O Melhor ERP? 25 Melhores ERP na Internet

Ouça

É comum que as pessoas pesquisem qual o melhor ERP.

Hoje, a importância da tecnologia nas empresas principalmente no gerenciamento de um negócio está cada vez maior. Assim, manter-se atualizado sobre os principais softwares de gestão empresarial é item essencial para se manter atualizado no mercado!

Antigamente escolher o melhor ERP, era uma tarefa árdua que envolvia muita pesquisa.

A web agora permite que pequenas e médias empresas aproveitem os benefícios de um sistema ERP online, listamos os 25 dos melhores ERP mais famosos na internet.

INCREVA-SE grátis
Curso de Controle Financeiro

Receba em seu e-mail 6 lições que darão a você a base do controle financeiro empresarial e o conhecimento necessário para organizar sua empresa, independente do tamanho ou setor.


No início, eles exigiam muitos computadores locais e muita personalizações de códigos e programação.

As implementações de ERP de hoje, no entanto, são entregues principalmente como serviços em nuvem, o que os torna acessíveis, até mesmo atraentes para pequenas e médias empresas (PMEs). Visando este público, listamos 25 softwares de gestão empresarial presentes nos mecanismos de busca.

Esses programas de gestão são projetados para trabalhar com módulos, o que significa que você pode adicionar funcionalidades no ERP comprando apenas os recursos que sua empresa precisa.

O Melhor ERP? 25 Melhores ERP na Internet

O que é Enterprise Resource Planning (ERP)?

O ERP é uma ferramenta que geralmente é uma solução de software modular que incorpora o controle financeiro do negócio, possibilitando em seguida a inclusão de integrações e módulos que abrangem outras áreas do negócio, incluindo área do cliente, integrações de meios de pagamento, sistemas para criação de lojas virtuais, sistema de ponto de vendas (PDV) e cadastro de fornecedores.

Traduzindo literalmente o acrônimo ERP em português significa: Planejamento de Recursos Empresariais.

A finalidade do ERP em sua essência se resume em gerenciar toda a empresa de forma sistémica, não se limitando apenas a parte financeira.

Ao utilizar todas as funcionalidades e integrações e um único software ERP, os clientes podem obter vantagens competitivas e novos insights para criar processos mais eficiente que não eram possíveis sem a utilização da ferramenta.

Ou seja, é uma ferramenta de tecnológica cuja utilidade é integrar diferentes dados da empresa.

Por exemplo, a maioria dos sistemas de gestão empresarial melhoram a parte contábil, facilitando o gerenciamento geral, ou seja, é uma ferramenta tecnológica cuja função é integrar todos os dados de diferentes setores da empresa.

O objetivo é simples: fazer com que todos os colaboradores tenham acesso às informações que necessitam para o crescimento do negócio de forma constante.

voltar ao menu ↑

Como Encontrar o Melhor ERP para o Seu Negócio

Você não topou com este guia por acidente. Talvez você esteja procurando adquirir um novo software ERP. Talvez você esteja no meio da implementação e queira ter certeza de que está no caminho certo. Talvez você seja apenas uma pessoa curiosa. Independentemente do motivo, saiba disso: selecionar um sistema ERP pode ser uma tarefa difícil.

O software ERP pode fazer sua empresa crescer ou falir, por isso é importante acertar desde o início. Lembre-se de que o processo de seleção de qualquer software para empresas pode exigir uma boa quantidade de pesquisas e testes. Um ponto de partida é considerar o seguinte: o próximo sistema ERP que você implementar deve dar suporte à sua empresa por pelo menos dez anos.

Ao determinar quais requisitos são mais importantes, divida os requisitos em três grupos:

  • Obrigatório – funcionalidades obrigatórias que são inegociáveis.
  • Valor agregado – são requisitos que, embora importantes, não são necessários para a execução do negócio. Normalmente são recursos que simplificam as funções manuais (ou seja, importar dados, importar xml, ou importar dados de uma planilha do Excel) .
  • É bom ter – Esses são requisitos de “conveniência”, como um botão em uma tela que permite que você permaneça na mesma tela enquanto conclui uma tarefa .

Se um requisito não for absolutamente necessário, ele não deve determinar sua escolha de software ERP. 

Use estas perguntas como ponto de partida para conversas internas:

  • O que há de errado com meu negócio e como um sistema ERP pode corrigir isso?
  • Como um sistema ERP pode se encaixar em minha situação comercial atual? Como será meu negócio no futuro?
  • Quem usará o sistema com mais frequência? Que tipo de acessibilidade meus usuários precisarão?
  • Quais recursos e requisitos são mais importantes para minha empresa? Quais funcionalidades precisamos em um software ERP?
  • Quanto estou disposto a gastar em uma nova plataforma ERP?
  • Qual o tamanho da minha empresa?

Então, como você escolhe o melhor software ERP para você?

A metodologia que usamos aqui foi escolher os ERPs que possuem mais resultados nos mecanismos de busca listados sem uma ordem especifica. Na maioria dos casos, não existe um software ERP “melhor ERP para todos”. Ao avaliar um sistema ERP diferente, você pode determinar o que é melhor para você com base nos seguintes fatores:

Indústria

Além do tamanho do seu negócio, alguns softwares ERP são feitos para setores específicos.

O sistema Syspro é um exemplo: É feito especificamente para fabricantes e distribuidores de grande e médio porte. Você pode até obter uma solução mais especializada com base em seu setor dentro dessas de categorias, como equipamentos industriais ou fabricação de insumos farmacológicos.

Por exemplo o Sage 300 é uma ótima opção para empresas internacionais de comércio eletrônico. O Oracle Netsuite oferece suporte internacional a variados setores.

Tamanho da empresa

Embora o nome “ERP” ser redirecionado para empresas, nem todas as soluções são feitas para grandes empresas. É por isso que você deve observar quais os planos eles possuem para ver se eles se encaixam no tamanho do seu negócio.

Por exemplo, SAP Business One foi projetado especificamente para pequenas empresas no entanto é uma solução mais cara e complexa. 

Portanto, se você tem uma empresa de grande escala, não consideraria nenhuma dessas opções. Você ficaria melhor com algo como a Microsoft Dynamics 365.

Características

O objetivo do software ERP é ser uma solução completa para as necessidades de seu negócio. Mas, dito isso, nem todas as funcionalidades e recursos de software serão idênticos.

É importante entender o que sua empresa mais precisa e buscar uma solução ERP que ofereça esses recursos prontos para uso.

Os recursos comuns do software ERP incluem ferramentas de vendas, controle de estoque. Mas alguns de vocês podem precisar de recursos para coisas como gerenciamento da cadeia de suprimentos, gerenciamento operacional e logística de estoque ponta a ponta.

Custo

Você não quer perder tempo com um fornecedor de software que está fora do preço do seu orçamento. Lembre-se de que o preço do plano orçado pode não incluir todos os serviços de que você precisa. Em outras palavras, você precisa se perguntar, “quanto eu quero pagar por um ERP?”

Veja se possui custos extras como implementação, taxas de manutenção, suporte contínuo e custos de treinamento.

Escalabilidade

Você quer um sistema ERP que possa crescer com o seu negócio. Por exemplo, aumentar sua base de clientes, aumenta o número de produtos, usuários e transações. Ao avaliar a escalabilidade do software ERP, observe os modelos de preços para determinar se a custo por usuários adicionais. Deve-se observar que algumas soluções instaladas locais não podem ser escalonadas sem servidores adicionais. 

Configurações do ERP

Você precisa ter certeza de que a implantação inicial seja o mais fácil possível. Alguns softwares devem ser adquiridos de um parceiro terceirizado, o que pode ser uma dor. Com isso dito, esses parceiros geralmente fazem um trabalho melhor com o ERP ao orientá-lo durante o processo de configuração.

Como o GestãoClick a maioria dos softwares ERP hoje em dia é baseado em nuvem, você não terá que se preocupar em instalar nada localmente em seus servidores, computadores ou outros dispositivos.

Quando implementado corretamente, o software ERP aumenta a eficiência organizacional, automatizando os processos de negócios e permitindo o acesso a dados confiáveis.

Como é a implantação de um  ERP?

Gestores e empresários, ao visualizarem novas implantações sistêmicas, já entram no desespero imaginando os inúmeros processos que necessitarão de adequação, treinamentos dos colaboradores e adaptação.

Quando se trata do processo de escolha de um ERP, o processo se resume basicamente, em 4 etapas: Planejamento, Investimento, Adaptação e Monitoramento. Abaixo detalhamos cada um deles:

  1. Planejamento

Entender a necessidade que necessitam ser atendidas é sempre a primeira etapa o e quanto melhor for este planejamento, mais facilmente será a sua execução. O planejamento para a implantação do ERP se baseia em objetivos mensuráveis que indicarão se este ou aquele recurso é mesmo apropriado ou necessário.

Isto porque um sistema de gestão empresarial conta com inúmeros recursos tecnológicos, mas você pode não precisar, naquele momento, de todos eles e, neste caso, seria um gasto desnecessário.

Portanto o que se busca é a solução mais apropriada para as necessidades especificas da empresa. Neste planejamento ainda, a primeira etapa é escolher o fornecedor do seu sistema.

Isto é fundamental e não diz respeito apenas ao preço deste ou daquele software. Claro que o preço conta na hora da aquisição de um recurso tecnológico tão importante como este, mas seu fornecedor precisa estar preparado para lhe oferecer não um software, mas sim soluções.

Outro ponto importante é definir o sistema que você precisa, ou seja, quais as funcionalidades que ele precisará ter. Esta visão pode ser adquirida em conjunto com o fornecedor do sistema, aliás é importante que seja feita em conjunto com este ainda na definição do projeto.

Pense que se faz necessário adquirir um sistema que permita adaptações pertinentes às necessidades organizacionais. Este deve ser o foco único e principal.

Neste mercado tecnológico, específico de sistemas de gestão, você vai encontrar, basicamente, os seguintes tipos de softwares:

  • Por demanda: este tipo de recurso tecnológico exige a instalação local no hardware e servidores da própria empresa. Neste caso, demanda a compra da respectiva licença que, geralmente, é perpétua. Trata-se de soluções mais caras e complexas, pois exigem também adequação da infraestrutura de computadores e de rede, além de um maior tempo para treinamento dos colaboradores e profissionais qualificados para sua manutenção quando necessária;
  • Sistema ERP Cloud em nuvem: é o que há de mais moderno e geralmente é ofertado por meio de um serviço de assinatura. Como já é sabido, os dados permanecerão armazenados no servidor do fornecedor do sistema e serão acessados diretamente pela internet
  • Voltado a nichos específicos: este tipo de sistema são personalizados para segmentos específicos, de acordo com as necessidades tecnológicas do nicho de atuação. São aqueles softwares desenvolvidos exclusivamente para atender a uma necessidade específica de um nicho de mercado.
  • Sistemas de baixa complexidade: são softwares com uma menor sofisticação, com um número reduzido de funcionalidades. Geralmente são gratuitos exigindo maior conhecimento de quem o opera. A longo prazo, este tipo de software pode requerer novos recursos e aperfeiçoamentos, para atender as demandas tecnológicas da organização e isto nem sempre é possível.
  1. Investimento

Uma solução ERP para a sua empresa exige 3 fatores ligados a investimento financeiro: a aquisição do sistema propriamente dito, o processo de implantação e a manutenção que o mesmo pode exigir ao longo do tempo.

A empresa precisa pensar no investimento tecnológico, além até do próprio sistema: se há equipamentos suficientes para implantar o ERP, acessórios de TI, rede, acesso à Internet, ferramentas operacionais e toda a infraestrutura necessária para a implantação de um software.

Escolha preferencialmente sistemas ERP online que possuam backup automáticos, que estejam presentes na nuvem, que favoreçam a personalização, que estejam integrados às principais plataformas (pagamento, bancos, e-commerces, etc.) e que o fornecedor deste lhe ofereça um suporte à altura.

  1. Adaptação

Como toda mudança exige uma adaptação e requer um período de aprendizado, que servirá para a aquisição do conhecimento necessários para utilizar todas as funcionalidades disponíveis no sistema.

Isto também é válido para com um Sistema ERP, no entanto, para um melhor aproveitamento de todos os recursos disponibilizados pelo software ERP, aconselha-se experimentar o software erp.

A implantação de um Sistema de Gestão Empresarial pode requerer também uma adaptação cultural na empresa, pois os colaboradores e gestores não estão habituados com a ferramenta.

Entenda que a solução ERP vai facilitar a vida de todos os colaboradores de uma organização, bem como de seus gestores, mas para que isto realmente aconteça é necessário que estes saibam usar a ferramenta e absorver dela todo o seu potencial tecnológico.

  1. Monitoramento

O sistema visa automatizar e otimizar, mas como em qualquer outra estratégia, sua implementação necessita de acompanhamento e monitoramento. Isto porque podem surgir anormalidades e gargalos operacionais que precisarão ser sanados o mais rapidamente possível.

Isto é normal, faz parte da adaptabilidade. Quanto mais “redondo” estiver este sistema às necessidades de sua empresa, melhor será sua eficiência operacional bem como os resultados obtidos com o mesmo.

O fornecedor do erp

As empresas fornecedoras de software de ERP mais bem avaliados oferecem sistemas que são atualizados com melhorias contínua nos recursos e na qualidade do software, ajudando seus clientes a inovar com mais rapidez.

Os principais softwares ERP também incluem melhorias de produto sem custo. O ERP GestãoClick é um exemplo de fornecedor que fornece uma melhoria contínua na capacidade de ajudar os clientes com mais rapidez.

Perguntas a serem feitas aos fornecedores de ERP

  • O software vai crescer com o meu negócio? Quão escalável é a solução?
  • Quais plataformas são suportadas?
  • Como minha equipe de vendas pode utilizar o sistema?
  • Quão simples é a interface do usuário do software e com que frequência ele é atualizado?
  • Vocês oferecem relatórios financeiros avançados?
  • O software integra dados de vários departamentos?

Reputação do Fornecedor

Procure avaliações de clientes anteriores relacionadas ao atendimento ao cliente do fornecedor e suporte de longo prazo. A última coisa que você quer é assinar um contrato de grande valor e acabar não se satisfazendo. Além disso, investigue o que os clientes têm a dizer sobre facilidade de uso. Por exemplo, como é a facilidade de uso do ERP? Se eles forem ERP online, como será a velocidade do sistema?

Preços do ERP na nuvem

Os software ERP existem como uma categoria de aplicativo desde o final dos anos 1990.

Nesse período, ele evoluiu de várias maneiras importantes, principalmente porque muitas se tornaram sistemas ERP online disponíveis na nuvem.

O benefício para os clientes aqui se resume principalmente a alta disponibilidade, custo e escalabilidade.

Como os sistemas ERP são modulares, os sistemas ERP antigos e tradicionais geralmente requerem vários servidores para funcionar plenamente.

Pode haver um servidor para o módulo financeiro, um para o banco de dados, um para o sistema de gerenciamento de estoque e assim por diante.

Agora acrescente servidores redundantes para aumentar a confiabilidade do sistema e um desempenho aprimorado e logo você terá um preço de hardware e infraestrutura que pode exceder o custo do software.

Para comercializar essa tecnologia de forma eficaz para clientes PMEs, os fornecedores estão usando a nuvem para potencializar suas soluções e o modelo de software como serviço (SaaS) para implantá-la.

Isso significa que os novos clientes têm muito poucos (geralmente zero) custos iniciais com equipamentos – todos os servidores estão hospedados na nuvem. Isso pode representar uma grande redução no custo total gasto ao implementar uma solução ERP.

Como diferencial adicional, esse modelo de implantação também permite escalabilidade imediata e com excelente relação custo-benefício.

Se sua empresa possui ou gostaria de ter uma loja online, ela pode optar por uma integração de e-commerce em sua solução ERP.

Mas durante a black-friday ou outras datas comemorativas do ano, o tráfego através do sistema de e-commerce pode aumentar.

Em uma configuração de infraestrutura tradicional, essa empresa precisaria comprar servidores extras e configurá-los como clusters redundantes para lidar com esse aumento de tráfego.

Então, quando os períodos de pico acabarem, esses servidores seriam simplesmente desligados e a empresa teria que arcar com o custo de um investimento em hardware não utilizado.

Dicas para selecionar um sistema ERP

ERP CLOUD

Com o trabalho remoto e o aumento constante de viagens, não é surpresa que os aplicativos ERP móveis estejam se tornando a última tendência. Mais usuários estão utilizando seus telefones celulares e laptops para trabalhar de qualquer lugar. Um levantamento realizado pelo IBGE de 2018, mostrou que 3,8 milhões de brasileiros trabalhavam de maneira remota. Trabalhar remotamente e em trânsito está se tornando o novo normal. Ter um software ERP online conectado facilmente aumenta a produtividade e garante maior satisfação do cliente.

Que setor sua empresa atende?

Conforme mencionado anteriormente, o ERP pode atender a vários setores e departamentos. Seria muito constrangedor investir em uma solução apenas de CRM quando sua empresa é uma firma de contabilidade ou uma indústria. Você pode comprar programas separados ou investir em uma solução multifuncional.

Considerações sobre custos e preços

Existem também algumas considerações a serem ponderadas ao começar sua busca pela solução perfeita, como seu orçamento, o tamanho da sua empresa e o setor que ela atende.

Quanto você está disposto a gastar?

O ERP pode custar de algumas dezenas de reais a alguns milhares (ou cem mil) dólares. Estabelecer um orçamento razoável permite que você saiba o que está procurando sem gastar um valor incompatível com o negócio. Também vale a pena pesquisar os planos e preços que eles oferecem. Ex: oferecem vários planos de assinatura, pagamentos anuais ou mensais ou uma taxa única? Em seguida, você pode escolher a opção de pagamento que mais irá satisfazer as necessidades da sua empresa e deixar o seu bolso feliz.

Qual o tamanho da sua empresa?

Embora os sistemas ERP atendam a empresas e empresas de grande escala, eles atualmente atendem desde microempreendedores individuais (MEI) a empresas de todos os tamanhos, incluindo pequenos comércios a lojas de médio porte. Se você é uma pequena empresa, deseja expandir seus negócios ou permanecer no mesmo tamanho? Ou, você tem uma empresa, mas está pensando em reduzir o tamanho? Obter um ERP escalável ou não escalável é essencial porque, neste caso, o tamanho importa.

Saiba o que esperar do ERP

Alguns ERPs podem oferecer benefícios comerciais mínimos porque não estão alinhados com os objetivos estratégicos da empresa. Recomendamos definir claramente seus objetivos para que você possa avaliar o software com base em sua utilidade final.

Por exemplo, se sua empresa deseja melhorar o atendimento ao cliente, um dos requisitos do ERP pode ser a capacidade de solicitar estoque automaticamente quando atingir um determinado nível e atualizar automaticamente essas informações para o departamento de vendas. Com esta funcionalidade, o departamento de vendas seria capaz de fornecer aos clientes com rapidez e facilidade uma data de entrega realista, melhorando assim a experiência do cliente.

Se você está acredita que a funcionalidade de CRM é o que sua empresa precisa, pode achar útil nossa postagem do blog Qual a diferença entre CRM e ERP?

Muitos dos fornecedores de software em nossa lista fornecem ERP com recursos de relatório que garantem consistência de dados entre departamentos e permitem percepções de dados em tempo real. 

Quaisquer que sejam as áreas funcionais que você espera melhorar, você deve entende-las antes da seleção.

voltar ao menu ↑

O MELHOR ERP

  • Deve fornecer funcionalidades, integrações e planos compatíveis com seu segmento de atuação.
  • Ao implementar, tenha em mente seu orçamento, cronograma e quais recursos você precisará após a implementação.
  • A eficácia de um ERP depende da facilidade do uso para o usuário, design do fluxo de trabalho, das ferramentas de relatório, da capacidade de organizar informações e de suas integrações e funcionalidades.

25 ERP’S mais POPULARES

Os softwares ERP aqui listados são voltado diretamente para o mercado de pequenas e médias empresas (PMEs).

Com tantas opções disponíveis, a boa notícia é que algumas podem encaixar perfeitamente para sua necessidade. Independente do tamanho da PME e seu faturamento anual, o seu negócio provavelmente já tem complexidade e necessidades suficientes, que farão a aquisição de um ERP ser um bom investimento.

Antes de continuar, você pode testar um sistema de gestão empresarial gratuitamente.

1

GestãoClick

Um sistema pensado nas necessidades e fases de crescimento de um negócio. O GestãoClick é o tipo do sistema que você contrata e permanece enquanto o seu negócio cresce. É um ERP na nuvem, permitindo que você acesse as informações-chave de sua empresa de qualquer lugar.
2

Oracle NetSuite OneWorld

O Oracle NetSuite OneWorld na nuvem, com foco na modularidade permite gerenciar operações globais que fornece dados em tempo real sobre procedimentos multinacionais e multi-subsidiárias em diversas moedas. É uma plataforma financeira sólida que pode ser expandida para atender a outras necessidades de negócios comprando funcionalidades adicionais por meio da nuvem.
3

SAP Business One Professional

SAP Business One Professional tem bons recursos e flexibilidade em geral, mas foi projetado como uma plataforma de planejamento de recursos empresariais (ERP) mais antiquada. Pode ser muito complexo para muitos usuários, especialmente pequenas e médias empresas (PME).
4

Microsoft Dynamics 365 para Finanças e Operações

O Microsoft Dynamics 365 é um grupo de aplicativos focados em negócios com um sistema de contabilidade baseado em nuvem que está totalmente integrado ao Office 365 e outros aplicativos em nuvem da Microsoft. É uma ferramenta sólida, mas algumas empresas de pequeno a médio porte podem descobrir que não possui os recursos específicos de que precisam.
5

AccountMate

AccountMate é uma tradicional empresa americana voltada para finanças de pequenas e médias empresas (PME), gerenciamento de estoque e planejamento de recursos empresariais (ERP). Embora faltem alguns recursos sofisticados que outros produtos possuem, eles possuem poucos clientes no Brasil.
6

Intuit QuickBooks

Famoso no exterior o Intuit QuickBooks é um aplicativo de contabilidade online para pequenas empresas. É intuitivo, bem projetado e construído para atender a uma ampla variedade de usuários. Mas também é caro.
7

SAGE

O Sage é uma solução de software de contabilidade e planejamento de recursos empresariais (ERP) para empresas de médio porte que é fácil de usar. Mas sua funcionalidade e módulos de expansão são limitados e fica um pouco atrás da concorrência em recursos de detalhamento e personalização.
8

Oracle ERP Cloud

O Oracle ERP oferece um único local para gerenciar e examinar os processos de negócios em uma organização. Ele permite que os usuários visualizem informações em um painel.
9

Protheus da TOTVS

O Protheus é uma solução nacional de ERP, que possui a necessidade de ser configurada por programadores e engenheiros. A proposta do sistema é crescer simultaneamente com a empresa, fornecendo o serviço a negócios de diferentes tamanhos e nichos.
10

Bitrix 24

Ao contrário de outras soluções de ERP de Open Source (código aberto) que levam horas para serem implantadas e semanas para serem totalmente implementadas o Bitrix24 está pronto para uso e não se preocupe, caso você queira instalar o software ERP em seu servidor o código-fonte é aberto e você também pode se aventurar e instala-lo no seu servidor
11

Oracle PeopleSoft

PeopleSoft é uma solução ponta a ponta que automatiza e otimiza a cadeia de suprimentos e centraliza as transações globais. É adequado para todas as indústrias e empresas de diferentes tamanhos.
12

Zoho Books

Zoho Books é um software para gerenciar a contabilidade de pequenas empresas baseada em nuvem, oferecendo uma boa experiência de usuário excepcional, um preço atraente no entanto não se adequa a muitas regras contábeis Brasileiras.
13

Nomus

14

IFS

O produto IFS é feito sob medida para as indústrias aeroespacial e de defesa, empresas públicas, construção e infraestrutura, manufatura e serviços. Ele permite que os clientes escolham a funcionalidade específica de que precisam e adicionem mais conforme necessário. Os módulos principais da IFS incluem tudo, desde gerenciamento de relacionamento com o cliente até finanças e gerenciamento da cadeia de suprimentos.
15

Linx

Plataforma especializada em atendimento ao varejo de acordo com o site da empresa, seu objetivo é auxiliar a expansão de negócios por um período extenso, funcionando como um aliado de longa data.
16

Salesforce

A Salesforce é em essência um software de CRM baseado em nuvem e uma plataforma que é a base para soluções adicionais, incluindo FinancialForce e Rootstock. FinancialForce é um conjunto de ERP que fornece automação de serviços profissionais, enquanto o Rootstock é uma solução de ERP projetada para fabricantes, distribuidores e empresas da cadeia de suprimentos.
17

tiny

Com recursos simples, o Tiny ERP visa aumentar a eficiência dos processos internos de pequenos negócios. Oferece recursos para lojas digitais e métricas de apoio, facilitando as análises por meio de gráficos.
18

JD Edwards EnterpriseOne

É para pequenas, médias e grandes empresas nos setores de bens de consumo, manufatura, distribuição, ativos intensivos, projetos e serviços. O JD Edwards EnterpriseOne é um conjunto de aplicativos integrados que visam a automação e a Internet das Coisas (IoT). Ele fornece recursos relacionados ao gerenciamento financeiro, gerenciamento da cadeia de suprimentos, gerenciamento de relacionamento com o cliente, gerenciamento de capital humano, fabricação e relatórios.
19

Conta Azul

O Conta Azul é outro software de ERP que tem destaque em território brasileiro. A integração voltadas ao pagamento, automação de marketing e CRM, por exemplo.
20

Epicor

Epicor ERP é uma ferramenta de manufatura que conecta diferentes fluxos de trabalho e departamentos dentro de uma empresa em um hub focalizado. Seus diversos módulos incluem experiência dos colaboradores, cadeia de suprimentos global, RH e finanças, BI, tecnologia, risco e conformidade. Por meio dessa conectividade, ele pode aliviar problemas de comunicação e erros humanos e automatizar processos.
21

SyteLine

O Infor SyteLine auxilia no planejamento de recursos para fabricantes. Ele pode ser implantado localmente ou em um ambiente de redemulti-tenant. Ele permite que as empresas otimizem e automatizem os processos de negócios por meio de recursos como planejamento e programação avançados, gerenciamento de materiais, finanças e monitoramento de conformidade.
22

ERPNext

ERPNext é um sistema de gerenciamento de negócios de código aberto (OpenSource) que atende a indústrias de pequena, média e grande escala. Ele oferece processos para otimizar o gerenciamento de varejo, rastrear estoque e gerenciar clientes.
23

Dynamics 365 Business Central

Este programa possui alta capacidade de integração devido ao seu status como um produto Microsoft é um produto ERP multifacetado que auxilia na simplificação de aspectos como contabilidade, gerenciamento de contatos e gerenciamento de estoque. A personalização é um dos principais benefícios desta ferramenta, expressa em todos os diferentes módulos do programa. Por exemplo, você pode personalizar painéis e relatórios para garantir que seus funcionários obtenham insights úteis com facilidade.
24

SYSPRO

Seu software ERP é projetado especificamente desenvolvida para fabricantes e distribuidoress. A solução SYSPRO pode ser implantada no local, na nuvem ou acessada por meio de um dispositivo móvel. O sistema SYSPRO fornece funcionalidade avançada para atividades de controle de distribuição de saída, bem como gerenciamento de cadeia de suprimentos de entrada. Se o seu setor se enquadra nessas categorias, este é o lugar certo para você.
25

DELMIAworks

DELMIAworks contém processos integrados como cadeia de suprimentos, finanças e planejamento de atividade dos funcionários. Conta também com implantação, tornando-o flexível para variados tipos de organizações. Com ênfase especial em organizações com componente de manufatura pesada.
voltar ao menu ↑

Conclusão

O software ERP pode simplificar sua eficiência operacional, fornecendo um recurso multifuncional para todos os seus processos de negócios para pequenas e medias empresas.

O GestãoClick é a nossa principal recomendação geral nesta categoria.

Mas, dito isso, não é para todos. Industria e empresas que visam o mercado internacional ou de grade porte poderiam optar pelo Sage 300, Nomus ou a Acumatica. Syspro é o melhor software ERP para fabricação e distribuição. Para pacotes de produtos Office e descontos na compra de licenças em massa, vá para o Microsoft Dynamics 365.

Nesse artigo você encontra o melhor ERP para pequenas empresas.

Independentemente do tamanho da sua empresa, setor ou necessidades de planejamento de recursos empresariais, você pode encontrar o melhor software ERP usando este guia como referência.

Deixe seu comentário
Deixe uma Comentário

Clientes satisfeitos

GestãoClick
Logo