Planejamento empresarial: passo a passo

O planejamento empresarial oferece um direcionamento para o empreendedor: ele fortalece o funcionamento administrativo, permite o acompanhamento das inovações do mercado e auxilia o alcance dos objetivos traçados. Não há receita para o sucesso, mas há, sim, métodos que qualquer empresário pode adotar para se manter no caminho certo. E então, o que acha de fazer um planejamento empresarial para obter resultados e se manter à frente da concorrência? Neste artigo, ensinamos como. Confira!

Elabore um plano de negócio e monitore os resultados

Se você ainda não tem um plano de negócio, o primeiro passo é dar atenção à sua elaboração! Esse documento, com base em pesquisas aprofundadas, traça um panorama sobre o mercado, sobre os produtos ou serviços oferecidos e sobre os pontos fortes e fracos da empresa, de maneira geral. Ao organizar todas as ideias referentes ao seu negócio, esse plano funciona como um guia para o planejamento estratégico. E para saber se tudo está se desenrolando conforme o planejado, é fundamental dar importância às métricas, ou seja, monitorar os resultados. Uma forma de fazer isso é definir Indicadores de Desempenho (KPI) adequados e acompanhá-los.

Faça um balanço do ano anterior

Veja algumas questões para considerar:
– Quais objetivos estipulados não foram alcançados e por quê? – As vendas atingiram o número esperado? – Os clientes mostraram satisfação com os produtos ou serviços oferecidos? E com o pós-venda? – As campanhas de marketing fizeram sucesso? – O índice de rotatividade foi alto ou baixo? – A equipe se mostrou produtiva? – Houve o investimento em ferramentas tecnológicas para otimizar os processos da empresa? – Quais negociações (com clientes, parceiros ou fornecedores) não deram certo? O que poderia ter sido feito para fechar mais contratos?
Fazer um balanço do ano anterior exige que você reserve algum tempo para ponderar sobre o que deu certo ou errado no ano que passou e faça com que todos os pontos observados sejam incluídos no planejamento empresarial para, então, adotar as medidas estratégicas necessárias.

Orçamentos, custos e despesas: dê atenção à área financeira

Controlar o fluxo de caixa é imprescindível para ter o controle financeiro, correto? No entanto, há muitos fatores que influenciam as finanças, por isso também é importante fazer uma análise para saber aonde o dinheiro está indo e se o seu uso em certas áreas não tem sido indevido. Dessa forma, então, será possível reduzir ou cortar gastos e diminuir custos a fim de garantir um orçamento satisfatório, além de buscar alternativas e adotar novas medidas para aumentar a rentabilidade do negócio.

Faça uma revisão dos processos e das equipes

Empresário, responda à seguinte pergunta: qual é a prioridade de sua empresa? Se você respondeu algo como “gerar e entregar valor para os clientes”, ótimo! E como gerar e entregar valor? Por meio de processos eficientes! E como conseguir processos eficientes? Por meio de uma equipe competente e produtiva, que:
– Receba treinamentos adequados; – Seja devidamente monitorada e guiada; – Tenha o apoio de bons softwares de gestão ou de relacionamento com o cliente, por exemplo; – Conte com equipamentos/maquinários necessários para o bom desempenho do serviço.
Só com o investimento nas equipes e na otimização de processos é possível tirar o máximo proveito da performance empresarial.

Elabore uma boa estratégia de marketing

Para vender mais e melhorar os seus resultados, você também precisará investir em marketing. Atualmente, a internet tem se mostrado eficaz como um meio de fazer publicidade segmentada e com alto nível de mensuração e avaliação de retorno. Para saber aquilo que é mais adequado para o seu negócio, é importante contar com o auxílio de um profissional ou agência de marketing, pois investir certo é fundamental para que a estratégia dê certo.

Conte com a ajuda da tecnologia

Tarefas manuais se tornaram um atraso para a otimização de processos, por isso ferramentas tecnológicas já são uma necessidade para qualquer tipo de empreendimento. Seja em relação ao monitoramento de resultados por meio de relatórios gerenciais, à otimização de processos ou ao controle dos principais setores da empresa, como o financeiro, um sistema ERP na nuvem certamente pode ajudar! Como ele pode ser útil? Observe:
– Facilita o planejamento e a gestão empresarial; – Automatiza tarefas e armazena dados precisos; – Viabiliza um diagnóstico confiável da situação atual da empresa; – O ajuda a compreender quais medidas devem ser tomadas; – Possibilita o aumento da produtividade da equipe.
Como você pôde perceber, eliminar burocracias, investir no planejamento empresarial e utilizar ferramentas adequadas são formas de aumentar os índices de produtividade, gerar um resultado satisfatório para os clientes e garantir um bom retorno financeiro para a empresa. E então, já sabe como elaborar o seu planejamento empresarial para este ano? O GestãoClick pode ajudar você nesse desafio! Oferecemos soluções de gestão empresarial completas para as principais necessidades da sua empresa. Dessa forma, você garante a saúde financeira do seu negócio e mantém tudo em dia para crescer. Saiba mais agora mesmo!
Deixe seu comentário
Deixe uma Comentário

Quer se tornar um parceiro da GestãoClick?

Ganhe comissões recorrentes sobre as indicações
GestãoClick
Logo