Setor de RH lucrativo: o que a sua empresa precisa para obter?


RH Lucrativo

Visto muitas vezes, por alguns gestores, como “um mal necessário dentro da empresa”, o setor de  Recursos Humanos está, frequentemente, na berlinda. E logo nos primeiros sinais de uma possível crise, já se considera cortar gastos desta área.

O que os responsáveis com este pensamento não compreendem é que o setor de RH é lucrativo, sim, e está  diretamente relacionado ao crescimento de toda companhia.

Esta associação pode até ser difícil de ser feita em um primeiro momento. Mas o RH é o departamento responsável pela captação e capacitação dos funcionários, logo, é um trabalho que, inevitavelmente, interfere nos resultados de qualquer negócio.

Empresas sérias apostam na capacidade do RH como setor estratégico dentro da companhia. Por isso, incentivamos para que seja um departamento produtivo, capaz de desburocratizar processos, integrar informações, auxiliar no crescimento e no lucro da empresa e,  principalmente, dar valor ao ser humano, que é o que realmente interessa.

É por essa visão que praticamos o RH Inteligente, um departamento com ações estratégicas para garantir que os colaboradores se sintam pertencentes à empresa, e vice-versa.

Quer entender como aplicar este conceito na sua empresa e aumentar o poder estratégico do RH? Então confira este artigo que preparamos sobre o assunto!


O que é o setor de RH?

O setor de RH é conhecido apenas por ser responsável por selecionar novos colaboradores. Mas, sua função não se limita a isto, muito pelo contrário. O departamento tem a missão de desenvolver, treinar, motivar, engajar, reconhecer , atrair e reter funcionários.

Deve, ainda, prezar para que os colaboradores sigam a visão, a missão e os valores da empresa. E garantir que todos na companhia fiquem alinhados, fortalecendo a relação entre os colaboradores e os gestores.

Desta forma, dentre as responsabilidades do RH estão:

- processo de recrutamento e seleção satisfatório;
- comunicação entre a organização e a equipe;
- ações para retenção de talentos;
- definição e organização de funções, salários e planos de carreira;
- gerir as atribuições do colaborador;
- auxiliar em decisões estratégicas;
- manter a satisfação e o bem-estar do colaborador;
- realizar consultoria e treinamentos;
- reduzir a taxa de turnover
- zelar pela qualidade do ambiente organizacional.


Ou seja, diariamente, a visão do RH está voltada para maximizar os resultados, pois a contratação adequada, a capacitação e o bem-estar dos colaboradores são fatores fundamentais para garantir a lucratividade de uma companhia.

Só que nem sempre os gestores associam a importância deste departamento para o crescimento dos resultados e aumento do lucro da empresa.

Portanto, com uma atuação estratégica, o RH é fundamental para aumentar a produtividade de uma equipe e consequentemente elevar os índices de resultados e o lucro da empresa.


Como transformar o setor de RH lucrativo?

Para ter um setor de RH que gere retornos reais para a empresa, é preciso focar nas metas e objetivos da intuição. E, principalmente, adotar uma gestão de pessoas capaz de agregar valor e otimizar processos .

Veja a seguir algumas dicas de como deixar o RH mais lucrativo:

1. Oferecer treinamentos

É função do RH estratégico estimular o conhecimento e a educação, encorajando a participação dos colaboradores em cursos e treinamentos.

As vantagens desta abordagem são a redução no tempo de aprendizagem e a facilidade de reter conhecimento. Isso é possível através de um plano de estudo focado na deficiência da equipe, evitando a sobrecarga de informações.

Ou seja, cabe ao RH observar quais são as necessidades de cada time e promover cursos ou treinamentos que realmente acumulem valor real à empresa. Isso aumenta a possibilidade de ter profissionais mais engajados e com desempenho mais efetivo, elevando os resultados.

2. Assertividade nas contratações

Este é um fator crucial para evitar a alta rotatividade de funcionários na empresa. Para isso, o profissional do RH deve estar atento às habilidades comportamentais dos candidatos e os conhecimentos necessários para desempenho satisfatório das funções do cargo em questão.

Também é fundamental observar se as expectativas entre empresa e candidato estão bem alinhadas.

Para aumentar a assertividade é recomendado conferir recomendações de empregos anteriores e confirmar formação e cursos, citados no currículo, através de diplomas e certificados.

É o desempenho de cada funcionário que vai determinar o sucesso dos resultados, por isso, quanto mais assertiva forem as contratações, melhores serão os resultados.

3. Bom relacionamento com e entre líderes

Uma organização não alcança o sucesso sozinha, portanto, o trabalho em equipe é um dos fatores essenciais para o êxito.

Mas para que a equipe consiga trabalhar de forma eficiente, é necessário que haja harmonia e bom relacionamento entre todos os colaboradores. Tanto entre colegas de setor, como colaboradores e seus líderes e líderes entre líderes.

A qualidade no clima organizacional reflete no desempenho e na satisfação dos funcionários, por isso deve ser zelado pelo de RH lucrativo.

4. Engajar e motivar colaboradores

Quando engajados e motivados, colaboradores vestem a camisa da empresa. É nítido como eles trabalham com mais entusiasmo e energia, colocam paixão no que estão fazendo, investem em iniciativas e contribuem de forma mais expressiva para o sucesso da empresa.

Entre os principais benefícios de engajar e motivar as equipes de trabalho estão:

- aumento da produtividade;
- mais comprometimento;
- menos falta;
- redução de acidentes de trabalho.


Ao contrário, um ambiente de trabalho desmotivante cria uma atmosfera negativa que diminui o engajamento e a produtividade e gera um clima de descontentamento geral.

5. Entender e acompanhar todos os direitos trabalhistas

Processos trabalhistas são caros e, quando acontecem, indicam a insatisfação de um ou mais colaboradores. Isto, na prática, além de gerar dor de cabeça e causar prejuízo financeiro para a empresa, implica na perda de produtividade. Por isso, é essencial que sejam cumpridas, à risca, todas as leis.

A maior parte dos processos é provocado por dois fatores:

  • empresa que não cumpre a legislação (como, por exemplo: deixar de pagar adicional noturno, horas extras, periculosidade e insalubridade);
  • e “maus tratos” (geralmente no relacionamento líder x subordinado).


Para evitar processos trabalhistas, esses são dois pontos cruciais que o setor de RH precisa estar bem atento!

6. Estar sempre de olho nos indicadores de sucesso

O trabalho do setor de RH lucrativo envolve o acompanhamento da produtividade dos colaboradores. Para isso, são avaliados alguns indicadores, como:

- ausências;
- rotatividade;
- produtividade;
- horas extras
- atestados médicos;
- acidentes do trabalho.


Mas, não basta apenas documentá-los e calculá-los, é preciso analisá-los! Avaliar as tendências e desenvolver soluções para reduzir o que for negativo e aumentar o que for positivo.

Esta medida é importante para entender a adequação dos colaboradores à função para a qual foram designados e promover ações de capacitação para melhorar o desempenho da equipe. 

7. Elaborar um pacote de benefícios competitivos

Para otimizar os gastos, vale se atentar aos valores pagos em benefícios para os colaboradores e as  utilizações por parte dos beneficiados.

Essa análise de quantidades e frequências ajuda a otimizar a demanda de ofertas e a busca por alternativas mais econômicas, prejuízo da qualidade.

8. Seguir os pilares do RH Inteligente 

Uma das premissas do RH inteligente é fazer seus colaboradores se sentirem pertencentes à empresa. Listamos abaixo algumas ações estratégicas para serem implementadas internamente, com foco no aumento da produtividade.

- Fazer investimentos em ferramentas de análise de dados;
- Promover programas de bem-estar na empresa;
- Mapear a jornada do colaborador;
- Oferecer mais flexibilidade na rotina de trabalho;
- Oferecer planos de benefícios flexíveis e diferenciados;
- Trabalhar com novas ferramentas para treinamento;
- Aproximar-se dos colaboradores através da comunicação interna;
- Identificar as gerações profissionais na empresa;
- Desenvolver novas lideranças;
- Ter foco nas pessoas.


O setor de RH lucrativo tem tudo para ser um departamento fundamental para o crescimento e aumento dos lucros da sua empresa. Basta você acreditar no potencial dos seus colaboradores e dar autonomia ao setor.

Nós da Xerpa visamos humanizar a área trabalhista, proporcionando, através da tecnologia, mais  produtividade e modernidade para as empresas e seus colaboradores. E, por isso, acreditamos nos resultados positivos do RH Inteligente!

Quer saber mais sobre este conceito e como deixar setor de RH lucrativo? Acesse nosso blog e confira outros conteúdos sobre o assunto. Boa leitura!



COMENTE

Deixe o seu comentário nos campos abaixo: