PIX para Empresas: quais as Vantagens para os Pequenos Negócios?


PIX para empresa: saiba como funciona!
A novidade de início era vista com certa cautela, mas a sua funcionalidade no final conseguiu provar que o PIX veio para ficar e facilitar a vida de muitas pessoas. No PIX para empresa, as vantagens também são muitas e que irão facilitar e muito as transferências financeiras. 

O sistema de transferência de valores via PIX provou também que é seguro e muito simplificado pois, com chaves previamente cadastradas, o pagador pode transferir o valor tranquilamente para a conta do recebedor, isto em qualquer horário e em qualquer dia da semana, inclusive feriados.

As vantagens do PIX para empresa não para por aí, apresentando soluções versáteis em todas as transferências de valores. Mas ainda existem muitas dúvidas e até receio do uso deste novo recurso. Neste post, você vai ficar sabendo tudo sobre o PIX para empresa. Confira. 
 

PIX para empresa: como funciona?

 
Na prática, PIX para empresa: como funciona não é muito diferente do PIX convencional, para pessoas físicas. Considerando algumas das vantagens para o seu negócio, é importante saber que todas as transferências via PIX ocorrerão diretamente da conta do usuário, que é o pagador, para a conta do usuário que será o recebedor. 

Isto significa que não há a presença de nenhum intermediador de pagamento nesta transação e, portanto, menos custos envolvidos. É uma ótima maneira de otimizar as formas de pagamento para pessoas físicas ou mesmo seus fornecedores, por exemplo, dependendo da negociação.

Além disso, todo o processo é super rápido e simplificado. Tudo acontece de forma online, 24 horas por dia, todos os dias da semana. Para que isto aconteça, sua empresa precisa cadastrar as chaves de transferência.

O PIX para pessoas físicas permite que sejam cadastradas até 5 chaves por instituição e para as empresas é possível cadastrar até 20 chaves diferentes. O PIX também vai favorecer os pagamentos, através do QR Code, que viabiliza ainda mais todo o fluxo de caixa da empresa.

E você não precisa abrir uma nova conta para fazer isto. No próprio aplicativo do banco de sua empresa já é possível cadastrar suas chaves e iniciar as transferências de valores.

Basicamente existem 3 maneiras para a empresa receber o dinheiro via PIX:
 
1. Através das transferências, usando as chaves PIX pré cadastradas;
2. Através dos QR codes, utilizado quando o cliente estiver efetuando o pagamento;
3. Através do NFC - Near Field Communication, que utiliza tecnologia que permite a chamada transação por aproximação.


Custo: PIX para empresas, qual é?

O custo do PIX para empresas terá um valor fixo por transação ao receber ou fazer pagamentos e nas transferências. No entanto, isto não pode, de forma alguma, ser visto como um desestímulo para utilizar a ferramenta.

Basta considerar que esta taxa será bem menor do que as cobradas normalmente em um DOC e TED, ou pela emissão de boletos, por exemplo. Este custo, inicialmente, será de R$ 0,01 por transação. 

Há de se considerar que, segundo o próprio Banco Central do Brasil, essas tarifas poderão ser definidas pelas próprias instituições financeiras. Assim, vale conversar com o seu banco para conseguir as melhores taxas. 

Lembrando ainda que a cobrança da taxa será opcional. Isto é mais um ponto favorável para a sua negociação com o seu banco.
 

Vantagens do PIX para Empresas

 

É bem possível que você ainda esteja se perguntando se o PIX será um bom negócio para a sua empresa. Então, iremos listar abaixo algumas das principais vantagens do PIX para empresas. Confira:

• As taxas são bem menores que os convencionais DOC e TED e ainda podem ser zeradas;

• Todos os recebimentos feitos a partir do PIX chegam em na conta de sua empresa em até 10 segundos;

• Inexistência de intermediários nestas transações. Tudo acontece apenas entre os pagadores e recebedores;

• Há ainda a possibilidade de se realizar transferências avulsas, ou seja, sem a utilização de uma chave PIX;

• É possível ainda realizar saques em diversos canais da rede varejista;

• O PIX conta com a total segurança do Banco Central do Brasil, entre outros tantos benefícios.

Veja essa dica --> Número do banco: o que é? Salve essa Lista Atualizada

 

PIX para pequena empresa: aderir ou não?

 
Com certeza você e sua empresa não querem perder vendas. O PIX não se trata de uma “febre” momentânea. Ele é uma nova alternativa para transferências, pagamentos, etc., que chegou para facilitar muitas transações financeiras.

Há a possibilidade, inclusive, dos conhecidos TEDs e DOCs caírem em desuso e serem desativados. Claro que, quanto a isto, não há nada oficial, mas é de se entender que a maioria das pessoas e das empresas abandonarão aos poucos estes métodos transacionais que são mais caros, burocráticos e demorados.

Assim, se ainda existe alguma dúvida dos benefícios que o PIX para empresa pode trazer, basta considerar a disponibilidade imediata de capital para o seu negócio proporcionada pelo PIX.

Isto representa uma melhora direta na gestão financeira da empresa, tendo visto que quanto antes se tiver acesso ao dinheiro, menor será a necessidade de empréstimos ou outros recursos que poderiam ser necessários para quitar dívidas ou despesas não previstas, por exemplo.

Sabe aquela costumeira “antecipação de recebíveis” que geralmente seu banco cobra altas taxas para a liberação do dinheiro? Com certeza, ao fazer uso do PIX, estas antecipações começarão a ser reduzidas, se não extinguidas.

Uma empresa com mais recursos em mãos e este capital chegando mais rapidamente, o pequeno empreendedor poderá aproveitar outras oportunidades que surgem no momento de repor o estoque, por exemplo, ou mesmo adquirir aquele equipamento que estava faltando.

Você pode ainda conseguir bons descontos com seus fornecedores, uma vez que pode estar quitando débitos à vista. Será melhor para ele e também para você, afinal, este custo já estava previsto, parcelado ou não. 

E as vantagens não irão parar por aí. Com o tempo irão surgir, aos poucos, outras possibilidades de pagamentos utilizando-se do PIX, como pagar tributos federais, por exemplo, pois muito provavelmente e em pouco tempo os próprios formulários de DARF começarão a vir com um QR Code, para pagamento.

Conclusivamente, a pequena empresa vale a pena aderir o PIX, pois ele chegou para facilitar, é seguro, menos burocrático e mais rápido que qualquer outra forma de transferência de dinheiro ou de pagamentos que tínhamos até então.