Programa Emissor de Cupom Fiscal: Como funciona?


Cupom Fiscal X Nota Fiscal: saiba a diferença

Cupom Fiscal ou Nota Fiscal? Entenda que um é diferente do outro, apesar de que ambos são comumente utilizados no comércio e indústria em geral. Você sabe bem a diferença entre eles e sabe como funcional o Programa Emissor de Cupons Fiscais

A confusão é muito comum na maioria dos empreendedores e são documentos obrigatórios, principalmente no comércio. São estes documentos que irão comprovar e autenticar toda e qualquer transação junto aos seus clientes, comprovando especificamente a venda das mercadorias. 

Neste post, você vai entender melhor esta diferença entre cupom fiscal e nota fiscal, o que é o cupom fiscal, como emiti-lo, os programas e tecnologias disponíveis para sua emissão e muito mais. Acompanhe.


O que é Cupom Fiscal?


Cupom Fiscal: o que é trata-se de um documento emitido diretamente ao consumidor final, muito utilizado no comércio varejista. É através dele que a compra/venda da mercadoria será comprovada, tanto para o consumidor, como para o lojista.

Sua emissão é feita através do Emissor de Cupom Fiscal, comumente conhecido como ECF, através de impressoras fiscais específicas para este fim. Confira agora quais informações ficam disponíveis no cupom fiscal:
 

• Compra/venda de produtos;

• Descrição dos produtos;

• Valor dos produtos;

• Local, data e hora que ocorreu a venda;

• Valor de pagamento e troco, caso haja.

 

Cupom Fiscal Eletrônico

O Cupom Fiscal Eletrônico nada mais é do que o modelo eletrônico do cupom fiscal, emitido para o consumidor final. Este tipo de cupom fiscal eletrônico tem também sua emissão online, facilitada através de programas de emissores de cupons fiscais.

Desta forma, o dia a dia do empreendedor/lojista é facilitado, por contar com um sistema rápido, eficiente e que reduz significativamente qualquer possibilidade de incoerências de dados. 

Todo cupom fiscal eletrônico é emitido, transmitido, assinado e devidamente armazenado por um equipamento conhecido e chamado de SAT. Todas as transações e registros são feitos de forma digital.

Aprofunde seu conhecimento --> O que é Cupom Fiscal Eletrônico?

 

Cupom Fiscal Paulista

Cupom Fiscal Paulista ou Nota Fiscal Paulista é um incentivo disponibilizado aos cidadãos quando estes adquirem mercadorias no comércio em geral e exigem a emissão do documento fiscal junto ao estabelecimento.

Para tanto, precisam apenas informar o seu CPF ou CNPJ na hora da compra para o lojista. Foi uma maneira encontrada pelos órgãos públicos para evitar a sonegação de impostos.

Através da Lei nº 12.741/12, criada pelo governo federal, passou a ser obrigatória a informação dos tributos no próprio cupom fiscal e também na respectiva nota fiscal. 

Desta forma, inclusive, o consumidor poderá ver discriminado no próprio documento o quanto de valor irá para os impostos tipo Confins, PIS, ICMS, etc. 

 

Cupom Fiscal X Nota Fiscal


Cupom Fiscal X Nota Fiscal: qual a diferença? Podemos dizer que, basicamente, a diferença está no tipo de impressora ou de equipamento utilizado para a emissão destes documentos.

Uma outra diferença importante e que vale a pena citar é que a Nota Fiscal tem mais informações que o Cupom, apenas de que ambos tem validade legal para o Fisco. A Nota Fiscal pode trazer outras informações como dados pessoais do cliente e inclusive o CPF, para fazer parte do Cupom Fiscal Paulista.

O importante é saber que o cupom fiscal ou a nota fiscal são documentos obrigatórios sempre que houver venda direta ao consumidor, para o devido recolhimento de impostos.

Quer saber mais? Leia --> Qual a diferença entre nota e cupom fiscal?

 

Cupom Fiscal vale como Nota Fiscal?

O cupom fiscal foi especificamente criado para substituir a nota fiscal de venda direta ao consumidor no modelo 2. Sua finalidade é contabilizar o ICMS dos produtos comercializadas pelo comércio varejista.

O cupom fiscal é emitido por uma impressora especial chamada ECF (Emissor de Cupom Fiscal). Desta forma, podemos concluir que o Cupom Fiscal é um documento fiscal comprobatório da transação comercial ali ocorrida, tanto quanto a nota fiscal.

 

Como Emitir Cupom Fiscal?


A melhor forma de como emitir cupom fiscal é através do SAT, que é um equipamento do qual o estabelecimento comercial precisará dispor. Este equipamento é devidamente homologado pela SEFAZ. 

Este equipamento fará conexão (geralmente via cabo USB-SP) com um computador e neste último já deve estar instalado o aplicativo comercial correspondente, com conexão à internet e uma impressão para gerar o cupom.

 

Cupom Fiscal Online

É uma forma mais ágil e rápida de emissão. Em termos gerais, o cupom fiscal online é a opção virtual que substitui o documento em papel, mas possui a mesma funcionalidade. 

Não é preciso ter impressora fiscal e o único comprovante para o consumidor é o extrato do cf-e. O grande benefício é que todas as informações daquela ocorrência comercial ficam disponíveis online, para consultas, por exemplo.

 

Programa Emissor de Cupom Fiscal

Como já dito, é através de um programa emissor de cupom fiscal que a SEFAZ poderá realizar o recolhimento de impostos e fiscalizações pertinentes junto aos estabelecimentos comerciais. 

Assim sendo, ter um sistema eficiente para gerar o cupom fiscal torna-se imprescindível, não só pela parte legal e de obrigações para com o seu negócio, mas também para agilizar as emissões destes documentos e garantir que os mesmos sejam emitidos de forma correta, precisa.

Com ele, todos os processos de venda serão automatizados e, consequentemente, simplificados, reduzindo despesas uma vez que dispensa o uso de impressoras, por exemplo, ou outros equipamentos complementares.

O GestãoClick, por exemplo, é um software de gestão empresarial totalmente online que conta com vários módulos que automatizam vários processos e áreas de sua empresa, além de possuir um módulo próprio para a emissão do cupom fiscal

Através dele, sua loja irá gerar o cupom de forma simples, rápida e prática, totalmente online, fazendo uso de qualquer computador ou dispositivo móvel, bastando para tanto ter acesso à internet. Faça o cadastro e teste grátis todas as funcionalidades do nosso sistema:

 

Impressora para Cupom Fiscal

A impressora para cupom fiscal nada mais é do que o instrumento que sua empresa utilizará para conseguir emitir o CF-e. Basicamente, no mercado, você irá encontrar dois tipos de equipamentos: impressora fiscal térmica (ECF) e a não fiscal.

• Impressora de Cupom Fiscal – ECF: ECF ou impressora térmica fiscal é um dos aparelhos utilizados para a emissão do cupom. Para utilizar este equipamento, será preciso realizar uma integração com um sistema que faça esta transição e coleta dos dados referentes à compra realizada pelo consumidor final. 


• Impressora Não Fiscal: é o tipo de impressora utilizada quando o estabelecimento emissor faz uso dos canais eletrônicos e/ou online para a missão tanto da Nota Fiscal Eletrônica como do Cupom Fiscal Eletrônico. 


Serve, basicamente, para a Impressão de senhas para filas, por exemplo, ticket para estacionamento, impressão do Documento Auxiliar de Vendas (o DAV) e também de NFCe.