Marketplace: 5 motivos para transformar sua loja virtual


Marketplace no Brasil: entenda o cenário favorável e adote.
É fácil perceber o grande crescimento dos e-commerces no Brasil e também no mundo e, sem dúvida alguma, um dos fatores que está favorecendo este crescimento todo é a sua presença nas mídias digitais bem como marketplaces.

Os canais online já vinham em pleno crescimento e intensificou-se por conta da crise gerada pela pandemia, mundialmente falando. Hoje, é quase impensável não ter uma loja virtual, por exemplo, mesmo para aqueles lojistas, pequenos ou médios, que já contam com uma loja física.

Assim, saber da importância dos marketplaces neste cenário todo, o que ele significa e como utilizá-lo a seu favor, a favor de sua loja é simplesmente fundamental. Neste post, falaremos exatamente disso e, inclusive, os marketplaces mais procurados no Brasil. Acompanhe.

O que significa Marketplace?

De uma forma bem simplificada, para que todos possam entender seu significado rapidamente, podemos dizer que marketplace é um poderoso mercado virtual onde empresas e/ou pessoas físicas distribuem e comercializam seus produtos.

Mas como funciona este mercado, afinal? O marketplace é na verdade uma imensa vitrine virtual, com alcance mundial, para empresas e para a realização de grandes negócios. Claro, enfrenta uma acirrada concorrência, mas por outro lado sua loja ganha uma visibilidade imensurável até.

Mas quanto custa tudo isto? Menos do que você imagina. Entrar em um marketplace representa um baixíssimo investimento para a empresa, pois toda a tecnologia ali empregada é de responsabilidade do mercado virtual. 

É importante que sua empresa tenha um bom sistema de gestão empresarial e que este esteja integrado com sua loja virtual, para facilitar inclusive toda a gestão na web.

Podemos citar, por exemplo, o Software GestãoClick, que se integra totalmente à sua loja e ainda promove um melhor controle do seu negócio e de todo o ambiente, como clientes, equipes e vendas. 

Conheça 5 bons motivos para transformar sua loja virtual:
 
1. FORTALECIMENTO DE SUA MARCA/PRODUTO: como resultado inclusive da alta visibilidade, sua marca/produto é fortalecida. Você se tornar mais conhecido, ganha propriedade e até, em várias situações, autoridade sobre aquilo que está comercializando.
 
2. CUSTOS REDUZIDOS: Se você levar em consideração investimentos em marketing e tecnologia, sua margem de lucro se tornará ainda mais alta ao introduzir seu negócio no modelo marketplace.
 
3. AUMENTO DAS VENDAS: maior visibilidade, fortalecimento da marca e ganho de propriedade. Consequentemente, tudo isto levará à um quase que inevitável aumento de suas vendas.
 
4. CRESCIMENTO DO SEU NEGÓCIO: com uma maior diversidade de público consumidor, maior visibilidade e tendo mais propriedade no mercado em que atua, seu negócio tende naturalmente a se expandir.
 
5. MAIOR VIBILIDADE NOS BUSCADORES: principalmente para os pequenos empreendedores, estar presente nos primeiros resultados dos buscadores do Google, por exemplo, não é nada fácil. Estando presente em um marketplace, esta realidade muda totalmente. 

Marketplace de Moda: veja os principais

A moda vive se reinventando. Muda com as estações, muda por tendências, muda simplesmente porque quer e pode mudar. Pensando nisso, usar os marketplaces para vender moda é absolutamente um dos melhores caminhos a se percorrer, mesmo que você esteja começando do zero.
 
Se já tem uma loja física ou virtual, melhor ainda: use e abuse dos recursos sofisticados dos marketplaces. Confira alguns dos principais marketplaces da moda existentes no Brasil:
 
• DAFITI
• ZATTINI
• NETSHOES
• ELO7
• TRICAE

Marketplace Dafiti

A Dafiti é um dos mais influentes marketplaces que existe. Segundo a própria marca, cerca de 30% de todos os consumidores brasileiros acessam o seu marketplace, ou seja, tem grande visibilidade no mercado. 
 
No ramo da moda, podemos considerar a Dafiti como mais influente ainda, e não apenas na moda feminina como muitos imaginam. Confira abaixo quais produtos você pode comercializar no marketplace da Dafiti:
 
• Roupas, Calçados e Acessórios;
• Perfumaria e Beleza;
• Cama, mesa e banho;
• Suplementos; 
• Equipamentos esportivos, etc.

Marketplace no Brasil: entenda o panorama

Presente há 5 anos no país, os marketplaces vem ganhando um espaço considerado no mercado, se mostrando uma alternativa para os negócios online altamente benéfica, tanto para o consumidor como para o empreendedor que está ali vendendo seus produtos.

No Brasil, eles são muitos, uns mais “velhinhos” e conhecidos no mercado e outros nem tanto. Vale a pena conhecer um pouco mais sobre eles, antes da escolha. Abaixo, vamos comentar brevemente sobre 2 deles. 

Marketplace Americanas

As famosas Lojas Americanas já são conhecidas no mercado brasileiro há algum tempo, inclusive sua loja virtual. No entanto, seguindo as próprias tendências do mercado e suas respectivas necessidades, atua nos últimos anos como um importante marketplace.

Com grande visibilidade, confiabilidade e representatividade, é um ótimo canal online para comercializar os seus produtos. 

Marketplace Mercado Livre

Timidamente, há alguns anos atrás, era uma plataforma online simples onde principalmente pessoas físicas vendiam de um tudo, tanto produtos novos como usados.

Mas, também seguindo as tendências do mercado, se tornou um marketplace de peso e reconhecido tanto por consumidores como por empreendedores.
Hoje tem grande relevância no mercado, é bem intuitivo e fácil de usar.

Vendas Marketplace: vale a pena?
 
Pelo próprio conteúdo aqui disposto, você já deve até ter esta resposta na ponta da língua. Sim, vale muito a pena, mas é preciso observar se é mesmo o tipo de ferramenta ideal para a estratégia do seu negócio. Isto porque o marketplace também tem algumas poucas desvantagens.
 
Podemos enumerar duas delas:
 
1. A dependência: se o marketplace escolhido for o principal canal de vendas e este, por exemplo, vier a encerrar suas atividades, você perderá este canal e isto afetará negativamente os seus negócios.
 
2. Sua Marca: sua marca será apresentada na hora da venda, o que lhe garante visibilidade. Por outro lado, o consumidor vai lembrar que comprou na loja “X” e não, especificamente, na sua loja.

Marketplace Online

Conclusivamente falando, os marketplaces, ainda assim, são os melhores canais para comercializar os seus produtos, ainda mais para o pequeno empresário que não ocupa as primeiras posições do Google, por exemplo, o que dificulta que sua loja online seja encontrada pelo consumidor. 

A integração com sistemas de gestão empresarial, como o do GestãoClick, também é muito importante para gerenciar todo o seu negócio online.