Segurança da informação: como resguardar os dados da sua empresa?


segurança da informação

Você já parou para pensar como seriam as atividades da sua empresa sem o recurso à Internet?
 

Desenvolvida na década de 60, a rede só desembarcaria em terras tupiniquins lá pelos idos de 1990. Hoje, passados quase 30 anos, é que podemos perceber o tamanho da revolução que este recurso tecnológico trouxe não só para nossa vida pessoal, mas especialmente para o varejo.
 

Se a sua empresa tem menos de 30 anos, pode ser difícil imaginar como era atuar em um mundo sem redes sociais, sem e-commerce, sem bancos virtuais e sem nenhum software de gestão de recursos empresariais. Em outras palavras, 30 anos atrás tudo isso era selva!
 

Brincadeiras à parte, ninguém nega as vantagens que a Internet proporcionou em termos de ferramentas para a administração de empresas. O mundo se tornou pequeno e o alcance das marcas ficou muito maior.
 

E, em meio à tantos benefícios, baixar a guarda é fácil.
 

Não se trata aqui de elaborar uma lista das razões pelas quais a sua empresa deve desconfiar da Internet - até porque, francamente, adotar uma postura extremamente fechada em relação à rede não vai levar a sua marca a lugar algum.
 

O fato é que a Internet é um recurso como qualquer outro que possui, é claro, desafios particulares. Em um sentido mais amplo, ela não é diferente de qualquer outra peça de maquinário na sua produção: se utilizado sem EPI, sem uma boa orientação ou de forma irresponsável, haverá danos e feridos.
 

É a boa gestão desse recurso riquíssimo que é a Internet que vai garantir a segurança dos dados da sua empresa e possibilitar que ela alcance os melhores retornos possíveis a partir da sua presença na rede.
 

Vamos falar de EPI’s para a Internet?

Para fugir dos erros mais comuns e proteger os dados da sua marca, vale a pena estar atento aos itens:

 

A escolha de senhas

 

O roubo de dados financeiros, dos cadastros de clientes ou até mesmo a invasão dos sistemas da empresa e o sequestro das contas são algumas das ameaças quando falamos de segurança de dados.
 

Talvez você se lembre dos sequestros de sites em larga escala que ocorreram por todo o mundo no ano passado, no qual até mesmo multinacionais de peso chegaram a ser atingidas, como foi o caso da própria Telefônica e da Saint Gobain.
 

Entre os fatores que podem explicar uma falha na segurança de dados estão, acredite, a escolha de uma senha fraca.
 

Nomes próprios, de filmes ou personagens são facilmente descobertos por sistemas de quebra de senhas. Por isso, o melhor é sempre utilizar uma variação de letras em caixa alta e baixa, números e símbolos, aumentando a complexidade da sua senha.
 

Evite usar a mesma senha em mais de um serviço: e-mail, acesso à servidores, sistema ERP - para cada serviço, utilize uma senha diferente.
 

Para garantir um maior nível de segurança de dados, é ainda recomendável que as senhas sejam trocadas periodicamente.

 

Dormindo com o inimigo: vazamentos de dados

 

Quando falamos em ciberataques, é normal que a empresa pense na atuação de um hacker, de um elemento que não faça parte da equipe. Infelizmente, nem sempre é esse o caso.
 

Muitas vezes o vazamento de dados confidenciais da empresa ocorre por intermédio de funcionários insatisfeitos ou até de ex-funcionários.
 

Para evitar a triste descoberta de que o inimigo é interno, a solução é sempre investir em prevenção. Um processo de seleção rigoroso é um bom início, assim como o investimento em pesquisas de clima organizacional e o desenvolvimento de políticas internas para manutenção da motivação e da satisfação dos funcionários.
 

Do ponto de vista de TI, é essencial que cada funcionário tenha acesso somente às informações que lhe competem - isto é, que são vitais para a realização das suas funções. Um vendedor de balcão, um estoquista ou até um funcionário da linha de produção não precisam ter acesso ao balanço da sua empresa, por exemplo.
 

Configure o seu ERP através da criação de perfis individuais para o seus colaboradores, garantindo uma proteção extra contra o vazamento de dados.

 

Política de Backup e Retenção de Dados

 

O backup diário é certamente uma das ferramentas de segurança de dados mais eficiente e mais negligenciada nas empresas. Ao desenvolver e colocar em prática uma política de backup diário, a sua empresa se prepara melhor para lidar com qualquer situação que envolva a perda de dados, seja em função de falha técnica, ciberataques ou sequestro de site.
 

Servidores & Hospedagem

 

Outro erro comum entre empresas de pequeno e médio porte é a opção por um data center instalado, ao invés do recurso à Nuvem. Entre as vantagens da utilização da Nuvem podemos listar o know-how da empresa prestadora de serviço, a segurança física aos servidores que podem estar localizados em qualquer local do globo, um maior nível de segurança de dados contra ciberataques em função de firewalls de maior qualidade, desenvolvidos especificamente para esse segmento, e, é claro, uma política de backup rigorosa.
 

Além disso, a maior parte dos serviços de hospedagem na Nuvem oferecem ferramentas para garantir a não-interrupção do acesso mesmo durante as realizações de manutenção. E o melhor, ainda dá para economizar migrando para a Nuvem!
 

Ao otimizar a gestão da sua empresa com o recurso de um ERP online, armazenado na Nuvem, você garante segurança e mobilidade. Então, que tal experimentar gratuitamente o GestãoClick e descobrir como um ERP online pode ajudar a sua empresa?



 



COMENTE

Deixe o seu comentário nos campos abaixo: