Como calcular o preço de venda?


Como calcular o preço de venda?
Existem diferentes aspectos que um empresário deve levar em consideração para prosperar no seu negócio, entre eles, um bastante importante é saber como calcular o preço de venda. Embora possa parecer óbvio para muitos empreendedores, não custa nada explicar e relembrar que esse fator é essencial.

Ou seja, quando o preço de um produto ou serviço não é cobrado de forma adequada, corre-se o risco de ter grandes prejuízos, os quais podem levar à falência da empresa. Devido à relevância que isso possui para o seu negócio, não se pode apenas chutar um valor para os seus produtos, é preciso defini-los a partir de informações precisas.

A avaliação necessária para precificar produtos e serviços pode ser mais ou menos complicada e isso vai depender do seu segmento do mercado, mas sempre é imprescindível. Quem apenas revende um produto tem mais facilidade em determinar um valor, já que os dois principais fatores são o preço gasto para adquiri-lo e o lucro sobre ele.

Mesmo assim, há mais para ser ponderado e aumentar as suas chances de sucesso. Por outro lado, quem fabrica na sua empresa um produto deve considerar ainda o valor de todos os itens utilizados na produção, ou seja, as matérias-primas, bem como o gasto com mão de obra.

 

Como calcular o lucro da sua empresa
 

O lucro pode ser a parte mais difícil de calcular, sendo que ele deve estar estreitamente ligado a sua estratégia de negócio para ser condizente coma realidade da sua empresa. Ou seja, existe, por um lado, o desejo de ganhar mais, o que estimula a definir um lucro maior.

Por outro lado, o preço definido para o seu produto ou serviço deve estar na média da sua concorrência, para que seja competitivo. Isso não significa necessariamente que deva ter o preço mais baixo, a não ser que essa seja a sua estratégia de negócio.

Alguns empresários definem que vão lucrar por conta do número de vendas e, por isso, conseguem deixar o seu preço mais baixo do que o dos concorrentes. Há quem prefira oferecer um produto de qualidade superior por um preço maior, essa é outra estratégia e ambas funcionam bem, desde que estejam em conformidade com o seu púbico alvo.

Outra dica para quem vende mais de um produto é colocar margens de lucro diferentes, assim, os preços tornam-se mais flexíveis e fáceis de negociar.

 

O que considerar e como calcular o preço de venda

 

Para não se esquecer de nada na hora de calcular o preço de venda é preciso estar ciente que existem diferentes tipos de despesas e custos, são elas:

  • Custo direto: é o quanto você gasta para adquirir um produto que vai revender ou para fabricar o produto que comercializa;

 

  • Despesas fixas: refere-se a todos os custos da sua empresa, que não estão diretamente associados ao seu produto, mas que existem todos os meses. Exemplos são: aluguel, folha de pagamento, conta de luz, etc.

 

  • Despesas variáveis: são todos os gastos não relacionados diretamente com o produto e que não são iguais todos os meses. Entre eles, é possível citar comissões de venda e impostos sobre vendas.


Em tese, é preciso colocar na ponta do lápis todos os custos e somar, o resultado final é o valor do seu produto. No entanto, existem métodos famosos por oferecem um preço final mais eficiente, ou seja, com o qual seja possível fazer descontos sem ter prejuízos e garantir o bem estar da sua empresa.

Um deles é o chamado mark-up, que consiste em índice multiplicador, o qual é aplicado sobre o custo de um produto ou serviço, com base no conceito de preço margem. Para tanto, é preciso definir qual o percentual que as contas a pagar fixas, variáveis e o lucro representam para cada unidade do que é comercializado.

Depois, é preciso fazerum cálculo, que consiste na seguinte fórmula:100/[100-(DV+DF+LP)], onde:

  • 100 indica o preço unitário total de venda em percentual;

  • DV são as despesas variáveis;

  • DF são as despesas fixas;

  • LP é a margem de lucro.

Se o seu produto custa R$ 50,00, por exemplo, e considerando que cada tópico abaixo possui os seguintes perceptuais sobre o seu produtop:

  • DV=10%;

  • DF=10%;

  • LP=10%.

Tem-se o seguinte cálculo:

Markup = 100/[100-(10+10+10)]

Markup = 100/(100-30)

Markup = 100/70

Markup = 1,4286

Por fim, é preciso multiplicar o preço que você definiu para o seu produto pelo índice mark-up, o que é feito da seguinte forma: 50,00 x 1,4286 = 71,43. O resultado é preço ideal para o seu produto, com o qual a sua empresa pode lucrar e negociar com mais segurança.


preço-de-venda



COMENTE

Deixe o seu comentário nos campos abaixo: