Sintegra: o que é e Como Funciona?


Sintegra Online: como funciona

Ainda hoje pairam nas mentes da maioria dos empreendedores muitas dúvidas do que é o Sintegra, como ele funciona e qual a sua real destinação. No entanto, se a sua empresa comercializa algum tipo de produto, é fundamental saber sobre ele.

Em suma, pode-se dizer que este sistema faz toda a integração dos dados fiscais e tributários referentes a todas as entradas e saídas de produtos entre os estados, que são realizadas por todo os contribuintes do ICMS. Por assim, dizer, para ficar em dia com o fisco e com o poder público, você precisa do Sintegra.

Neste post, vamos falar mais sobre o Sintegra, como ele funciona, Sintegra MEI, sistemas de gestão empresarial que este integrados com ele e muito mais. Confira.

 

Sintegra: o que é?
 

Ao pé da letra, Sintegra: o que é significa Sistema Integrado de Informações Sobre Operações Interestaduais com Mercadorias e Serviços. É nele que estão agrupados todos os dados dos respectivos contribuintes e é ele também que faz a intercomunicação entre os fiscos de cada estado federativo. 

Assim, toda e qualquer empresa pode comercializar seus produtos e emitir nota fiscal normalmente. É a única forma também de ficar em dia com a SEFAZ do seu estado bem como com a Receita Federal.

Em outras palavras e para um melhor entendimento, é o sistema responsável por fazer todo o controle informatizado de todas as operações, tanto de entrada como de saída de mercadorias e serviços, realizadas interestadualmente por contribuintes de ICMS.

Aprofunde o seu conhecimento --> O que é Sintegra?

 

O que é Sintegra de uma empresa?

Para fazer parte do Sintegra e estar em dia com suas obrigações fiscais e tributárias, é preciso fazer um cadastro no sistema antes. Para tanto, o contribuinte deverá acessar o site do sistema e entrar na área do programa de validação, que é fornecido pela SEFAZ de cada estado onde a empresa em questão realiza as suas operações comerciais.

E porque o Sintegra é importante para a sua empresa? Primeiro de tudo pelo fato de que é através dele que a empresa poderá fazer a emissão da NF-e. além disso, contará ainda com outros benefícios, como:
 

• Áreas fiscais e administrativas da empresa melhor organizadas;

• Todos os dados fiscais e contábeis integrados, para a devida prestação de contas ao governo, agilizando o processo;

• Facilidade de acesso pela Secretaria da Fazenda e Fiscos estaduais às informações mais importantes das empresas;

• Confiabilidade e segurança para empresas e também para clientes em suas transações comerciais entre os estados.


As declarações do Sintegra devem ser realizadas pelo contribuinte até o 15º dia do mês seguinte à respectiva data da competência.

 

Sintegra Online: como funciona?


Praticamente todos os processos e procedimentos que envolvem o Sintegra são online, ou seja, pela web. Isto facilita muito a vida dos contribuintes, principalmente para as empresas que possuem softwares de gestão empresarial online, na nuvem.

Além do cadastro, tem também o validador que pode ser adquirido através do site do Sintegra. Através deste endereço eletrônico o contribuinte tem acesso direto ao site da SEFAZ de seu estado.

Deste modo, o usuário do Sintegra Online irá conseguir todas as informações a respeito do seu cadastro CNPJ conseguindo então realizar a sua solicitação do Sintegra. Aconselha-se, inclusive, que você consulte o seu contador neste momento ou acesse os canais disponíveis da Junta Comercial na sua cidade, para conseguir adquirir o software.

Com relação ao validador, o processo é um pouco mais fácil, ou seja, através do você já consegue adquiri-lo, bastando apenas confirmar seus dados juntos à SEFAZ.


Inscrição Estadual Sintegra

Também pelos canais online é possível consultar a sua Inscrição Estadual Sintegra. A SEFAZ disponibiliza um Web Service que serve para verificar a situação dos contribuintes cadastrados.

Alguns sistemas de gestão empresarial, como o GestãoClick, por exemplo, possuem um módulo de emissão de NFe que se integra com esse Web Service da SEFAZ e, desta forma, torna-se possível verificar a situação da inscrição estadual. 

A informação retorna via arquivo para o próprio ERP do GestãoClick para que seja validado ou não, frente a possíveis contribuintes irregulares.

 

Sintegra MEI

O Microempreendedor Individual (MEI), como já está dispensado por lei da emissão de documentos fiscais (NFes), nas operações de venda de produtos, não estará sujeito às transmissões do Sintegra MEI, desde que emita, quando necessário, notas fiscais avulsas (NFA) no site da Receita Federal.

 

Sistema Sintegra


De uma forma concisa e mais completa, é possível afirmar que todos os contribuintes que pagam ICMS precisam, necessariamente, estarem cadastrados no Sintegra.

Todos os produtos comercializados entre estados, tanto a título de vendas ou fornecedores de mercadorias, para terem suas respectivas notas fiscais geradas e ficarem assim em dia com o poder público, necessitam deste cadastro.

Estes dados e informações ficarão devidamente armazenados no sistema para que, sempre que o fisco precisar consultar ou analisar informações sobre qualquer tipo movimentação, o mesmo consiga fazê-lo através do Sistema Sintegra

Claro que será sempre preservando o direito ao sigilo e integridade das informações de todos os contribuintes ali cadastrados. Faz-se lembrar que, sem esse processo todo, torna-se impossível emitir Notas Fiscais.

 

Sintegra: sistema integrado

Quando falamos em integração, falamos especificamente dos chamados softwares de gestão empresarial. A maioria deles, como o do GestãoClick que citamos logo acima, possuem total integração com o Sintegra.

E o que isto significa para a minha empresa? Significa que todos os dados e informações do sistema serão importados automaticamente para o seu ERP, o que facilita e muito a vida do empresário e, obviamente, do contador também.

Falando nisso --> Saiba as vantagens de conectar seu contador ao ERP GestãoClick!


Além disso, este tipo de software consegue integrar e automatizar também inúmeros processos da empresa como controle de estoque, controle financeiro, contabilidade, emissão de notas fiscais, orçamentos e vendas, emissão de boletos e muito mais.

Desta forma, a gestão ganha agilidade para a tomada de decisão, a empresa ganha confiabilidade em todos os dados e informações geradas além de se automatizar e tudo isto representa, efetivamente, em uma redução de custos significativa.

E como não bastasse, o Sistema Integrado Sintegra, a empresa ainda garante estar em dia com todas as suas obrigações fiscais e tributárias. 

Aprenda a exportar Sintegra no sistema ERP GestãoClick ou leia nosso tutorial