Planejamento Financeiro Empresarial: 2019 está no fim, prepare seu ano novo!


Programe o 2020 do seu negócio!

Os últimos três meses do ano são fundamentais para definir os novos objetivos do negócio, reformular planos de ação e estipular as diretrizes relacionadas às finanças da empresa — para tanto, vale a pena estruturar um bom Planejamento Financeiro Empresarial.

Ele serve como um guia para concretizar ideias e garantir o controle de gastos e despesas para 2020, por isso é tão importante e merece sua atenção.

Pensando em você, criamos este post para explicar do que se trata a gestão financeira empresarial, quais vantagens ele oferece para a empresa e para a equipe e como fazê-lo.

Quer saber como se preparar para o ano novo que se aproxima? É só continuar a leitura!

O que é Planejamento Financeiro Empresarial?

Se você se pergunta O que é Planejamento Financeiro Empresarial, compreenda que este termo se refere a um documento que indica as metodologias e ações necessárias para garantir a saúde financeira do negócio e alcançar objetivos específicos.

Ele serve tanto para empresários e empresárias que têm dificuldades para pagar contas e fazer retiradas quanto para aqueles que conseguem pagar suas contas e se veem em uma situação confortável.

Ou seja, ele pode ser utilizado para diferentes objetivos, como:
- manter a empresa em funcionamento, sem dívidas; 
- expandir o negócio;
- fazer investimentos futuros.

Só a partir da definição de um objetivo claro, portanto, será possível definir o que vai constar no planejamento e estipular as metas para alcançar o resultado desejado. Por isso, antes de trabalhar com o controle financeiro empresarial, uma das principais perguntas a ser feita é: “Onde eu quero chegar?”

Quais são as vantagens que esse planejamento apresenta?

O planejamento financeiro da empresa acarreta benefícios para o negócio, que consegue se desenvolver de forma sustentável, e para os colaboradores, que têm à disposição mais recursos para otimizar a rotina e o fluxo de trabalho. Veja algumas vantagens:

- manter as dívidas sob controle; 
- cortar despesas desnecessárias; 
- entender como o dinheiro foi gasto; 
- ter o suficiente para realizar investimentos e fazer a empresa crescer; 
- contar com métricas financeiras importantes, como o ROI (Retorno sobre Investimentos); 
- ter recursos para contratar mais profissionais, oferecer benefícios e garantir um ambiente saudável para reter talentos; 
- manter a competitividade em meio à concorrência; 
- ter recursos para investir em pesquisas de mercado e oferecer outros produtos ou serviços.

Planejamento Financeiro Empresarial: como fazer?

Antes de mais nada, lembre-se de que como fazer planejamento financeiro empresarial depende do objetivo traçado. De modo geral, para estruturá-lo, você deve:

- estabelecer metas a partir dos objetivos e mapear as ações necessárias para que eles se tornem realidade; 
- criar um cronograma; 

fazer a projeção de receitas e despesas e acompanhar o Fluxo de Caixa; 
investir na contratação de um consultor financeiro, se possível; 
cortar gastos supérfluos; 
realizar uma análise da situação da empresa; 
projetar diferentes cenários; 
mensurar resultados. 

Como auxílio, você também pode utilizar: 

1. A Análise SWOT, que identifica forças, fraquezas, oportunidades e ameaças do negócio;
2. O método 5W2H, que utiliza sete perguntas para dar mais clareza ao planejamento, a saber:

5 W:

- What (O que será feito?);
- Why (Por qual motivo será feito?);
- Where (Em que lugar será feito?);
- When (Quando será feito?);
- Who (Por quais pessoas será feito?).

2H:

- How (Como será feito?);
- How much (Quanto vai custar?).

Vale ressaltar que softwares de planejamento empresarial são muito úteis quando se trata de auxiliar planejamentos. Em relação aos itens acima, por exemplo, ele auxilia em projeções, acompanhamento das movimentações financeiras, análise dos dados de diferentes setores e mensuração de resultados com a utilização de relatórios gerenciais. 

Outra sugestão válida é utilizar uma planilha gratuita de controle de gastos. Apesar de não apresentar a mesma eficácia de sistemas ERPs, essa planilha ajuda o gestor a controlar as finanças.

E então, gostou deste post? Aqui, vimos o que é o Planejamento Financeiro Empresarial, as vantagens que apresenta para o negócio e como fazê-lo. Siga as dicas acima, se aprofunde nos tópicos abordados e se prepare para uma nova realidade financeira em 2020.

Tem tempo para ler outro artigo? Então, confira o que deve constar em um checklist sobre planejamento financeiro!


1 comentário

Guilherme

04/10/2019 11:51:31

Muito interessante, estava precisando disso

COMENTE

Deixe o seu comentário nos campos abaixo: