Golpe na Internet Aumenta na Quarentena: proteja sua Empresa!


Como proteger sua empresa de Golpe na internet

Segurança é um assunto sério, ainda mais quando nos referimos à internet e todos os canais virtuais. Em tempos de crise, como a causada pela pandemia em que estamos vivendo atualmente, os golpes na internet surgem como mais uma ameaça na web.

Por isso, todas as pessoas e principalmente as empresas precisam ficar ainda mais atentas para não caírem nestas armadilhas virtuais, que parecem sempre se reinventar e, oportunamente, usam um período de crise para tirarem vantagem indevida através dos canais online.

Neste post vamos falar mais a respeito deste golpe na internet que parece ter aumentado devido à crise do Corona Vírus, o que é e como funciona o chamado phishing, como denunciar estes crimes e como se proteger deles, que é o mais importante. Acompanhe!


Golpe na internet Aumenta na Pandemia


Como se não bastasse o aumento do medo sobre o coronavírus que continua a se espalhar no Brasil e no mundo, os chamados cibercriminosos utilizam-se de mecanismos e ferramentas característicos do mundo dos internautas para atingirem um número ainda maior de vítimas.

Mas como o golpe na internet aumenta na pandemia? Em tempos de crise as fraudes na internet são intensificadas e nem todos estão cientes de que estas fraudes existem, inobservando muitas vezes mecanismos básicos de segurança de dados utilizados para tentar se proteger destes crimes.

A maior parte destes golpes tem um único e principal objetivo: captar dados pessoas, bancários e outros dos internautas para aplicar em seguida as fraudes online. E o porquê deste aumento justamente em um momento de crise?

Observa-se que estes criminosos virtuais acabam tentando se aproveitar da própria fragilidade e ansiedade da população neste período. Outro fator importante e que deve ser levado em consideração é que, com a pandemia, houve um crescimento vertiginoso do trabalho em casa, ou seja, o home office.

Tais fatos favorecem e muito o golpe na internet. A boa notícia é que existem algumas formas de se proteger contra estes crimes cibernéticos e a principal delas é, sem dúvida alguma, a informação: saber como estes golpes são aplicados e como se defender deles.

O método mais conhecido e utilizado é o phishing, que consegue enganar a maioria dos internautas com diversas táticas diferentes e alvos dos mais variados possíveis.

Falando nisso --> Saiba como não cair no golpe da nota fiscal cancelada!


Golpe de Phishing: o que é?

A intenção, com o uso do phishing, é fazer com que você venha a revelar informações pessoais, como senhas ou cartão de crédito, além do CPF e do número de contas bancárias, o que é altamente perigoso. Uma vez de posse destes dados, fica muito mais difícil evitar a conclusão do crime.

Isto posto, entende-se que para evita-lo efetivamente, a segurança precisa estar presente antes que os dados sejam captados, ou pode ser tarde demais. O golpe de phishing caracteriza-se pelo envio de e-mails falsos ou direcionando o internauta para websites falsos.

Por desatenção ou mesmo inobservância dos riscos, a maioria destes internautas seguem o caminho indicado pelo phishing, comprometendo seus dados pessoais. 

Estas mensagens são enviadas, em sua maioria, por organizações aparentemente legítimas como PayPal, agências do governo, do seu banco e até de Centros de Controle e Prevenção de Doenças ou da OMS - Organização Mundial de Saúde.

Geralmente também sinalizam algum tipo de problema, o qual você precisará acessar o website de um link específico ou abrir um arquivo anexo e a partir deste momento confirmar alguns dados pessoais. É neste ponto que o golpe na internet se concretiza.


Como Denunciar Golpe pela Internet?


O melhor a fazer é sempre tentar se prevenir destas fraudes pela internet, evitando abrir e-mails de destinatários desconhecidos ou duvidosos, jamais clicar em links desconhecidos e, se a mensagem for de seu banco ou outra instituição conhecida, contatar a mesma para confirmar o e-mail.

No entanto, muitas vezes, acabamos caindo nestes golpes cibernéticos e, se isto acontecer, é importantíssimo denunciar o ocorrido. Muitos internautas acabam assumindo o prejuízo e se calando, o que é errado.

Assim, caso tenha sido vítima de um golpe na internet ou alguma transação suspeita, siga um passo-a-passo simples de como denunciar golpe pela internet o mais rapidamente possível:

• Faça o registro imediatamente de sua reclamação no site correspondente onde ocorreu a fraude online. Tenha em mãos protocolos e registros antes de entrar em contato com a empresa.

• Faça o registro também em sites de consumidores, para espalhar o golpe, como o ReclameAqui.com, por exemplo e também no site do Procon de seu estado e do Ministério da Justiça.

• Se as fraudes forem relacionadas à sua instituição bancária ou cartões de crédito, sinalize imediatamente o ocorrido ao seu banco, para que possíveis transações fraudulentas sejam bloqueadas e invalidadas. Em seguida, providencie o mais rapidamente possível o seu BO – Boletim de Ocorrência na Delegacia.

• Troque senhas e logins de acesso, inclusive em seu navegador, que costumam guardar este tipo de informação. 


Fraude virtual

Os crimes virtuais são um resultado de um processo evolutivo e, até certo ponto, despreparado da internet. O avanço relacionado a métodos de propagação e transferência de dados pela rede foi maior do que o previsto, favorecendo e muito este tipo de crime.

Na atualidade, existem muitos mecanismos preventivos que em geral são aplicados pelas instituições financeiras, websites de todos os tipos (principalmente aqueles que utilizam dados pessoais dos internautas) entre outros que inibem e muito a atuação de criminosos cibernéticos.

No entanto, a velocidade de readaptação e outros tantos métodos utilizados, como o fato de aproveitar o momento vivido pelos internautas por conta da pandemia, parecem ser maiores que os preventivos. Daí a importância da informação e ação por parte dos internautas, para evitar a fraude virtual.


Fraude na Internet: como proteger sua empresa e clientes?


E o que fazer? Considerando o que já foi posto até aqui, é de ciência de todos que agir preventivamente é a maneira mais estratégica para evitar o problema com fraudes online. Então, confira agora 4 práticas que podem ajudar a como proteger sua empresa e clientes:

Sempre utilize plataforma de pagamento online

Os intermediadores de pagamento contam com recursos de proteção para seu negócio, além de dar mais confiabilidade aos seus consumidores.

Atenção com compras valores elevados

Qualquer instituição financeira entra em atenção quando clientes movimentam, de forma inesperada, altos valores. Isto deve ser uma prática também para lojas online. Desconfie, sempre.

• O cadastro de clientes é importante

Ter um sistema de gestão empresarial confiável e que resguarde um cadastro de clientes efetivo favorece tanto para proteger o seu negócio como para proteger o próprio cliente.

Atenção com as pequenas compras em períodos muito curtos

São os chamados “testadores de cartões”. Na maioria das vezes, tentam efetivar a fraude com compras de valor baixo e repetidas em um curto espaço de tempo. Muitas destas tentativas não se concretizam, mas sinalizam uma possível fraude.


Segurança em Cloud Computing


A segurança da computação na nuvem, ou Segurança em Cloud Computing, é um serviço que está em pleno crescimento e já hoje oferece os mesmos recursos, na questão segurança online, que os utilizados em uma Tecnologia da Informação convencional.

Assim sendo, o mito inicial posto neste tipo de tecnologia cloud pode ser tranquilamente desconsiderado, uma vez que o Cloud Computing é um dos recursos tecnológicos online mais seguros que existe.

Descubra as vantagens do ERP Cloud na nuvem! Ou clique abaixo para usufruir os benefícios por 10 dias grátis* e aumente a segurança das informações de sua empresa, livre de golpes na internet durante a quarentena:


 

*Não solicitamos dados de pagamento, basta se cadastrar e usar na hora, simples assim!