Como emitir boleto?

Precisa emitir boleto bancário, mas não sabe extamente com iniciar? Você sabia que essa forma de pagamentos por produtos e serviços é uma das preferidas dos consumidores brasileiros. Então, se você ainda não oferece essa modalidade de pagamento no seu estabelecimento vamos lhe mostrar algumas vantagens de possui essa forma de pagamento.

Afinal, emitindo boleto para o consumidor é possível aumentar a sua conversão de vendas e fidelizar os clientes. E para saber como funciona e como emitir boleto bancário, se ligue neste artigo e nos seguintes tópicos:
 

  • O que é boleto bancário;
  • Como funciona o boleto bancário;
  • Como emitir boletos bancários
  • Tipos de boletos e carteiras 
  • Vantagens de emitir boleto;
  • Ferramentas para emitir boleto
  • Como clientes pagam o boleto
  • Tipos de boletos bancários
  • Benefícios de oferecer pagamento com boleto

O que é boleto bancário?

O boleto bancário é um documento que pode ser emitido tanto por pessoas jurídicas (empresas) quanto por pessoas físicas que desejam dispor dessa modalidade de pagamento a seus cientes. Para tanto, é preciso ter uma conta bancária e contratar o serviço no mesmo banco, o que se chama de contratar uma carteira de cobrança.

Atualemnte, os principais bancos usados pelos consumidores no país oferecem esse serviço, sendo necessário apenas que você converse com o gerente da sua conta, caso já tenha uma, para habilitar a emissão de boleto. Você também pode abrir uma conta em um banco com esse propósito.

Veja um exemplo de boleto bancário com registro (que passou a ser obrigatório):
 

emitir boleto

Como funciona o boleto bancário?

Basicamente, o boleto consiste na pessoa física ou jurídica, o cedente, cobrar um determinado valor do cliente, o sacado, por meio de uma fatura. Também é necessário definir a data e vencimento para o pagamento, sendo que esse incide no prazo máximo para quitar a dívida. Com o boleto em mãos, basta o cliente pagar o seu valor.

Isso pode ser feito de maneiras diferentes. Os consumidores que possuem conta bancária podem pagar por meio dela, o que pode ser feito na boca do caixa em uma agência, nos terminais de autoatendimento, no Internet banking e, atualmente, até mesmo pelos aplicativos para dispositivos móveis, como smartphones.

Mesmo quem não tem uma conta bancária pode pagar pelos boletos, nesse caso, com dinheiro, o que também pode ser feito na boca do caixa, além de casas lotéricas, no Banco Postal das agências dos Correios e nos correspondentes bancários. E a partir do momento que o boleto é pago, o cedente é informado sobre a transação.

Dessa forma, quem emite boleto bancário tem o controle a respeito dos documentos quitados e quais ainda estão em aberto, isto é, que não foram pagos.
 

Como emitir boleto bancário

Já para emitir o documento, é preciso que a sua empresa use a ferramenta oferecida pelo banco ou você pode ter o seu próprio emissor de boleto bancário registrado. Essa alternativa é muito mais eficiente, pois é possível agregar outros recursos à ferramenta própria.

De qualquer forma, o primeiro passo para gerar boleto é ter uma conta do banco, contratar o serviço e, ao oferecer ao cliente essa forma de pagamento obter todos os seus dados necessários. Assim, você preenche o documento corretamente.
 

Veja como emitir boletos no gestãoclick:

Tipos de boleto e carteiras:

Embora aos poucos seja implantado no Brasil o uso apenas de boletos registrados, ainda é possível gerar boletos simples de alguns valores. A diferença entre esses dois tipos de boleto é que para a emissão do registrado o banco é informado sobre os dados do sacado, bem como o valor cobrado e a data de vencimento do boleto.

Esse procedimento faz com que o banco cobre uma taxa maior pelo serviço, ou seja, pela carteira. Em um primeiro momento, isso pode parecer apenas um valor maior que a empresa deve pagar pela contratação do serviço. No entanto, é também uma forma de garantir um controle mais estreito sobre as cobranças.

Com isso, é possível evitar a ocorrência de fraudes e cobranças indevidas. Além disso, com o boleto registrado, a empresa que não for paga pode protestar o título não pago. Para tanto, é preciso contratar esse serviço, sendo que nesse caso as chances do seu negócio ficar com prejuízos são menores.

E não só pelos benefícios que possui, mas é fundamental começar a implantar o novo sistema na sua empresa porque a previsão é que em 2018 não possam ser mais emitidos nenhum boleto sem registro.

Vantagens de emitir boletos:

As vantagens para empresas emitirem boletos são inúmeras e não se restringem ao fato de ajudarem na conversão de vendas, embora esse seja um dos principais benefícios. Afinal, o boleto bancário para o consumidor é uma forma simples e segura de pagar por produtos e serviços, pois não precisa divulgar os seus dados do cartão de crédito.

Além disso, nem todo mundo possui cartão de crédito e, para esse público, o boleto é mais uma vantagem. Já para o empresário o benefício também está no fato de ser uma operação menos cara, o que permite oferecer bons descontos aos clientes que optam por essa modalidade.

As taxas cobradas pelas instituições financeiras para emitir boleto são, em geral, mais baratas do que as taxas cobradas pelas operadoras de cartão de crédito. E mais, quando o cliente paga o boleto depois da data estipulada, ou seja, com atraso, o banco emissor realiza o cálculo de multa e juros por mora, facilitando a vida do empresário, que não precisa se preocupar com isso.

Outra vantagem está no período de tempo menor que o banco libera o dinheiro à empresa, mais curto em relação às operadoras de crédito. Por fim, a emissão de boletos ajuda a empresa a se organizar e saber com mais praticidade que clientes já pagaram para que possam liberar a sua mercadoria.
 

Ferramentas para emitir boleto:

Já para emitir o boleto propriamente dito, a empresa pode escolher entre as ferramentas disponíveis pelo próprio banco do qual contratou o serviço. Também pode fazer uso de software para gerar boletos, sendo que nesse caso é possível conectar o programa ao sistema de gestão da sua empresa.

Essa última opção costuma ser a mais eficiente, já que a tarefa de emitir boleto se torna ainda mais dinâmica, uma vez que os dados já estão no sistema, bastando inclui-los nos boletos. Essa facilidade permite a utilização de dados mais precisos e boletos mais rapidamente emitidos, o que é fundamental para negócios que possuem um grande fluxo de vendas todos os dias.

Além disso, os sistemas de gestão, como o software ERP, dispõem muitas outras funcionalidades, conferindo maior eficiência para a rotina da sua empresa. 

Vale lembrar que o GestãoClick, se antecipando às necessidades do mercado, já tem homologado em seus sistema os principais bancos que atendem à população brasileira. Dessa forma, é possível emitir o boleto bancário registrado, de acordo com as exigências das instituições financeiras.

 

Como clientes pagam o boleto

Depois de emitir o boleto bancário, o cliente deve pagar o valor que consta no documento, o que pode ser feito de diversas maneiras. O consumidor com o boleto em mãos pode se encaminhar para qualquer banco até a data do vencimento para realizar o pagamento.

Assim, pode pagar tanto na boca do caixa quanto nos terminais de autoatendimento. Casas lotéricas, correspondentes bancários e agências dos Correios com Banco Postal são outros locais onde é possível pagar o boleto.

Já quem paga as suas contas pelo site do seu banco também pode fazer o mesmo com o boleto bancário. Da mesma forma, pessoas que usam os seus aparelhos móveis, como smartphones, para pagar suas contas também conseguem pagar o boleto desse jeito.

Depois que o pagamento é feito pelo cliente, você recebe na sua conta ou da sua empresa o dinheiro referente ao produto vendido ou serviço prestado. As empresas conseguem, inclusive, saber quais foram os boletos pagos e aqueles que ainda não foram quitados.

Esse mecanismo garante que apenas os clientes que pagaram recebam o que adquiriram. Além disso, com esse controle a sua empresa consegue organizar as finanças de maneira adequada e mesmo cobrar a dívida dos clientes inadimplentes.

 

Tipos de boletos bancários

Hoje em dia, existem ainda dois tipos de boleto bancário, os simples e os registrados. Aos poucos, as instituições bancárias estão implantando um novo sistema para aceitar apenas os boletos bancários registrados.

Com o registro, o serviço se torna um pouco mais caro para as empresas, por outro lado, confere mais segurança a essa modalidade de transação financeira. Assim, é possível evitar uma série de problemas que normalmente acontecem, como fraudes e cobranças indevidas.

Isso acontece porque no boleto simples, sem registro, não existe obrigatoriedade de informar os dados do cliente no boleto, reduzindo a segurança da transação. Já com o boleto registrado, tudo deve ser muito bem informado, como nome de quem vai pagar, bem como o seu CPF ou CNPJ.

Também é preciso que apareça no boleto o preço a ser pago e até quando o mesmo deve ser quitado. Além de mais segurança e controle, quando o boleto não for pago, mas você já enviou o produto para o cliente, pode cobrar dele o valor devido com maiores chances de sucesso.

 

Benefícios de oferecer pagamento com boleto

Como já foi dito, os consumidores têm uma preferência especial pelo pagamento com boleto bancário. Por isso, a sua empresa deve investir nessa forma de pagamento, sendo que os benefícios são para o seu negócio também.

Os clientes gostam de pagar com boleto porque não precisam ter conta bancária e nem cartão de crédito ou débito para fazer o pagamento. Mas também porque no processo não é necessário informar dados do cartão, uma questão de segurança, principalmente, nas compras online.

Já que a empresa recebe o dinheiro mais rápido quando vende com boleto em relação a outras formas de pagamento, como cartões de crédito, é normal que ela ofereça descontos para quem paga com boleto. Mais uma justificativa para essa preferência.

Além disso, em caso de arrependimento, o cliente pode simplesmente não pagar o boleto, o que automaticamente resulta no cancelamento da compra. Embora isso não seja positivo para a sua empresa é mais uma razão para que os consumidores gostem dos boletos.

Enquanto isso, o seu negócio tem a vantagem de garantir uma maior conversão de vendas, pois oferece uma modalidade de pagamento cheia de benéficos para os seus clientes. Outro ponto positivo é que o dinheiro entra antes na sua conta bancária e as tarifas são menores.

 

Conheça os bancos homologados com o GestãoClick para emissão de boletos:

Como emitir boleto       Como emitir boleto      Como emitir boleto     Como emitir boleto     Como emitir boleto

Como emitir boleto       Como emitir boleto      Como emitir boleto       Como emitir boleto  Como emitir boleto

Ainda tem dúvidas de como emitir boleto? Deixe aqui nos comentários.

 

Deixe seu comentário

Comentário

Clientes satisfeitos

GestãoClick
Logo