Relatório Gerencial: conheça os 4 mais importantes


relatório gerencial para empresas

Você só conhece a sua empresa se souber os resultados gerados, não é mesmo?! E para acessá-los com exatidão, nada melhor do que ter um bom Relatório Gerencial em mãos.

Quer saber quais são os relatórios gerenciais são imprescindíveis para sua organização, quais informações eles contêm e como o software do GestãoClick pode ser útil? Então, boa leitura!

Relatório Gerencial: o que é?

Se está confuso sobre o que é relatório gerencial, saiba que são documentos utilizados para compilar informações de caráter estratégico. Ou seja, a análise e a comparação de dados que possibilitam o entendimento sobre o panorama corporativo e ainda te dão o maior suporte para a tomada de decisões!

Pensando nisso, o software do GestãoClick foi desenvolvido para gestores e colaboradores que entendem a importância dessa avaliação completa por meio de algumas funcionalidades, como a emissão de Relatório: 

Ao facilitar a compreensão sobre setores e estratégias que estão gerando resultados ou não, os relatórios gerenciais ajudam a identificar e promover as mudanças necessárias para alcançar novos objetivos em seu negócio.

Diferença entre Relatório Gerencial e Contábil: entenda melhor

Quando se trata de finanças, é imprescindível compreender a diferença entre relatório gerencial e contábil, afinal, há também demonstrativos gerenciais contábeis, financeiros e ainda registros da contabilidade financeira.

Para não se confundir, entenda que, no primeiro caso, os documentos não são obrigatórios — pois são utilizados para fins de gestão e tomada de decisão —, não têm formato fixo e não estão sujeitos às regras. 

Ou seja, o Relatório Gerencial Financeiro ou o Relatório Gerencial Contábil não são obrigatórios, mas sim decisivos para otimizar a administração das organizações.

Já no segundo caso, os de contabilidade financeira são requisitos legais, seguem um conjunto de regras e devem ser elaborados periodicamente por contadores — o DRE (Demonstrativo de Resultados do Exercício) é um exemplo.

4 Relatórios Gerenciais Primordiais para Empresas

Primeiro, vale lembrar que a análise desses documentos está ligada à escolha de indicadores de desempenho, baseada em critérios apropriados, e à mensuração periódica dos resultados. Agora, veja alguns relatórios gerenciais importantes para a boa gestão:

1. Relatórios Financeiros

Apesar de muitos demonstrativos focarem em outras questões, como satisfação dos clientes ou produtividade, a maioria deles é de origem financeira. Compreender o porquê é fácil, pois a partir deles é possível:

  • Visualizar a situação orçamentária do negócio;

  • Analisar o Fluxo de Caixa para conferir a viabilidade de novos investimentos;

  • Medir e comparar a lucratividade da companhia em diferentes períodos;

  • Projetar receitas e despesas.

Percebe por que esses relatórios financeiros são relevantes para qualquer estabelecimento? Aliás, documentos obrigatórios, como o Balanço Patrimonial e o DRE, podem e devem ser usados como relatórios gerenciais.

2. Relatório de Vendas

Você sabe a média mensal de faturamento em vendas da sua empresa? Ou qual o serviço ou produto mais comprado pelos clientes? E qual é a sua previsão de vendas para o mês que vem?

Se não conseguiu responder a estas questões, definitivamente, você precisa prestar mais atenção ao relatório de vendas para monitorar fatores como:  

  • Formas de pagamento mais utilizadas;

  • Funcionários que mais venderam;

  • Metas de vendas alcançadas;

  • Períodos com menor ou maior saída de mercadorias;

  • Valor das comissões pagas.

3. Relatório de Crescimento

Mais complexos que os demais, o Relatório de Crescimento avalia o desenvolvimento e evolução geral ou de determinado setor da firma. Para isso, são analisados pontos como:

  • Aumento do número de vendas e de consumidores;

  • Desempenho dos colaboradores;

  • Aumento do número de leads gerados e convertidos em clientes;

  • Crescimento do patrimônio empresarial.

4. Relatório de Satisfação

 Muitos empreendedores negligenciam algo muito valioso para a lucratividade comercial: os feedbacks dos compradores. 

Saber o que causou a insatisfação em um consumidor e implementar estratégias para melhorar a experiência garante o sucesso financeiro da empresa em longo prazo.

Por isso, o relatório de satisfação dos clientes é um dos documentos mais estratégicos para fidelizar os consumidores e aumentar, de forma indireta, a venda de mercadorias ou de serviços.

E agora, já sabe qual Relatório Gerencial pode auxiliar na conquista do seu objetivo atual? Seja para equilibrar finanças, aumentar as vendas ou garantir a satisfação dos clientes, lembre-se de que o controle concedido pelo sistema ERP do GestãoClick pode, sim, alavancar seus negócios!



COMENTE

Deixe o seu comentário nos campos abaixo: