8 erros mais comuns na gestão do varejo que você não pode cometer!


Erros comuns gestão de varejo
As deficiências costumam ser os maiores problemas do varejo, sendo que a falta de planejamento, acompanhamento, controle e estratégias em lojas e demais estabelecimentos podem trazer muitos prejuízos. E para saber quais são os 8 erros mais comuns na gestão do varejo que você não pode cometer, veja neste artigo os seguintes tópicos:

 

Não ter uma equipe bem orientada;
Não definir metas realistas de vendas;
Não conhecer profundamente o seu público alvo;
Não controlar o setor de estoque;
Não acompanhar as finanças;
Não avaliar a eficiência do mix de produtos;
Não realizar campanhas de marketing assertivas;
Não investir nas ferramentas tecnológicas certas.

 



1 - Não ter uma equipe bem orientada


Entre os erros mais comuns na gestão do varejo que você não pode cometer esse pode ser um dos piores. Afinal, se a sua equipe não souber o que deve ser feito, então, a conversão de vendas pode sofrer muito com essa deficiência.

A questão é que mesmo com profissionais proativos, eles devem ser orientados para que a equipe trabalhe em harmonia com os demais setores. E é o gestor quem deve fazer esse link. Além disso, é essencial que haja uma comunicação clara entre você e a sua equipe e que ela seja munida com toda a estrutura necessária para atuar.

 

2 - Não definir metas realistas de vendas


As metas de vendas são importantes aliadas da estratégia comercial e, por mais que elas não devam ser rigorosas, é preciso que sejam definidas para guiar a sua equipe. Ao ter um histórico completo das vendas dos meses e anos anteriores, é possível prever o comportamento dos consumidores conforme o período do ano.

Ou seja, você consegue saber quando os seus clientes costumam comprar mais, comprar menos e quais são os itens preferidos ao longo do ano. Com esses dados, você consegue criar metas bastante realistas, mas sempre levando em consideração outros fatores, como as oscilações do mercado.

 

3 - Não conhecer profundamente o seu público alvo


Em alguns segmentos de mercado, o comportamento dos consumidores em potencial do seu produto pode ser bastante dinâmico. Por isso, mais do que conhecer as necessidades do seu público alvo, é preciso acompanhar mudanças ao longo dos anos, bem como estar atento ao perfil dos novos clientes que surgem.

Quem vende artigos da moda, por exemplo, pode continuar vendendo produtos para clientes na medida em que eles envelhecem, desde que supra as suas necessidades de vestuário. Também podem conquistar os consumidores mais jovens, ao oferecer as novidades do setor. Tudo é uma questão de definir público alvo e conhecer todas as suas características.


4 - Não controlar o setor de estoque


Outro dos erros mais comuns na gestão do varejo que você não pode cometer é não controlar o estoque, o que pode causar muitos prejuízos. Tanto porque são perdidas vendas por causa de falta de produto no estoque quanto porque existem mercadorias paradas que não são vendidas. 

Mas quando é feito o controle de estoque é possível saber quais são os artigos com mais saída, com menos saída, quando eles são comercializados em maior volume, etc. Além de ser uma forma de conhecer melhor o seu público alvo, controlar o estoque permite que as compras sejam feitas na hora certa, colaborando com o planejamento financeiro.

 

5 - Não acompanhar as finanças
 

Quando se fala nas deficiências na gestão que levam a problemas no varejo, é importante saber que elas estão relacionadas a todos os setores da sua empresa. Afinal, para ter sucesso no seu negócio é preciso que haja um desempenho igualitário em todos os departamentos, já que se um problema afeta um setor pode refletir nos demais.


Por isso, o setor financeiro também deve estar realizando as suas tarefas de modo adequado, inclusive, no que diz respeito ao acompanhamento das finanças. Isso deve ser feito tanto diariamente, controlando o fluxo de caixa, como de modo periódico, como mês a mês, quando é preciso avaliar como foi o desempenho do período.

Leia também: O checklist sobre planejamento financeiro  e mantenha suas contas em dia!

 

6 - Não avaliar a eficiência do mix de produtos


No varejo, principalmente, muitas lojas e demais estabelecimentos comercializam um grande mix de produtos. Mas se eles hoje são muito procurados pelos seus clientes, daqui a alguns anos ou mesmo meses, isso pode mudar, sendo mais uma vez necessário estar atento ao comportamento dos seus clientes.

Quando o mix é grande, pode ser mais trabalhoso, mas é essencial que a gestão da sua empresa englobe a tarefa de acompanhar as vendas de cada item para saber quando eles não são mais procurados pelos seus clientes e pode ser apropriado não comercializá-lo mais. Por outro lado, pode ser necessário incluir novos artigos no seu mix de produtos
.
 

7 - Não realizar campanhas de marketing assertivas


Como diz o ditado, quem não é visto não é lembrado, por isso, não adianta ter uma loja com os melhores produtos e a equipe mais bem preparada se a sua marca não é divulgada de forma apropriada. De acordo com o seu segmento de mercado e com o seu público alvo, existem ações de marketing mais eficientes do que outras.

Para muitos setores, o marketing digital é um grande aliado. De qualquer forma, é preciso fazer com que o seu público alvo conheça os seus produtos e seja motivado a adquiri-los.

 

8 - Não investir nas ferramentas tecnológicas certas


Por fim, mas não menos importante outra deficiência e um dos erros mais comuns na gestão do varejo que você não pode cometer é não investir nas ferramentas adequadas para gerir o seu negócio. Hoje em dia, não há como negar, os recursos tecnológicos se tornaram indispensáveis, ainda mais no varejo, onde o fluxo de informações é imenso.

E para organizar, armazenar e usar toda essa informação é imperativo contar com um sistema de gestão empresarial que ofereça as principais funções para a sua loja. Entre elas, emissão de boleto bancário, emissor de nota fiscal, controle de estoque, vendas e muito mais. 

 
Gostou do artigo? Aproveite para continuar aprendendo. Baixe nosso e-book “Planejamento estratégico. Vamos lá!





 
 
 


COMENTE

Deixe o seu comentário nos campos abaixo: