6 fatores que podem levar a sua empresa a falência

Mesmo com um ótimo produto ou serviço para oferecer ao seu público alvo existe a possibilidade do seu negócio quebrar. A questão é que são muitos os aspectos que colaboram com o seu sucesso e quando algum deles falha pode causar prejuízos que levam à falência do empreendimento.

E para você saber quais são os 6 fatores que podem levar a sua empresa à falência, confira neste artigo os seguintes tópicos:

  • Não analisar o mercado antes de abrir um negócio
  • Ficar sem recursos financeiros
  • Não atender as necessidades do público alvo
  • Dispensar o marketing
  • Não acompanhar as tendências do mercado
  • Não investir nas ferramentas adequadas

1 – Não analisar o mercado antes de abrir um negócio

Esse pode ser o primeiro e o principal erro que vai levar a sua empresa à falência. Muitos novos empreendedores pensam que só porque oferecem um produto ou serviço com alta procura vão ter um negócio de sucesso. Claro que esse aspecto é muito importante, mas não é o único e nem sempre é o mais relevante.

Hoje em dia, a concorrência é grande em praticamente todos os segmentos de mercado, o que quer dizer que não é só você que vende determinado produto, mas muitas outras empresas também. E para dar certo é preciso se diferenciar, o que exige bastante análise do mercado, pois é preciso conhecer a concorrência para saber como inovar em algum sentido.

Além disso, é necessário analisar onde vender e para quem vender, afinal, outras questões que exigem muita pesquisa, sendo que as suas decisões não podem ser baseadas em achismos. Também é preciso ter uma visão realista do mercado considerando todos os problemas possíveis para não ter nenhum tipo de surpresa no meio do caminho.

2 – Ficar sem recursos financeiros

Quando a empresa fica no vermelho e não consegue se recuperar, a sua quebra pode ser inevitável. Em geral, todos os demais fatores que podem levar a sua empresa à falência podem causar também os problemas financeiros, mas não é regra, ainda mais se a sua empresa consegue separar um dinheiro de reserva para esses momentos.

Há também linhas de crédito nas quais os empresários podem se socorrer, embora isso possa causar ainda mais dívidas. De qualquer forma, se a sua empresa fizer o planejamento financeiro adequado, é possível ter as finanças no controle e não ter surpresas, já que você vai estar preparado para o que pode acontecer.
 

3 – Não atender as necessidades do público alvo

Outro aspecto fundamental para o sucesso da sua empresa é atender as necessidades do seu público alvo, por isso, é necessário pesquisar muito bem para conhecer todas as suas características. Não basta saber o seu gênero e faixa etária, é necessário ainda saber qual a sua remuneração, grau de instrução, do que gosta, o que faz, onde mora, etc.

Só dessa forma você vai conseguir se aproximar dos consumidores em potencial para então oferecer o seu produto. Além disso, não raro, as pessoas iniciam um negócio acreditando que os principais consumidores do seu produto é um determinado público, sendo que depois de realizarem a sua pesquisa concluem que é outro.

Nessa hora, é preciso fazer os ajustes necessários para atingir os seus objetivos. O local onde você pretendia abrir as suas portas pode ter que ser outro ou mesmo as campanhas de marketing que imaginou vão ter que sofrer mudanças. 

Entender quem é o seu público-alvo vai ajudá-lo a entender também se o seu modelo de venda é o mais adequado. Venda complexa, venda técnica, venda consultiva, venda B2B, você sabe onde se encaixa?

                                   

4 – Dispensar o marketing

Sabe aquela máxima “quem não é visto, não é lembrado”? Esse ditado serve como uma luva quando se fala na comercialização de produtos. Afinal, se você não investir em marketing, como os consumidores vão saber da sua existência? Mesmo o boca a boca sendo muito útil em alguns nichos de mercado, nem sempre é o suficiente.

É necessário criar campanhas de marketing com as ações que mais surtam o efeito desejado e isso depende do seu setor de atuação e do seu público alvo. Folder, panfletos, anúncios nos veículos de comunicação ou o marketing digital podem ser o melhor para o seu negócio. Mas independente de qual for é preciso colocá-lo em prática.
 

5 – Não acompanhar as tendências do mercado

Mesmo empresas tradicionais que existem há décadas podem ir à falência e mais uma razão que pode explicar o seu fracasso é a inadequação ao mercado. Com o passar dos anos, os comportamentos e hábitos dos consumidores mudam e, quando eles afetam o seu negócio, é preciso se adaptar às novas tendências do mercado.

Muitas empresas passam por isso todos os anos ou você imagina que marcas já tradicionais oferecem a mesma coisas que vendiam aos seus clientes há anos? Dependendo do caso, é preciso apenas que o seu produto ou serviço de adapte, mas, em outros, você pode até mesmo ter que começar a vender algo diferente.
E para não ficar para trás é preciso acompanhar o mercado, ler as suas notícias, se informar e mudar quando for preciso, até mesmo antecipando-se ao que é previsível.
 

6 – Não investir nas ferramentas adequadas

Quando não se investe nas ferramentas adequadas para a sua empresa o seu negócio também pode ficar para trás, ainda mais quando esse investimento se traduz em maior eficiência. Existem diferentes maneiras de investir em ferramentas adequadas, como nos equipamentos para a produção ou nos softwares para otimizar o trabalho do escritório.

E entre tantas soluções, uma bastante útil para gerenciar a sua empresa é o software ERP, que colabora com a rotina administrativa ao informatizar os dados, interligar os setores e automatizar os processos. Dessa forma, é possível realizar as tarefas cotidianas de maneira mais ágil, mas em perder em qualidade.

O software ERP também conta com funções que, hoje em dia, são praticamente indispensáveis a empresas de todos os portes e segmentos de mercado. É o caso do emissor de nota fiscal e o emissor de boleto bancário. O GestãoClick é um sistema de gerenciamento empresarial pro baseado na tecnologia ERP que ajuda ainda no controle financeiro e do estoque.

Gostou do conteúdo? Quer aprender a otimizar seu controle financeiro? Faça nosso curso online GRÁTIS!

Deixe seu comentário

Comentário

Clientes satisfeitos

GestãoClick
Logo