Os vilões da saúde financeira empresarial

Para muitas empresas, quando o assunto é finanças, logo se pensa no quanto se está vendendo e lucrando com as vendas. No entanto, se falarmos da saúde financeira da empresa, não podemos analisar apenas vendas e lucros. Temos que considerar uma gestão financeira empresarial completa.
 

Esta gestão financeira depende de uma série de fatores e ações, como o uso da tecnologia com sistemas de gestão integrados, informações precisas e rapidamente acessadas para a correta tomada de decisão, controle de estoque, contas a pagar/receber, entre muitos outros.

Usando de uma analogia, a saúde financeira da empresa precisa de exames mais aprofundados, como no caso de nossa saúde física quando vamos à um médico, por exemplo, para que se possa ter uma análise mais precisa do que realmente está acontecendo na organização, financeiramente falando.

Neste post vamos falar de como manter a saúde financeira empresarial em dia, investimentos, como fugir dos vilões que interferem nas finanças e como a tecnologia pode ajudar a sua empresa quando o assunto é finanças. Acompanhe.

O que é Saúde financeira?

Para entender bem o que é saúde financeira e a sua importância, basta considerar que uma boa gestão financeira vai garantir não só a saúde de sua empresa como um todo, como também vai conseguir garantir a sua tranquilidade enquanto gestor e/ou empreendedor. 
Quando você mantém números sólidos e uma considerável liquidez financeira, todos os seus compromissos previamente assumidos com terceiros, por exemplo, são honrados em dia. Não há “solavancos” financeiros, que acarretam custos e gastos não previstos.
Sobra mais tempo (e dinheiro) para ampliar os lucros sobre investimentos ou mesmo para investir em equipamentos, máquinas, tecnologia, marketing, etc. Mas como manter essa saúde financeira da empresa em dia? A base de tudo é uma boa gestão financeira, mas calma que iremos lhe contar como.
 

Conceito de saúde financeira

Por conceito, podemos entender o conceito de saúde financeira como sendo o equilíbrio entre todas as receitas e todas as despesas, evitando assim problemas emergenciais com dívidas e ônus não previstos ou não corretamente mensurados. 
Ter lucro não garante que sua empresa tem uma boa saúde financeira, uma vez que pode ter dívidas de longo prazo a vencer, por exemplo, que vai fatalmente absorver este valor que inicialmente foi considerado como “lucro”.
 

 

 

Saúde financeira da empresa: precisa de socorro?

 

Se a saúde não vai bem, você precisa urgentemente de um remédio. Analogias a parte, ficar no vermelho não é nenhuma novidade e nem precisa ser considerado o “bicho papão” das finanças empresariais. No entanto, é preciso cuidar, ou tende sempre a piorar.

Se você está no vermelho e a saúde financeira empresa precisa de socorro, entenda que esta ajuda está mais presente em análises e tomada de decisões corretas do que, necessariamente, dinheiro para quitar suas dívidas. Assim, confira 6 dicas importantes:

1. Análise financeira: a primeira coisa a ser feita pra sair do vermelho é providenciar um diagnóstico preciso e criterioso da sua situação financeira atual, bem como identificar o vilão que gerou esta situação.

2. Controle seus gastos: como diz o velho ditado, não adianta tentar “enxugar gelo”. Para controlar suas finanças e sair do vermelho, você precisa primeiramente controlar seus gastos, mesmo que tenha que reduzi-los em áreas e/ou setores não vitais para o seu negócio.

3. Negocie com os seus credores: para os credores, você ainda é cliente, mesmo que já esteja na inadimplência. Então, renegocie suas dívidas e tente chegar à um denominador comum que possa favorecer suas finanças.

4. Mantenha-se na linha: ao conseguir entrar nos trilhos, financeiramente falando, você precisa cuidar para se manter neles, pelo menos enquanto ainda estiver sanando suas dívidas.

5. Pense em criar uma reserva de emergência: já que estamos falando de saúde financeira, existe um outro ditado muito importante: prevenir é melhor do que remediar. Assim, ter uma reserva emergencial pode lhe ajudar a fugir destes sustos nas finanças de sua empresa.

6. Expanda seus negócios: expansão para outros nichos de mercado, pensando sempre em uma maior lucratividade e aposte também no marketing de atração, como forma de aumentar sua clientela. Isto garante uma maior rentabilidade financeira a longo prazo.

 

Como medir a saúde financeira de uma empresa?

Tudo se baseia na gestão financeira e esta precisa de vários indicadores que possam facilmente mostrar ao gestor como andam as finanças da empresa. Confira alguns dos principais indicadores para medir a saúde financeira de uma empresa:

 

• Índice de faturamento, para um acompanhamento criterioso do mesmo;

• Índice de endividamento (todas as contas, mesmo as de longo prazo);

• Margem de lucro (deduzidas todas as despesas).

• Fluxo de caixa (acompanhamento diário).

 

Qual o melhor remédio para proteger a saúde financeira da empresa?

 
É possível considerar que o melhor remédio para proteger a saúde financeira da empresa leva o nome de gestão financeira. Mas como realizar uma boa gestão financeira? Do que preciso, quais ferramentas, o que devo olhar primeiro, como conseguir todos os indicadores com informações precisas e em tempo real?
Esta precisão toda é quase que humanamente impossível, uma vez que os dados financeiros de uma empresa sofrem variações muitas vezes de hora em hora, dependendo do ramo de negócio. 
 
Assim, você vai precisar buscar auxílio em tecnologias de ponta para conseguir todas as informações de que precisa e, desta forma, conseguir gerir corretamente as finanças do seu negócio, garantindo assim a saúde financeira da empresa. 
Os softwares de gestão empresarial são os principais recursos e os mais utilizados para garantir toda esta demanda precisa de informações financeiras, funcionando como um verdadeiro doutor quando a queixa é identificar os problemas nas finanças.
 

Software de gestão financeira: seu negócio blindado!

saúde financeira da empresa depende de uma boa gestão financeira e para que esta última exista se faz necessário ter em mãos todas as informações pertinentes, em qualquer lugar que esteja, precisas e preferencialmente em tempo real.
Os softwares de gestão financeira promovem este panorama completo das finanças de sua empresa, tudo de fácil acesso e na mesma tela, em tempo real. A partir desta visualização do panorama geral financeiro, já é possível adotar as medidas corretivas de imediato, quando necessário. 
Além disso, o sistema de gestão empresarial do GestãoClick integra todos os setores de sua empresa, automatizando e também otimizando-os, com total controle do seu estoque, contabilidade, contas a pagar e receber, vendas, fluxo de caixa, notas fiscais e muito mais.
Não perca tempo e conheça agora mesmo as funcionalidades de um software de gestão empresarial e deixe o seu negócio blindado! Teste grátis o ERP GestãoClick!
 

Deixe seu comentário
      Deixe uma Comentário

      GestãoClick
      Logo