Loja virtual grátis: será que vale a pena?


Loja virtual grátis: será que vale a pena?
Para quem pensa em empreender, provavelmente já planejou inicialmente algum negócio virtual. O motivo é fácil de entender, uma vez que uma loja virtual, por exemplo, é muito mais barata que uma loja física, principalmente porque existe formas de se construir esta loja virtual gratuitamente.
 
Mas será que vale a pena mesmo uma loja virtual grátis? É claro que quem inicia um e-commerce de forma gratuita está tentando começar um site de comércio eletrônico com investimento 0 (zero). A dúvida é: este tipo de negócio, neste formato gratuito, apresenta os resultados esperados?
 
Neste guia, você vai entender melhor o que é uma loja virtual, quais as formas para iniciar este negócio virtual, bem como se vale a pena mesmo ter uma loja virtual grátis e como funcionam estas plataformas. Além disso, dicas e orientações para que seu negócio decole mais facilmente. 

 

O que é loja virtual?

 
De forma resumida e para que fique bem claro para todos o que é loja virtual grátis: nada mais é do que uma página na internet, que conta com um software de gerenciamento por trás para formatar os pedidos, onde empresas oferecem e vendem os seus produtos ou serviços.
 
Os clientes acessam esta página e/ou site, escolhem estes produtos e geralmente os recebe em suas próprias casas. Cada empresa/site tem sua própria logística de entrega e também de recebimento/pagamento.
 
A definição acima é bem resumida, pois existem muitos formatos de lojas virtuais, inclusive as gratuitas. Sobre a loja virtual grátis, precisamos considerar que não será possível montar esta loja com investimento totalmente zero. 
 
Mesmo que você divulgue gratuitamente seus produtos em uma plataforma e-commerce qualquer, quando vender terá que pagar uma taxa relativa à venda. Isto, para todos os efeitos, já é considerado um investimento.
 
Assim, podemos considerar que não vale tanto a pena ter uma loja virtual gratuita, mesmo porque ela nunca será 100% gratuita. O melhor é focar em ter esta loja virtual, considerando o mínimo de investimento possível.
 

Como montar loja virtual


Existem várias formas e recursos tecnológicos disponíveis que te ajudam e ensinam a como montar uma loja virtual. Tudo vai depender do tipo de produto ou serviço que você irá comercializar, os recursos que você tem à disposição para montar esta loja e a amplitude do público que pretende atingir.

Estes três fatores serão, inicialmente, determinantes para que você inicie qualquer planejamento. Basicamente, podemos indicar 3 etapas simples e bem generalizadas para você montar a sua loja virtual, considerando aqui que você já tenha o seu serviço ou produto definidos. Confira:
 
•  Planeje o modelo de negócio ideal para o seu produto/serviço. Planejamento é tudo!
•  Crie e estruture o seu site, para abrigar a sua loja virtual e os produtos/serviços que irá comercializar. Se possível, conte com a ajuda de profissionais do ramo.
•  Divulgue e invista o mínimo possível no marketing de sua loja, de seu site. As redes sociais, por exemplo, são mais que indicadas para isto.

Pronto! Agora é começar a vender e contabilizar os lucros.
 

Loja virtual pronta

Com a sua loja virtual pronta, é hora de começar a vender. No entanto, você sabe bem que, provavelmente o seu produto enfrentará forte concorrência, afinal, ele está disputando com lojas do mundo inteiro (salvo se for um produto exclusivo seu, uma invenção padronizada sua).
 
Assim, o “começar a vender” pode demorar um pouco se a devida divulgação não for feita. No mundo e virtual, a ferramenta principal para divulgar a sua loja virtual é o marketing digital. As pessoas precisam te encontrar, caso contrário de nada adiantará você ter um site, conectado no mundo, mas que ninguém conheça.
 

Loja virtual nuvem

A Nuvem é um recurso tecnológico de última geração. O bom de ter a sua loja virtual na Nuvem é a disponibilidade de recursos que ela terá, além da capacidade de processamento. Claro que quando você monta um negócio, espera que ele venha a crescer.
 
Uma loja virtual na Nuvem tem a disponibilidade necessária para atender a altos picos de usuários, que pode acontecer, por exemplo, em épocas promocionais ou mesmo pelo aumento de consumidores do seu produto.
 

Tipos de loja online

 
Existem vários formatos de lojas virtuais. Muitos são bem parecidos e outros são mais específicos para cada tipo de produto ou serviço. De um modo geral, eles são adaptáveis para qualquer tipo de negócio. Confira abaixo os 3 principais tipos de loja online:
 
•  Os Marketplaces: vários lojistas divulgam seus produtos na mesma plataforma. Possui pouca ou nenhuma personalização.
•  Locação de Lojas Virtuais: você faz um pagamento mensal para utilizar a plataforma como se fosse sua. É personalizável.
•  Loja Virtual Própria: é mais indicada para quem já conhece o mercado e tem um comércio eletrônico um tanto consolidado. É totalmente personalizável e exclusivo.

 

Loja virtual de roupa

 
Nem sempre foi assim, mas na atualidade podemos considerar que o mercado de roupas está em pleno crescimento na internet. Pessoas que procuram ficar sempre antenadas com as mais novas tendências da moda, preferem os canais online e loja virtual de roupa para comprarem suas roupas, antes mesmo delas chegarem às lojas.
 

Loja Virtual de Maquiagem

 
O ramo de cosméticos e de maquiagem sempre abocanhou um pedaço grande do mercado, principalmente o online, exatamente pela praticidade de receber o produto de sua preferência em casa e poder escolhê-lo com total tranquilidade.
 
Com base nisso, é possível concluir que uma loja virtual de maquiagem é um ótimo negócio.
 

Erp integrado com e-commerce

 
Falamos até aqui dos benefícios e dos caminhos para se montar uma loja virtual de sucesso. No entanto, este sucesso não depende apenas da plataforma escolhida para a sua loja, do produto ou da forma como você vai vender.
 
Muito mais importante do tipo de loja virtual que você irá empreender, é fundamental saber administrá-la corretamente e para conseguir isto você precisa também dos recursos tecnológicos necessários que viabilizem a gestão do seu e-commerce.
 
É neste momento que entra em ação os sistemas de gestão empresarial. O ERP, como são chamados estes sistemas, tem por funcionalidade a integração total de sua loja virtual com o sistema de gestão do seu negócio. É o chamado ERP integrado com E-commerce.
 
É importante ainda, ao adquirir o seu ERP, ficar atento às plataformas que incluem esta integração da gestão com o seu negócio online, para não levar “gato por lebre”.

Já tem uma loja física e utiliza um ERP? Saiba aqui → Como integrar  GestãoClick + Lojas Virtuais.