Tipos de empresas no Brasil: leia antes de abrir seu negócio!

São muitos tipos de empresa existentes no Brasil. Logo na estruturação do seu negócio, ou mesmo quando sua empresa já “saiu do papel”, isto tem que ser pensado e mensurado adequadamente, o que acaba gerando muitas dúvidas na maioria dos empreendedores.

É sim uma questão que requer uma atenção especial, mas, por outro lado, não é um “bicho de 7 cabeças”. O importante aqui é saber quais sãs os diversos tipos de empresas e qual delas vai se encaixar melhor frente às suas expectativas e plano de negócios.

Neste post vamos lhe dar mais informações a respeito, tirando as principais dúvidas sobres os mais variados tipos de negócio, suas respectivas categorias, dicas e muitas orientações de recursos disponíveis no mercado para facilitar e garantir que seu negócio dê certo, e muito mais. Acompanhe.

Para saber mais, leia sobre os erros que os empreendedores cometem!

 

Tipos de empresas no Brasil: quais os principais?

 

Os tipos de empresas no Brasil, podemos considerar 6 categorias empresariais existentes e que, de uma forma geral, abrangem na totalidade as principais atividades. Confira quais são:

•  EI – Empresário Individual: a condição básica do EI é que ele não tem sócios, sendo assim, o empresário proprietário da empresa responde administrativamente pela mesma.

•  MEI – Microempreendedor Individual: é o tipo de empresa mais fácil de ser aberta. Basicamente, tem as mesmas características que o EI. A principal diferença está no limite de faturamento anual.

•  EIRELI – Empresa Individual de Responsabilidade Limitada: também não requer sócios e há a exigência de um capital inicial de 100 salários mínimos. Outro ponto importante é que o empresário não fica com o patrimônio pessoal atrelado a empresa. Ele também não pode ter uma segunda companhia registrada em seu nome.  

•  Sociedade Empresária: Tem ou vários sócios, podendo se enquadrar como S/A, LTDA, etc.

–  LTDA – Sociedade Limitada: É uma sociedade empresarial mais utilizada no Brasil. o patrimônio de ambas as partes não fica também atrelado ao da empresa, mas a condição básica é ter no mínimo dois sócios e também requer registro específico em órgão competente.

Neste exemplo, há a existência de um contrato onde quotas iguais (ou não) serão divididas entre todos os sócios existentes, que representam o capital total investido. 

– S/A – Sociedade Anônima: aqui também prescreve uma divisão de capital entre sócios, mas estes, no caso, são chamados de acionistas. Uma S/A pode ser ainda de capital aberto ou fechado. 

A diferença é que no primeiro tipo, ela pode negociar ações na Bolsa de Valores e no segundo isso é feito única e exclusivamente entre os sócios existentes.

•  Sociedade Simples: É muito utilizado por profissionais liberais, com base exclusiva na prestação de serviços. Constitui-se por 2 ou mais profissionais do mesmo ramo de atividade e que unem na mesma empresa. Neste modelo empresarial, não há a necessidade de registro. 

Veja Algumas Categorias:

Existem ainda algumas categorias de empresas, muitas inclusive que não possuem fins lucrativos. Podemos citar 4 delas:

•  Sociedade Coletiva:

Nesta categoria de empresa, todos os responsáveis respondem de maneira ilimitada por todas as dívidas da organização, podendo afetar inclusive o patrimônio pessoal destes, se houver necessidade, além do que estes sócios são os responsáveis por gerenciar todo o negócio, sem o envolvimento de terceiros na administração da empresa.

•  Consórcios:

Na verdade, os Consórcios não são exatamente uma empresa e sim um contrato entre empresas. Esta categoria surge geralmente quando uma ou mais empresa se juntam para um fim comum, como a construção de uma ponte, melhorias de uma praça, etc.

•  Sociedade em conta de participação:

Nesta categoria, não existe nome da empresa ou qualquer registro de contrato dos sócios. Basicamente, ela é despersonalizada e também secreta.

•  Empresa ou Organização sem fins lucrativos:

Muito comuns no Brasil, representadas principalmente pelas diversas ONG’s que existem no país. São empresas que, apesar de legalmente registradas como tal, não possuem fins lucrativos de qualquer tipo e todo o seu trabalho é geralmente em prol do bem-estar social e/ou de alguma comunidade.

 

Tipos de empresas: leia antes de abrir seu negócio!

 

Além dos diversos tipos de empresas para abrir, existem ainda uma outra especificação que está diretamente ligado à carga tributária que ela terá e que também está ligado ao porte de sua organização. Acompanhe:

•  As ME’s – Microempresas: regidas pela Lei Complementar nr° 123 de 2006, são aquelas empresas que possuem como receita anual bruta um valor igual ou inferior a 360 mil reais. 

Estas empresas contam ainda com até 9 trabalhadores no comércio varejista e serviços e até 19 no setor industrial dos mais variados nichos.

•  As EPP’s – Empresas de Pequeno Porte: Esta empresa, segundo o próprio BNDES – possuem uma receita bruta anual maior que os 360 mil reais das ME’s, devendo ficar ainda menor ou relativamente igual a 4,8 milhões de reais. 

Contam também com um número bem maior de empregados: 10 a 49, no comércio varejista e serviços e de 20 a 99 no setor industrial geral.

•  Empresas de Médio e Grande Portes: o princípio a ser considerado nesta categorização é, fundamentalmente, o faturamento anual. Aqui, este faturamento ultrapassa os 4,8 milhões de reais/ano.

As empresas que estão entre 4,8 e 300 milhões, são consideradas de médio porte e acima dos 300 milhões de grande porte. 

Conheça tipos de empresas para abrir

Mas então, quero abrir uma empresa e não sei qual é o tipo. Bem, até este ponto, você tomou conhecimento das principais categorias de empresas existentes no Brasil, bem como as especificações de cada uma delas.

O enquadramento empresarial vai depender muito do tipo de negócio que você pretende ter, de seu projeto estrutural inicial e até de onde você pretende chegar a médio prazo com o seu empreendimento. 

É importante sinalizar também que ela vai precisar dos recursos tecnológicos necessários para prosseguir com o excelente funcionando do negócio, como um sistema de gestão empresarial que vai auxiliar muito pequenas e médias empresas de uma forma bem promissora.

Comece hoje mesmo a fazer sua empresa crescer! Nós queremos te ajudar. Faça o teste grátis.

 

Deixe seu comentário
Deixe uma Comentário

Clientes satisfeitos

GestãoClick
Logo