idioma e consultorias


Se você tem conhecimento avançado de uma língua, morou em outro país ou já foi professor, oferecer aulas de idioma é uma ótima forma de aumentar a renda.

O investimento inicial é muito baixo: basta montar um espaço simples em um cômodo da casa para receber os alunos e comprar os materiais de apoio.

Outra opção é oferecer consultoria especializada, na sua casa ou online. Você pode orientar outros profissionais no ramo fazendo videochamadas ou na sua casa mesmo, basta ter experiência no assunto e ensinar tudo o que sabe.
 

5. Venda de itens personalizados


Outro negócio rentável é a personalização de objetos, como canecas, camisetas, chinelos, entre outros.

Para começar a produzir basta comprar uma máquina de estamparia e oferecer o serviço para os seus conhecidos.

Não é necessário criar uma gráfica para oferecer esse serviço e você pode divulgar a personalização pelas redes sociais, atraindo cada vez mais clientes.

Afinal, quem nunca quis presentear um amigo ou familiar e não encontrou um presente que fosse “a cara dele”? Você pode oferecer esse produto!
 

6. Dropshipping


E a última dica é para você que tem o sonho de ter sua própria loja virtual, mas não tem como investir grandes valores agora.

O dropshipping é uma técnica de venda que consiste em vender sem estoque. Funciona assim:
 

  1. Você contrata uma empresa especializada em dropshipping;

  2. A empresa monta sua loja virtual;

  3. Você recebe os pedidos dos clientes;

  4. Informa o fornecedor sobre o pedido;

  5. O fornecedor entrega o produto diretamente ao cliente.


Pronto! Nesse processo você só paga um valor inicial e não tem mais trabalho para gerenciar estoque.

Sua função é apenas se comunicar com o cliente caso seja necessário.

Essas foram algumas dicas de home office sem investir muito. Gostou de alguma ideia? Então conte para gente qual delas você vai testar!

 


COMENTE

Deixe o seu comentário nos campos abaixo: